Daily Archives: 2009/06/26

Approbo: O caçador de plágios para o mundo do ensino

Num mundo em que o uso da Internet é cada vez mais ubíquo, o lançamento de uma aplicação gratuita dedicada a caçar plágios em trabalhos académicos merece toda a atenção… Trata-se do Approbo, que permite detetar frases ou textos inteiros que tenham sido copiados da Internet, denunciando o infrator ao professor e punindo este membro de uma geração de “repetidores” que a Internet deixou florescer como nunca. A aplicação não visa impedir o recurso a fontes públicas na construção de trabalhos académicos (o seu principal foco) mas impedir que estas sejam usadas de forma literal e acrítica, sem referência a fontes e permitindo a transformação das tarefas de um estudante nas de um mero copiador cego de textos da Internet.

O Approbo é instalado no computador (depois de sido carregado do site), depois, apresenta-se-lhe o texto a verificar e o programa devolve ocorrências de plágio que encontre na Internet, pouco depois. O programa resiste a mudanças simples de palavras e recorre ao Google e a outros motores de busca para realizar o essencial do seu trabalho.

O Approbo foi criado por uma empresa catalã de nome Symmetric e foi financiado completamente por várias instituições publicas.

Fonte:
http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1380821

Categories: Educação, Informática | 4 comentários

Quids S16: Como se chama este astronauta?

1112

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 6:00 e as 10:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30). Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 30 pontos.

6. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S16 | 16 comentários

Ainda sobre o “Evento de Tunguska” e os restos de um OVNI “descobertos” pela “Tunguska Spatial Phenomenon Foundation”

O mistério de Tunguska continua a fazer correr rios de tinta… Segundo o russo Yuri Labvin, presidente da “Tunguska Spatial Phenomenon Foundation” foram encontrados pela sua organização fragmentos de quartzo com marcas “estranhas” que Labvin acredita fazerem parte do sistema de controlo do OVNI que se despenhou em Tunguska no começo do século XX, em 1908.

Os fragmentos foram encontrados perto do local da explosão e – segundo ele – provariam que a nave espacial alienígena teria chocado intencionalmente com um meteorito para evitar que este caísse no solo e, no processo, destruísse toda a vida terrestre.

Segundo o ovnilogista, “não temos tecnologia que nos permita imprimir este tipo de desenhos em cristais”. A organização alega ter também encontrado silicato de ferro, um produto que – segundo Labvin – só pode ser fabricado no Espaço, sem ação da gravidade.

Toda esta construção deriva dos fragmentos de cristal e estes, contudo, ainda não foram submetidos a análises por organizações independentes… E as “provas” de que o OVNI teria colidido com um meteorito são, no mínimo… Fracas. Assim sendo, é muito provável que esta história não seja mais do que um hoax, lançado para financiar esta “fundação” de Labvin, caso contrário estas inscrições já estariam nas mãos de entidades cientificas independentes, capazes de avalizar a sua realidade e verdadeira origem e não escondidos num qualquer cofre de uma fundação obscura e quase desconhecida, algures em Moscovo.

Fonte:
http://www.ananova.com/news/story/sm_3339591.html?menu=

Categories: Ciência e Tecnologia, OVNIs, SpaceNewsPt | Etiquetas: | 6 comentários

Michael Jackson morreu…

ver AQUI

e desta vez não é mito (hoax), como destoutra AQUI.

Categories: Hoaxes e Mitos Urbanos, Sociedade | Etiquetas: | 12 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade