Provas do enterramento de São Paulo na Basílica de São Paulo Extramuros, em Roma?

Basílica de São Paulo Extramuros, em Roma (http://www.champagnat.org)

Basílica de São Paulo Extramuros, em Roma (http://www.champagnat.org)

O papa Benedito XVI anunciou recentemente que os arqueólogos do Vaticano tinham descoberto no interior do túmulo a que a tradição atribui os restos de São Paulo restos ósseos que o Carbono 14 datou dos séculos I e II d.C. Segundo o Papa Ratzinger: “parece confirmar-se a unânime e indiscutível tradição de que se tratava dos restos mortais do apóstolo Paulo”.

Nos “Feitos dos Apóstolos” é descrito como São Paulo foi detido por causa de um incidente com judeus em Jerusalém. Como Paulo era cidadão romano, apelou aos tribunais romanos, tendo vivido alguns anos em prisão domiciliária em Roma.

Há uma lenda que refere que São Paulo foi martirizado durante a grande perseguição aos cristãos de Nero tendo os seus restos sepultados em Via Ostiense, no mesmo local onde se ergue hoje a basílica onde está o túmulo investigado.

Dada já do ano 100 d.C. O primeiro relato confirmado do bispo Clemente sobre a morte de São Paulo. Mas Clemente, omite qualquer referencia ao local do seu enterramento. É Eusébio de Cesarea que no século IV, refere um relato do Presbítero Gayo (de cem anos antes) mencionam dois monumentos funerários, que se pensa ser São Pedro e São Paulo, ainda que nunca refira explicitamente o seu nome.

Os restos ósseos da Basílica de São Paulo Extramuros, em Roma, e recolhidos através de um fino furo no mármore no túmulo, estavam rodeados de tecido púrpura e de incenso, dados que indicavam o elevado estatuto eclesiástico do tumulado. Mas o diretor do Laboratório Científico dos Museus Vaticanos, Ulderico Santamaria, convocou uma conferencia de imprensa e apelou à prudência quanto a estes factos já que se sabe apenas a data da morte do tumulado… Com efeito, quando se começou a construir a Basílica, em 324 d.C. No reinado do imperador Constantino era generalizada a crença que se encontravam ali os restos do Santo, mas será que não se tratavam de restos coevos recolhidos e identificados por algum crente, através de uma “visão”, ou algo assim como sucedeu comprovadamente com tantas relíquias pelo mundo fora?

O Papa prometeu aprofundar estas investigações e até abrir o túmulo. Aguardemos pelos desenvolvimentos desta história, portanto…

Fontes:
Enigmas, 165.
Más Alla, agosto de 2009

Anúncios
Categories: História | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: