Atentado ao Idioma e liberdade na Galiza


O actual governo da Junta da Galiza, «devolvendo o favor e atendendo às petiçons dos colectivos galegófobos» segundo alguns analistas, implantará umha nova medida contra a utilizaçom do galego no ensino, possibilitando a limitaçom do seu uso até em só duas disciplinas.

Segundo informa o periódico digital Vieiros.com, a Conselharia da Educaçom está a trabalhar no novo decreto de línguas para o ensino nom universitário.

O decreto tenciona regulamentar a língua de quatro disciplinas, deixando ‘livre eleiçom’ para as restantes. Esta decisom depende dos conselhos escolares, que deveram escolher em votaçom a língua veicular das matérias, com a excepçom das Línguas Galega e Castelhana, Ciências Sociais (em galego) e Matemática (em castelhano).

Por enquanto desconhece-se qual é o critério para a escolha de matemática em castelhano (umha disciplina que conta com mais horas semanais do que as ciências sociais), se bem nom falta quem veja nos preconceitos e na ignorância a respeito da utilidade das línguas a resposta, tal como têm assinalado as principais organizaçons sindicais da Galiza e associaçons de pais e maes.

Eliminada a nunca cumprida igualdade de 50% para cada língua no ensino, o castelhano poderá reafirmar-se novamente como língua privilegiada na Galiza.

Ligado com esta notícia, do movimento normalizador incide-se na incompetência no nosso idioma dumha grande parte do professorado galego por diversas razons, o que é mais um sintoma de que o castelhano será a eleiçom maioritária nos centros do País.

fonte: http://www.pglingua.org
foto: Mural em Ribadeu em defesa do idioma

Anúncios
Categories: Galiza | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: