14 Dicas para ver melhor de noite (“visão noturna”)

1. O olho humano tem vários tipos de células diferentes. Algumas são mais eficientes na deteção de cor, outras, são melhores a detetar baixas luminosidades e movimento. Se precisamos de ver melhor, sob uma fraca intensidade de luz, devemos tentar não olhar diretamente para os pontos que precisamos ver, desta forma usaremos a visão periférica, que funciona melhor a baixas luminosidades.

2. Se precisamos de adaptar a nossa visão para o escuro, ou melhor, se nos encontramos numa área bem iluminada e vamos entrar num quarto escuro, se fecharmos os olhos com força antes de entrarmos, isso dará aos olhos uma maior capacidade de adaptação. Uma vez dentro da zona escura – um quarto, ou um túnel – não olhe diretamente para nenhuma fonte de luz aqui existente, nem forte, nem fraca, uma vez que isso vai reverter o processo de adaptação à visão nocturna que os seus olhos acabaram de cumprir.

3. Quando no escuro, em vez de olharmos intensamente para um ponto ou objeto durante muito tempo devemos fazer o olhar percorrer a sala sem se fixar em nada por muito tempo. Isso vai permitir usar diferentes áreas dos olhos, além das frontais, e irá aumentar a percepção do que esta nessa zona escura.

4. A visão nocturna deve ser preservada…evite ter em casa luzes muito próximas (candeeiros de mesa, por exemplo) completamente brancas. Prefira candeeiros coloridos, já que a luz branca por conter em si mesma uma mistura de todas as cores do arco-íris, irá desgastar mais depressa a sua visão. Dizem os especialistas que as melhores cores para preservar a sua visão serão a luz vermelha, verde ou azul, mas sempre em baixa intensidade.

5. Na arte marcial Ninjutsu, ensina-se que para ver melhor no escuro devemos estar mais baixo do que aquilo que devemos ver. A técnica funciona ao ar livre e usando a silhueta contrastante do céu, com o luar ou a luz das estrelas que contorna o objeto que tentamos ver.

6. Para alcançarmos o ponto ótimo de visão no escuro, devemos esperar entre 20 a 30 minutos no escuro. Este é o tempo que o olho humano leva tipicamente a adaptar-se a condições de baixa visibilidade.

7. Alguns estudos indicam que o tabaco, ou melhor dizendo, a nicotina, reduz a capacidade de ver no escuro. Fumar, no escuro, também reduz de per si a visão nocturna, porque a luz ligeira que emana da combustão do cigarro contrai as pupilas o suficiente para prejudicar a visão nocturna.

8. A Vitamina A parece também aumentar a fotosensibilidade dos olhos.

9. As forças especiais usam a técnica de fechar fortemente os olhos por dez segundos para melhorar a visão nocturna.

10. Durante a Segunda Grande Guerra, forças especiais soviéticas, comiam um cubo de açúcar antes de saírem para uma missão nocturna e, de seguida, apontavam uma luz vermelha para os olhos durante dez segundos.

11. Olhe através de binóculos, estes serão capazes de intensificar qualquer luz que possa existir sobre os objetos que está a focar.

12. Procure por formas, não por cores. Isso aumentará a sua capacidade de reconhecer objetos quando em condições de baixa luminosidade.

13. Uma das dicas mais curiosas tem a ver com o uso de uma pála num olho. Aparentemente, e segundo uma história (fundamentada ou não) alguns piratas usavam uma pála sobre um olho, não porque o não tivessem, mas para o “pouparem” de dia e este ter uma visão mais perfeita de noite, durante ataques nocturnos.

14. E por fim, aquela dica que me levou a procurar por todas as outras: a caça ao mito (?) de que comer cenouras melhorava (ou não) a visão nocturna: o mito (hoax) terá começado na Segunda Grande Guerra quando pilotos de bombardeiro britânicos eram instruídos a dizer aos seus guardas alemães de que os vigias de costa aliados tinham uma dieta especial, baseada na ingestão de grandes quantidades de… Cenouras. A ideia era de iludir assim os alemães quanto à existência da muito secreta rede de radares. Apesar deste detalhe ser falso, é verdade que o mito tem alguma base científica, já que a proteína rhodopsina que, no olho se parte em retinal e opsina quando exposta à luz e se torna a reunir no escuro, é constituída pela vitamina A que se encontra cenoura (e em muitos outros alimentos, aliás). Contudo, uma dieta à base de vitamina A não melhora a visão nocturna, ainda que de facto, uma dieta em que esta falta totalmente possa levar à cegueira.

Fonte Principal:

http://www.wikihow.com/See-in-the-Dark

Anúncios
Categories: Ciência e Tecnologia, Saúde, Sociedade | 3 comentários

Navegação de artigos

3 thoughts on “14 Dicas para ver melhor de noite (“visão noturna”)

  1. Biríades Cartagulio

    a coisa da pala o mais certo é ser treta, mas não deixa de ter um certo fundamento(um bom mito tem sempre uma pontinha de veracidade)
    um dos nossos olhos é chamado de olho director, é esse e só esse (claro que em circunstâncias adversas) q não pode ou não deve ser exposto a qualquer fonte de luz.

  2. sou daltônico, por incrível que pareça os daltônicos têm boa visão noturna.

  3. não fazia ideia… mas fica a informação!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: