Daily Archives: 2009/07/30

Na Austrália vão instalar limitadores de velocidade em todos os automóveis

As ligações entre velocidade excessiva e acidentes rodoviários estão desde há muito bem estabelecidas. Por isso, a decisão do governo local de Victoria, na Austrália de começar a testar um aparelho que pode eletronicamente reduzir a velocidade de um carro recorrendo a tecnologia de GPS.

O projeto em questão é o “AISAI” ou “Australasian Intelligent Speed Adaptation Initiative”. Dependendo dos resultados recolhidos no Estado de Vitória, o sistema poderá, ou não, ser alargado aos outros Estados da Austrália.

Estima-se que o aparelho custe entre 700 a 2000 dólares por veículo e a sua instalação vai começar pelos veículos do governo e administração publica.

O sistema funciona de forma semelhante a um vulgar sistema de GPS, mas que, de forma diversa a estes, interage diretamente com os sistemas eletrónicos dos veículos. Como qualquer sistema GPS, sabe sempre onde está o carro e qual a velocidade máxima daquela via. A velocidade é calculada da mesma maneira que os sistemas GPS: lendo a posição a tempos diferentes e calculando assim a velocidade do veículo. Se esta exceder os limites da via o sistema começa por emitir um alerta sonoro, se a velocidade não diminuir assim, o sistema reduz a potência do motor, mas dá ao condutor a opção de contrariar a redução. Por fim, se ainda assim o veículo não reduzir a velocidade, então entram em ação as medidas mais radicais, em que a velocidade é reduzida, sem que o condutor possa contrariar tal redução.

Na Austrália – como em Portugal – tem havido recentemente uma grande proliferação de câmaras e radares de estrada, mas a sua eficácia tem sido muito baixa. Assim, há uma necessidade imperiosa de fazer algo que reduza as taxas de sinistralidade rodoviárias. Daí surgiu este sistema, que segundo os seus defensores pode reduzir a sinistralidade rodoviária em mais de 20% em poucos anos, segundo uns, ou mesmo 60%, segundo outros!

É claro que se trata de um sistema caro de instalar, mas a manutenção é relativamente simples e barata, e, sobretudo as poupanças na redução dos danos em veículos, feridos e mortos, tratamentos hospitalares, meios de socorro, etc, amortizariam o sistema e torná-lo-íam muito rentável em poucos anos.

A experiência de Victoria deve assim ser seguida muito atentamente e se for bem sucedida não tardará muito a que os vejamos em todo o lado… Inclusivamente nas nossas estradas.

Fonte:
http://www.caradvice.com.au/9234/satellite-speed-limiter-system-starts-trials/

Categories: Ciência e Tecnologia, Sociedade | Etiquetas: | Deixe um comentário

Procedimento a executar quando uma das places HSDPA da ZTE da TMN não fôr imediatamente detectada

Quando a HSDPA é inserido, o Windows detecta-a como “mass storage device”, carrega os drivers para o device e então detecta o modem (ver estes passos no Device Manager) via pnp. Como os drivers estão no mass storage, o pnp encontra-os aqui e instala-os.

Supostamente, no Device Manager em Modems devem aparecer:

ZTE Proprietary USB Modem

ZTE Diagnostics Interface

E em Ports:

ZTE NMEA Device

Nesta fase o mass storage da placa aparece como CDROM e no My Computer como USB Storage drive. É aqui que está o auto-install do software da placa.

Contudo, quando a HSDPA não é detectada, pode-se executar estes passos (excluiem-se uns aos outros):

1. Em c:\program files\zte mobile connection\drivers em todos os .ini, fazer install

2. Após cerca de um minuto o CDROM drive desaparece e aparecem 3 data interfaces no device manager em “other devices”. Elas auto-instalam-se, sem pedir drivers, talvez porque os tenham obtido no passo 1. Fazer o Disable sobre o ZTE CDROM no Device Manager.

3. Correr o programa ZTE da TMN no Start Menu. Agora o modem deve aparecer como “online”, o que significa que está ligado ao PC, mas não necessariamente ligado à Internet. Contudo, deve mostar ainda a informação de falta de SIM card e de rede móvel.

4. Nesta fase: remover o modem, retirar o SIM card, limpá-lo e reinseri-lo. Religar o modem de novo. O ZTE CDROM deve tornar a aparecer, sem modem device por alguns instantes mas disabled, contudo, pouco depois o modem reinstala-se e aparece corretamente no device manager

5. Chamar o ZTE connection manager de novo, o modem deve aparecer oline e mostrar o SIM card presente, assim como a rede móvel disponível.

Há reportes de que estes passos (desabilitar o CDROM aka ZTE USB storage device) no Device Manager posteriormente, o que obriga a repetir estes 5 passos.

Há também reportes de que por vezes o modem é ligado e aparece a offline (vermelho). Desligar-ligar não resolve o problema, mas um restart, sim, ou então ligar o modem e esperar dois minutos até que fique disponível.

Categories: Informática | Etiquetas: , , | 1 Comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade