Daily Archives: 2009/06/25

2ª Conferência MIL: O Futuro Democrático da Guiné-Bissau e pedido de doação de livros para Timor (Oecussi)

Conforme tem sido noticiado, no próximo dia 4 de Julho, pelas 16h, o MIL: MOVIMENTO INTERNACIONAL LUSÓFONO organizará, na sua sede (Associação Agostinho da Silva, Rua do Jasmim, 11, junto ao Príncipe Real, em Lisboa), um debate público sobre “O futuro democrático da Guiné-Bissau no espaço lusófono”.


Pedimos que todos os presentes levem alguns livros infantis e para adolescentes, a serem depois remetidos para a Comunidade das Irmãs Dominicanas do enclave timorense em Oecussi. Esta Comunidade pretende organizar uma Biblioteca mas não tem, até ao momento, nenhum livro.

Petições MIL correlacionadas:

Petição em prol da Construção de um Estado de Direito Democrático na Guiné-Bissau


Por uma
Força Lusófona
de Manutenção de Paz

Anúncios
Categories: DefenseNewsPt, Lusofonia, Movimento Internacional Lusófono, Nova Águia, Política Internacional, Portugal | Etiquetas: , | 1 Comentário

Biocarvão e Bio-óleo: Duas promessas ecológicas

Uma das formas mais simples e eficientes para combater o Aquecimento Global poderá ser a multiplicação do uso de “biocarvão”. Os agricultores podem ser instruídos e fiscalmente incentivados a produzir “biocarvão” a partir da biomassa que produzem nos seus campos. De forma idêntica, podem ser localmente fabricados – pelos próprios agricultores – “fertilizantes de carvão” que podem melhorar a fertilidade natural de vários tipos de solos. Se estas medidas se generalizarem centenas de milhões de toneladas de biomassa que não são aproveitadas todos os anos poderão gerar riqueza para esses agricultores e impedir a dissipação para a atmosfera de milhões de toneladas-ano de CO2.

O “biocarvão” é um resíduo rico em carbono que pode ser produzido facilmente a partir de técnicas com milhares de anos de existência e que podem ser tão simples como a cobertura de uma massa de resíduos vegetais com uma camada de terra e deixando-a decompor até ao uso de tecnologias sofisticadas como o “processo de pirólise”. Os métodos de combustão e decomposição tradicionais emitem todos os anos grandes quantidades de CO2 para a atmosfera contribuindo de forma muito significativa para o Aquecimento Global. O “biocarvão” pode conservar uma parte desse CO2 no solo, reduzindo o Aquecimento Global e melhorando a fertilidade dos solos aumentando a quantidade de nutrientes que podem ser usados pelas plantas, retendo mais água e reduzindo o uso de fertilizantes químicos de consequências tantas vezes nefastas para o meio ambiente local. Adicionalmente, o seu produto pode ser usado como fonte de energia local, autónoma e eternamente renovável.

O método tecnologicamente mais evoluído conhecido como “pirólise” ainda é mais promissor. De igual forma aos métodos tradicionais, permite processar os resíduos agrícolas, desperdícios de madeira e resíduos urbanos produzindo energia limpa na forma de biocarvão, bio-óleo ou gás.

Existem dois métodos industriais de pirólise: o rápido e o lento. No lento, são necessárias varias horas para produzir carvão, no rápido apenas alguns segundos bastam, mas a produção de biocarvão é de apenas 20% do total da matéria processada, enquanto que no primeiro é de 50%. No processo rápido uma temperatura muito alta exige uma alimentação de biomassa constante e regular, assim como um pré-processamento que a reduz a pequenas partículas de tamanho uniforme.

O bio-óleo é um líquido cinzento escuro com uma composição idêntica à da biomassa. É composto de uma mistura muito complexa de hidrocarbonetos oxigenados com uma densidade muito superior à da madeira. Esta compressão permite reduzir o espaço de armazenamento e os custos de transporte e usar este material para combustões lentas. O bio-óleo não é contudo adequado a combustões rápidas, como aquelas que ocorrem nos motores de combustão que utilizam biocombustíveis “tradicionais”.

Fontes:
http://news.mongabay.com/2008/1217-zafar_biochar.html
http://e-geonews.blogspot.com/2008/12/biocharcoal-helps-check-global-warming.html

Categories: Ecologia, Economia | Etiquetas: | 3 comentários

Recebendo alertas gratuitos por SMS com o Google Calendar

http://calendar.google.com

calendar.google.com

Ainda que me comece a fazer alguma comichão a quantidade de serviços da Google que vou usando e… A quantidade de informação sobre mim que assim lhe vai parar às mãos, a verdade é que acabo de descobrir um pequeno serviço deveras útil para quem tem uma agenda tão sobrecarregada como eu.

O serviço é parte do Google Calendar, que já uso para marcar, por exemplo, as reuniões do MIL, e permite, através do fornecimento do número de telemóvel (e do registo deste no Google Calendar) o envio de lembretes por mensagem de SMS alertando para um dado evento e o envio de resumos de atividades planeadas para esse dia, logo pela manhã.

É um serviço útil e – tanto quanto pude apurar – gratuito. Desde que estejamos dispostos a dar à Google também o nosso número de telemóvel.

Categories: Informática | Etiquetas: | Deixe um comentário

Quids S16: Em que mês e ano foi tirada esta fotografia?

b1

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 6:00 e as 10:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30). Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 30 pontos.

6. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S16 | 6 comentários

MyBrute: Dicas e Conselhos

Já devem ter reparado que aqui no Quintus que apareceu o movv.org.mybrute.com… Provavelmente, já sabe do que estou a falar, mas não conhece muito sobre este jogo Flash online e é para isso que serve este artigo, construído a partir de várias fontes na Internet, mas principalmente a partir do conteúdo de barrao.mybrute.com.

Dicas:
1. Pode alterar o seu avatar MyBrute clicando no ícone situado à esquerda.

2. O écran principal de cada avatar mostra o nome do mestre, isto é, de quem o iniciou no mybrute, assim como uma ligação para o seu bruto, o numero de vitórias que o seu avatar já conseguiu, o seu ranking (que só aparece lá mais para diante no jogo) e a quantidade de Pupilos (discípulos) de que dispõe.

3. Quando o mybrute pede uma password deve sempre escolher uma, caso contrario qualquer um poderá jogar em seu nome, com o seu próprio avatar.

4. Pode aceder ao écran de mudança de password do seu bruto em http://(bruto).mybrute.com/setPass, mas tenha em conta que só consegue criar uma password se o endereço IP for o mesmo onde criou o bruto.

5. O level indica o nível em que se encontra o bruto. Começamos sempre no nível 1, e podemos ir até ao nível mil. Os Health Points representam a energia total do jogador, quanto maior esta for, mais golpes poderá suportar de outros jogadores. A Strenght é a sua capacidade para tirar energia aos seus oponentes. A agilidade é a probabilidade de se esquivar a golpes, quando na arena. A Speed indica qual será a quantidade golpes que conseguirá infligir sobre o seu adversário durante um combate.

6. Cada bruto começa por poder realizar apenas 3 lutas diárias, mas posteriormente, à medida em que se vai avançando no jogo, pode chegar até às seis lutas diárias, ou (segundo uns) até mesmo mais. Estas lutas não acumulam. Por exemplo, se não jogar num dia, no seguinte não recebe as lutas não realizadas no dia anterior. Por isso… Se for de ferias, registe-se pelo menos num torneio, para não perder muitos pontos…

7. O écran inicial da luta permite-lhe selecionar um entre 6 adversários do mesmo nível que o seu. Contudo, ainda que possam ser do mesmo nível, podem ter itens ou mascotes (ursos ou lobos) muito mais fortes, pelo que combates muito desiguais não estão longe de serem comuns…

8. Deve registar-se em todos os torneios, devendo-se inscrever manualmente em cada um. Nestes luta com mais de um oponente de cada vez, o que significa que nesse dia poderá lutar muito mais do que num dia normal. Nos torneios, a seleção de oponentes é completamente aleatória, estando cada combate intervalado de uma hora.

9. O ponto crucial em mybrute é a experiência. À medida que esta vai subindo, aparecem novas armas, capacidades especiais e mascotes como o referido urso ou lobo. Para ganhar experiência de uma forma mais eficiente deve lutar com adversários de nível idêntico, em que cada vitória corresponde a dois pontos ou uma derrota um ponto. Ganhará apenas um ponto, se o adversário for de um nível inferior ao seu.

10. É importante cativar discípulos. Por cada um, obtém um ponto e recebe outro ponto de cada vez que um deles subir de nível. A forma de angariar discípulos, é divulgar o seu endereço mybrute, no meu caso, movv.org.mybrute.com. Ainda que seja imoral, de facto, você pode criar os seus próprios discípulos, desde que o faça a partir de vários endereços de IP.

11. As armas pequenas como facas não dão muitos danos ao adversário, mas têm maior alcance e precisão. No jogo há armas maiores, tais como o machado, a moca e outros que podem dar danos superiores a 40 pontos, mas como são lentos, se o adversário for rápido, podem falhar mais que as armas mais leves. Existem também armas que podem ser arremessadas, como as facas ou as shurikens, estas últimas, em particular, causam poucos danos por impacto mas podem facilmente levar 20 ou 30 pontos num combate. As mascotes são talvez o elemento mais importante no jogo já que servem de defesa ao captar os ataques do adversário e atacando-o tiram-lhe pontos, poupando o seu próprio bruto. Destes o urso é de longe o mais temível, pela força dos seus golpes. Todos eles são atribuídos aleatoriamente e não são poucos os jogadores que vão usando vários brutos em simultâneo até que apareça um urso num deles… Eu pela minha parte apostei em manter-me sempre no mesmo bruto, concentrando aqui os pontos e qualquer “bichinhos” que vá aparecendo (ainda não apareceu nenhum, snif).

Em suma, eis algumas dicas que lhe permitirão ir evoluindo e compreendendo melhor o mybrute. O jogo é algo viciante e sinal disso mesmo são as relativamente frequentes erros de página provocadas por sobrecarga de utilizadores… Irá crescer, porque fideliza jogadores pelo mecanismo da acumulação de pontos e da subida de nível e porque pela via de captação de novos discípulos consegue ir multiplicando a massa global de jogadores. Há, contudo, muito que eu faria de outra forma… Desde uma direta associação entre os países e origens dos jogadores, a uma diminuição da componente aleatória do jogo, a um redesenho “menos infantil” do grafismo dos avatares até uma maior contextualização histórica do jogo. Mas apesar desses pontos menos conseguidos, recomendo e uso o MyBrute!

Movv.org.mybrute.com

Categories: Informática, Sociedade | Etiquetas: | 16 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade