Daily Archives: 2009/07/18

Proposta de uma “Torre Espacial” com 20 Km de altura, capaz de lançar satélites

O protótipo dos 3 canadianos em http://www.technovelgy.com

O protótipo dos 3 canadianos em http://www.technovelgy.com

Três académicos da Universidade de Toronto (Canadá): Brendan Quine, Raj Seth e George Zhu propuseram construído uma “torre espacial” insuflável suficientemente alta para… lançar satélites e naves tripuladas.

A ideia é de facto uma variação a partir do “elevador espacial” (que já abordámos aqui várias vezes) e resolve uma parte significativa dos obstáculos que este apresenta e que – apesar de todos os progressos recentes em nanotubos de Carbono – permanecem insuperáveis.

A proposta destes cientistas canadianos consiste em construir no pico de uma montanha muito alta uma torre com pelo menos vinte quilómetros de altura. Em termos de engenharia civil o feito em si mesmo está já hoje no domínio das possibilidades, ao contrario dos cabos de nanotubos de carbono com centenas de quilómetros de comprimento (atualmente o comprimento máximo que se consegue produzir em laboratório são apenas alguns milímetros) a tecnologia para construir torres (não de habitação) com vários quilómetros de altura já existe. Será contudo um feito notável chegar aos 20 km, mas não é impossível fazê-lo, mesmo com a tecnologia atual.

A ideia dos canadianos é construir a torre de forma modular a partir de tubos de kevlar-polietileno tornados rígidos através da injeção de um gás leve (hélio). Um pequeno protótipo de sete metros, com seis módulos, foi construído e validou o conceito.

Uma estrutura de maior escala iria exigir giroscópios e outros sistemas de estabilização em cada módulo de forma a ser capaz de suportar os ventos, por vezes de direção contrária em altitudes diferentes. Um modelo em computador foi desenvolvido pela equipa e demonstrou a segurança de uma estrutura com 15 quilómetros de altura, composta pela agregação de cem módulos com 150 metros de altura e 230 de diâmetro, todos formados com tubos insufláveis de dois metros de largura.

Esta estrutura levaria algum tempo a ser amortizada, mas o preço da colocação de cargas úteis em órbita sofreria uma redução drástica. A estrutura seria mais segura que a de um elevador espacial (ideia proposta pela primeira vez por Arthur C. Clarke) já que seria mais sólida do que este, mais flexível e muito mais resistente a colapsos parciais, porque não dependeria de um grupo de cabos mas de uma série de tubos, redundantes e facilmente substituíveis.

Fonte:
New Scientist

Categories: Ciência e Tecnologia, SpaceNewsPt | Deixe um comentário

A EADS Helibras vai construir um novo helicóptero nos próximos dez anos

EADS Helibras EC 725 em http://www.segurancaedefesa.com

EADS Helibras EC 725 em http://www.segurancaedefesa.com

O CEO da Eurocopter declarou recentemente que os planos da casa-mãe europeia eram de habilitar a sua nova subsidiária brasileira, a Helibras a fabricar um helicóptero completamente novo dentro dos próximos dez anos. A decisão indica que a subsidiária não é uma simples “montadora” de kits remetidos a partir das fábricas europeias, mas que a administração da empresa tenciona transferir para o Brasil não a construção, como também o design e a concepção de novos aparelhos e esta decisão poderá ser a prazo muito importante para o país irmão, habilitando a ingressar diretamente no muito restrito clube mundial de países capazes de desenvolver um helicóptero moderno totalmente de raiz.

Atualmente, a Helibras está a produzir helicópteros militares EC725 para o mercado sul americano, tendo já conseguido exportar seis deles para o México neste ano além de outros 17 países que compraram o modelo, mas quando este era ainda fabricado em França.

A Helibras em virtude da força desta aposta duplicou nos seus últimos anos a força de trabalho, sobretudo devido ao sucesso do EC725, algo que o desenvolvimento de um novo helicóptero irá alavancar de forma decisiva. A EADS ainda não decidiu que tipo de helicóptero será este desenvolvido no Brasil, mas deverá ser um aparelho multifunções, capaz de utilização militar e civil, talvez um sucessor em características e missões do EC725, que ainda sendo muito capaz para as necessidades sulamericanas, continua a ser uma derivação direta do Puma (usado extensamente por Portugal na Guerra Colonial) uma ascendência que implicará uma necessária substituição por um design mais moderno durante os próximos dez anos. Precisamente a mesma “marca temporal” que esta declaração da EADS vem agora cobrir…

Fonte:

http://www.flightglobal.com/articles/2009/06/23/328688/helibras-to-design-and-build-a-new-helicopter-from-scratch.html

Categories: Brasil, Defesa Nacional | Etiquetas: , | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade