Portugal reforça o seu contingente militar no Afeganistão


(Distribuição das forças aliadas pelo cenário afegão em http://www.afghanconflictmonitor.org)

Portugal vai enviar durante o próximo mês de julho mais 56 militares, juntamente com um avião de transporte Hércules C-130H da FAP para o Afeganistão, reforçando assim a sua presença naquele que é um dos mais importantes conflitos da atualidade.

Estes meios serão integrados na “Força Internacional de Assistência à Segurança” (ISAF) e serão compostos por 15 elementos de uma equipa de Saúde proveniente dos três ramos das Forças Armadas e 40 militares que serão alocados à operação e manutenção do avião devendo a equipa permanecer no país até julho de 2010.

O objetivo deste reforço de meios é o apoiar a realização das eleições presidenciais marcadas para 20 de agosto, quer medicamente, para o caso de ocorrerem problema de segurança que resultem em feridos e para transporte de pessoal e equipamento a um país onde as estradas ainda são muito inseguras, especialmente no sul e junto à fronteira paquistanesa.

Após Julho, haverá no Afeganistão um total de 143 militares portugueses, reforçando assim os meios aqui empenhados e respondendo de forma positiva a um apelo da nova Administração Obama para que os países da OTAN colocassem aqui mais meios e que assim se criassem as condições necessárias à inversão da situação de segurança. O número de forças no terreno é contudo inferior e muito aos 300 militares que o país na teve no Afeganistão e contrasta vivamente com a necessidade de meios combatentes no local, já que os talibãs estão cada vez mais ativos no sul do país e junto à fronteira com o Paquistão, controlando efetivamente extensas regiões do país, muitas vias de comunicação e várias de pequenos aldeamentos. Nesta fase, seria imperativo que a OTAN colocasse mais meios combatentes, de primeira linha, no local e isso não está a acontecer… Não são só os portugueses que se furtam a colocar no perigoso cenário mais meios combatentes. São todos os países da OTAN, a começar pelos alemães que cobardemente se mantêm nas zonas relativamente seguras do norte e da capital e a terminar por países militarmente bem mais capazes que Portugal (como a torpe Holanda e a inepta França) que mantêm no país contingentes pouco mais que mínimos.

Fontes:
http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1379183
http://en.wikipedia.org/wiki/International_Security_Assistance_Force#NATO_nations

Categories: DefenseNewsPt, Defesa Nacional, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | Etiquetas: | 1 Comentário

Navegação de artigos

One thought on “Portugal reforça o seu contingente militar no Afeganistão

  1. Pingback: Fique por dentro Militar » Blog Archive » Portugal reforça o seu contingente militar no Afeganistão « Q …

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: