Daily Archives: 2009/08/10

Quids S16: Que lançamento (nome de missão) foi este?

aaasa47

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 6:00 e as 10:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30). Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 30 pontos.

6. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…


NOTA:

O regresso dos Quids!… Sejam bemvindos!

Anúncios
Categories: Quids S16 | 8 comentários

Sobre o protocolo de cooperação entre os presidentes da Junta da Galiza e da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte de Portugal (CCDR-N) e a Euroregião Galiza-Norte de Portugal

Foi assinado na cidade do Porto um protocolo de cooperação entre os presidentes da Junta da Galiza e da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte de Portugal (CCDR-N). Segundo este protocolo, as duas regiões poderão passar a negociar diretamente a atribuição de fundos comunitários, entre 2014 e 2020, sem que tal processo passe por Lisboa ou Madrid.

O protocolo contêm uma alínea de extrema importância ao definir que a “Comunidade de Trabalho Galiza-Norte de Portugal” a função de se assumir como órgão político com a poderes de interlocução diretos para com a União Europeia.

O protocolo foi celebrado entre o presidente do governo galego, Alberto Nuñes Feijóo e o presidente da CCDR-N, Carlos Lage que no ato referiram a longa história comum entre as duas regiões, assim como os laços linguísticos que unem a Galiza a Portugal. Enfim, Feijóo referiu o “norte de Portugal”, porque sendo um centralista do PPdG (Partido Popular da Galiza) não é propriamente um galeguista autonómico e como a todos os Espanholistas (que acreditam que a Galiza só pode existir como parte subalterna de Espanha), nunca poderia digerir a aproximação entre a Galiza e Portugal, mas apenas com uma região de Portugal…

Carlos Lage, pela CCDR-N, sublinhou as vantagens competitivas desta integração regional, no campo cientifico e económico, no que foi coadjuvado pelo representante da Junta galega. Em suma, ambos concordaram em que os agentes económicos, culturais e científicos deviam encarar a Euro-região como “um espaço unificado, com iniciativas e oportunidades conjuntas”.

O presidente da Junta da Galiza acrescentou ainda que: “Juntos, o Norte de Portugal e a Galiza representam bem mais que a soma das partes, e isso significa que devemos olhar em conjunto para o que se passa com as mudanças nos mercados internacionais”. Acrescentou no final – no Porto, note-se – uma frase que talvez não queira tornar a repetir na Galiza: “a Euro-região tem uma natural vantagem competitiva que ainda não soubemos rentabilizar devidamente”. Sublinhe-se neste contexto que Feijóo é o presidente galego mais espanholista e menos favorável a uma política de defesa da língua portuguesa da Galiza (a “língua galega” dos espanholistas que a classificam erradamente como um “dialeto do castelhano”). Assim, é muito irónico ver Feijóo referir as vantagens competitivas da integração da Galiza no espaço lusófono, já que a tese oficial da Junta é que a Galiza não faz parte deste espaço! Ou já faz quando se trata de abrir aos empresários galegos os mercados dos países da CPLP, mas não quanto se trata de admitir a evidência de que português e “galego” são duas faces da mesma língua?

Fonte:
http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1390811

Categories: Galiza, Lusofonia, Movimento Internacional Lusófono | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade