Daily Archives: 2009/06/09

Terão enviado mensagens SMS a partir do voo AF447 da Air France?

Existem diversos relatos, publicados na imprensa brasileira a partir de um um artigo publicado em Portugal pelo “Jornal de Notícias” segundo os quais alguns passageiros do voo AF477 quando se aperceberam de que algo estaria muito mal com o Airbus teriam enviado mensagens “Eu te amo” e “Estou com medo” aos seus familiares. A notícia, no JN, surje confirmada pelo presidente do sindicato das empresas aeronáuticas do Brasil, Ronaldo Jenkins que, segundo o Jornal de Notícias: “O presidente do sindicato das empresas aeronáuticas do Brasil, Ronaldo Jenkins, que teve acesso à zona restrita onde os familiares das vítimas acompanham o desenrolar das operações, confirmou ao JN que as SMS foram enviadas pelos passageiros.

Estas mensagens de SMS teriam sido enviadas quando o avião sobrevoava o arquipélago de Cabo Verde, ou mais especificamente, a Ilha do Sal. E é aqui que reside o primeiro problema da história… É que o avião terá caído no Atlântico, a muitas centenas de quilómetros da ilha do Sal (ver AQUI) e logo muito para além do alcance máximo de uma antena de GSM (35 km) e em pleno Atlântico, simplesmente não há torres de telemóvel.

Mas o maior problema desta história do JN está em que… O dito sindicato publicou uma breve nota onde afirma que o seu presidente nunca prestou tais declarações ao Jornal:

“SNEA nega informação sobre mensagens de passageiros

Diferentemente que foi divulgado por uma publicação portuguesa, não partiu do diretor técnico do SNEA, Ronaldo Jenkins,  a informação de que passageiros da voo AF 447 da Air France teriam enviado mensagens de celular para os familiares quando perceberam problemas com a aeronave.

Esta informação foi levantada por um repórter e descartada pelo diretor do Sindicato, que considera praticamente impossível que tais mensagens tenham sido enviadas por celulares convencionais, exceto se houvesse algum  link por satélite.”

Ou seja, um jornalista do JN ouviu o rumor (fundado em diversos relatos de familiares que diziam ter ouvido o “som de marcação” ao ligar para os seus entes queridos), pergunta a Ronaldo Jenkins se teria sido possível enviar SMS do avião e tendo ouvido o “praticamente impossível”, agarram-se ao “praticamente” e adulterando completamente a notícia, dão como confirmação aqui que, de facto, foi uma negação… Mau jornalismo, sensacionalista, na melhor das hipóteses, ou meramente fraudulento, na pior. A notícia (falsa) teve logo um imediato eco em várias fontes noticiosas, chegando a televisões brasileiras a vários meios de comunicações estrangeiros (norte-americanos e dinamarqueses, entre vários).

A notícia começou a parecer falsa logo que o brigadeiro Mauro Gandra, antigo ministro da Aeronáutica e antigo diretor-geral do Departamento de Aviação Civil, quando confrontado com esta notícia tinha já dito que “seria muito difícil transmitir mensagens por telefone móvel, já que o avião estava fora do alcance das torres de transmissão”. Mas há também a questão do bom senso… Como acreditar que alguém, dentro de um avião em queda livre (aparentemente vertical), conseguir tirar o telemóvel, ligá-lo, inserir o PIN, escrever a mensagem (por curta que fosse) e enviá-la, tudo isto em cinco minutos e com grande confusão e pânico?

A notícia (falsa) pode também ter tido as suas origens no facto de sistemas automáticos de alerta terem enviado informações sobre avarias sucessivas para Paris, usando o Aircraft Communication Addressing and Reporting System (ACARS) durante os últimos cinco minutos de voo, mas este sistema de “mensagens que, de facto, consiste no envio bruto de uma série de mensagens de código como NAV ADR DISAGREE (indicando conflitos entre sistemas de voo) ou ADVISORY (Code 213100206) que significa”cabin vertical speed warning” são enviadas não por SMS/GSM, mas por rádio frequência (VHF ou Satélite).

É claro que várias companhias aéreas estão hoje em dia a permitir o envio de SMS, MMS e e-mail a partir dos seus aparelhos (ver AQUI), mas de forma limitada, mas apenas no Airbus A318 e em voos europeus (o sistema ativa-se automaticamente a partir dos 3 mil metros), logo, não neste voo AF447.

Há uma possibilidade de envio de SMS nestas condições: O uso de um telemóvel satélite como os da Iridium (os mesmos que permitiam ao governo angolano localizar e abater Savimbi), mas não há qualquer indicação de que um tivesse sido usado no AF447, além da natural e já citada objeção de que demora muito tempo a ligar um equipamento destes, sobretudo sendo um telefone por satélite, que só para arrancar demoram uns bons 40 segundos (ver AQUI) e que como funcionam com sinais muito fracos têm fracos desempenhos com aviões deslocando-se a velocidades de cruzeiro e ainda por cima colocados dentro de uma carlinga que isola por parte dos sinais de rádio que vêm do exterior. Logo, devemos descartar também esta derradeira possibilidade..

O envio de SMS por GSM a partir de um avião não é impossível, mesmo sem recurso aos sistemas OnAir usados pela Air France e pela companhia aérea dos Emiratos. Isso mesmo ficou provado quando os passageiros do avião do “Flight 93” do 11 de setembro enviaram várias mensagens aos seus familiares (outra possível inspiração para esta história). Mas aqui, o avião sobrevoava várias torres de telemóvel, voava a uma velocidade inferior e, sobretudo, os passageiros tiveram mais tempo para reagir e tudo não aconteceu de súbito, às três da manhã de um voo intercontinental…
Fontes:
http://tvi.com.br/v2/noticias/noticiasExibir/0,NTVI,7,11,230,3432,EX-1,PASSAGEIROS+DO+VOO+AF447+ENVIARAM+SMS+AOS+FAMILIARES+DIZ+JORNAL.html
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Mundo/Interior.aspx?content_id=1250367
http://en.wikinews.org/wiki/Passengers_on_Air_France_Flight_447_sent_text_messages_to_family_members_before_plane_disappeared?curid=127258
http://www.vg.no/nyheter/utenriks/artikkel.php?artid=544084
http://en.wikipedia.org/wiki/Air_France_Flight_447
http://www.huliq.com/1/81656/authorities-locate-air-france-missing-plane
http://tek.sapo.pt/noticias/telecomunicacoes/passageiros_da_air_france_podem_enviar_sms_a_883935.html
http://oglobo.globo.com/tecnologia/mat/2008/02/08/air_france_permite_uso_de_celular_envio_de_sms_mms_em_pleno_voo-425538641.asp

Anúncios
Categories: Ciência e Tecnologia, Hoaxes e Mitos Urbanos | Etiquetas: | 3 comentários

Aparecem no eBay.com discos com dados confidenciais

Ainda que se estejam a torrar (literalmente) biliões de dólares em Serviços de Informação, Segurança Informática e sem recorra em todo o mundo – sem grande pejo – à supressão de liberdades e garantias individuais, tudo isso não serviu para impedir que aparecessem mais de uma centena de discos rígidos com informação confidencial no… eBay.com, o conhecido site de leilões internacional.

Um destes discos tinha dados sobre os projetos e procedimentos de lançamento de mísseis terra-ar da Lockheed Martin… Outros discos incluíam dados pessoais como raios-X, fotografias de pacientes, cartas clínicas de teor confidencial e até registos de acesso a embaixadas e dados empresariais confidenciais com elementos sobre transações de dezenas de milhares de dólares…

Esta centena de discos com dados confidenciais fazia parte de um total de 300 discos comprados no eBay a particulares e a empresas dos EUA, Alemanha, França e Reino Unido e parecem ter sido colocados à venda quer por particulares que trabalhavam nas entidades que operavam esses computadores e que quando estes se tornaram obsoletos e ficaram amortizados os terão colocado à venda ao seu pessoal. O problema é que nestas organizações a tarefa de limpeza de discos é realizada por terceiros, geralmente em regime de outsourcing, com serviços baratos e prestados geralmente por pessoal não qualificado… e que não tiveram a preocupação de fazer uma formatação de baixo nível, com “zeroing” (escrever zeros) nos discos rígidos.

Desta vez, quem comprou estes discos não foram os serviços secretos chineses ou iranianos, mas o Pervasive ICT Research Centre da British Telecom. É claro que há sempre a hipótese de no passado tal compra ter já ocorrido, tendo os compradores mantido um perfil mais discreto, sem informarem os Media de tal feito…
Fonte:
http://www.gizmodo.com.br/conteudo/segredos-sobre-defesa-de-misseis-em-discos-rigidos-sao-vendidos-no-ebay

Categories: DefenseNewsPt, Informática | Deixe um comentário

Quids S16: Que rio é este?

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 6:00 e as 10:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30). Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 30 pontos.

6. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

NOTA:

Durante o resto da semana poderá (quase de certeza) não haver quids…

Categories: Quids S16 | 18 comentários

Sobre o aparente sucesso da política suíça de combate à Toxicodependência

Na Suíça, a heroína é fornecida aos toxicodependentes por receita médica desde há mais de vinte anos. Ora a Suíça é também o país da Europa onde a idade média de um toxicodependente é mais elevada, rondando hoje os quarenta anos. Por contraste, no Reino Unido, um país que, como Portugal segue o modelo mais tradicional de Combate ao Fenómeno da toxicodependência, essa idade média ronda os 15-19 anos.

Este contraste estatístico deve fazer-nos pensar sobre esta opção suíça por administrar de forma clinicamente controlada droga aos toxicodependentes do seu país. Podemos continuar a atacar um flagelo mundial que destroi tantas vidas e que é indiretamente responsável por mais de 60% de toda a criminalidade de uma forma absoluta e ineficiente, pela via da repressão e proibição, ou podemos ponderar a opção suíça autorizar o seu consumo através de receita médica e da subsequente produção e distribuição gratuita através de empresas publicas criadas especialmente para esse efeito.

Fontes:

Podcast de Doug Henwood

http://www.parl.gc.ca/37/1/parlbus/commbus/senate/Com-e/ille-e/library-e/collin1-e.htm

Categories: Política Internacional, Saúde, Sociedade | Etiquetas: , | 7 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade