Espanha estende (perigosamente?) a vida útil das suas centrais nucleares

Há cada vez mais países a reavaliarem opções no que concerne à energia nuclear. Depois da Suécia, também a nossa vizinha Espanha se prepara para abandonar… O abandono do Nuclear. O Governo socialista atualmente em funções tinha inscrito no seu programa o abandono da Energia Nuclear decidiu agora estender durante mais 2 anos a utilização da central nuclear de Garoña. Esta Central deveria ser encerrada em 2011, mas agora irá manter-se ativa durante mais dois anos.

A decisão não deixa de encerrar em si, um certo factor de risco, porque as centrais nucleares espanholas são uma herança do Franquismo e tão velhas como ele… Isto quer dizer que os reatores destas centrais irão ser utilizados durante muito mais tempo do que aquele para que foram originalmente concebidos e por muito bem mantidos que estejam (e estão) e bem monitorizados que estejam (e também o estão) há um risco acrescido que não pode ser escamoteado.

O Governo socialista está a ser pressionado para perigosa extensão da vida útil dos reatores pelos elevados níveis de Desemprego, já que as seis centrais e oito reatores empregam milhares de pessoas por central e que a dependência espanhola das importações petrolíferas iria aumentar ainda mais com estes encerramentos, já que não existem fontes renováveis ainda instaladas para substituir os 20% de energia com que o Nuclear contribui para o consumo espanhol.

Fonte:
http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1390124

Categories: Ciência e Tecnologia, Ecologia, Economia, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | Etiquetas: | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: