Daily Archives: 2009/05/09

Ele usava a Craigslist para escolher as suas vítimas…

Numa notícia da www.cnn.com que tem tudo a ver com um dos mais populares motores de busca locais, a Craiglist, ficamos a saber que um estudante de 22 anos de Boston (Massachusetts) teria sido acusado de assassinato de uma mulher que teria contactado com ele através de um anúncio pessoal publicado no Craiglist.

O suspeito teria contactado a vítima, de nome Julissa Brisman, de 26 anos, através do seu anúncio de “serviços de massagens” neste cada vez mais popular serviço de anúncios classificados na Internet e encontra já cadáver no hotel Copley Marriott de Boston, a 14 de abril, vítima de vários disparos de pistola.

Ele usava um sistema de busca local para escolher as suas vítimas... (http://assets.nydailynews.com)

Ele usava um sistema de "busca local" para escolher as suas vítimas... (http://assets.nydailynews.com)

A polícia recusou divulgar os detalhes do anúncio na Craiglist mas acrescentou que ela e o suspeito “estavam envolvidos em profissões semelhantes” e que na resolução deste caso provas periciais recolhidas em computador teriam desempenhado uma parte importante.

Em suma, Philip Markoff – porque esse é o nome do estudante-ladrão – usaria a Craiglist para selecionar alvos dos seus assaltos, esperando agora a polícia que surjam mais vítimas de Markoff, nomeadamente outros utilizadores da Craiglist já que esse parecia ser o “modus operandi” do assaltante. E de facto, não demorou muito tempo até surgir uma queixa de um caso ocorrido a 16 de abril, em Rhode Island onde no Holiday Inn Express onde um homem enrolou uma corda numa dançarina de 26 anos que tinha colocado um anúncio na Craiglist, exigindo dinheiro para a libertar. E este seria apenas um caso de vários que estavam agora a chegar ao conhecimento da polícia… Todos na área de Boston.

Em resposta aos trágicos acontecimentos, o CEO da Craiglist, Jim Buckmaster declarou que a empresa “estava horrificada e profundamente entristecida que os nossos serviços na comunidade tenham sido associados com qualquer tipo de crime violento”. Mas estes incidentes, assim como o outro caso ocorrido no ano passado em que um assaltante de bancos colocou um anuncio na Craiglist pedindo “pintores”, isto é, pessoas com mascaras e fatos de pintor que aparecessem numa dada rua, a uma dada hora. No dia, local e hora combinados lá estavam entre dez a quinze pessoas, todas com fatos de pintura e mascaras e quando o anunciante assaltou um banco e fugiu por essa razão, a policia não sabia a quem perseguir porque ele próprio estava também vestido como os pintores que tinha pedido…

Estes incidentes com este popular serviço de anúncios pessoais norte-americana indicam que a fronteira entre a cibercultura e a sociedade é menos ténue e impermeável do que era ainda há uns cinco anos. Quando os criminosos começam a recorrer às mesmas ferramentas que o resto da sociedade para exercerem a sua “profissão”, isso não deve constituir admiração para ninguém porque hoje em dia praticamente não há distinção entre cibercultura e cultura popular ou (até) cultura erudita. Assim… E se a Internet (por exemplo, o Twitter) serviu para organizar a reacção de movimentos “contracultura” no último encontro do G20, então porque não iriam os criminosos embarcar no mesmo barco?

Fonte:

www.cnn.com

Categories: Informática, Sociedade | Etiquetas: , | Deixe um comentário

O “US Navy Space and Naval Warfare Systems Center”, de San Diego afirma ter descoberto novas provas sobre a realidade da existência de “Fusão Fria”

Um reator de fusão fria: fraude ou... revolução? em http://www.world-mysteries.com

Um "reator de fusão fria": fraude ou... revolução? em http://www.world-mysteries.com

Investigadores norte-americanos do “US Navy Space and Naval Warfare Systems Center“, de San Diego afirmam ter descoberto novas provas sobre a realidade da existência de “Fusão Fria“. A confirmar-se, abrem-se assim as portas para a produção de energia limpa e barata e os químicos Pons e Fleishmann que descobriram o processo saem dessa área cinzenta da História da ciência onde se encontram hoje, desde 1989…

Uma equipa chefiada pela pesquisadora da US Navy detectou provas de que um pequeno engenho onde se desenrolaria a dita “Fusão Fria” emitia neutrões a grande “prova que faltava” nas experiências já realizadas noutros locais onde se estudou este elusivo fenómeno. Estes resultados foram anunciados publicamente num congresso da “American Chemical Society” no passado mês de abril.

O grande problema com a “Fusão Fria” foi – desde logo – a forma pouco convencional como Pons e Fleishmann anunciaram numa conferencia de imprensa e não numa publicação cientifica a sua descoberta. Mas o grande problema foi quando cientistas em todo o mundo tentaram repetir a experiência dos dois químicos e… Falharam, quebrando assim uma das maiores exigências do método científico: a reprodutibilidade. Consequentemente, a maioria dos pesquisadores abandonou esse campo de trabalho, com excepção de alguns irredutíveis. Como a equipa de Mossier-Boss que colocou um fio de ouro dentro de um contentor com clorado de paládio misturado com deutério. Passando uma corrente elétrica através desta solução os cientistas da US Navy detectaram neutrões a serem emitidos do contentor, algo que foi feito pela primeira vez em todas as experiências de “Fusão Fria” e que traz uma nova credibilidade às experiências. Com sorte, e se o peso do preconceito contra estas experiências assim como o medo do ridículo não forem já demasiado pesados entre a comunidade científica, a experiência do laboratório naval de San Diego deverá a ser repetida noutros laboratórios pelo mundo fora e talvez tenhamos boas noticias para breve… É que se cada um de nós puder ter na cozinha um pequeno reator nuclear seguro e alimentado a água… Então a recessão mundial acabará (com a construção, venda e distribuição destes sistemas), o Aquecimento Global será resolvido (com o fim da dependência dos combustíveis sólidos) e a necessidade de construir grandes e caras centrais eléctricas e longas e pesadas redes de distribuição de energia terá terminado. Ou não…

Fonte:
http://www.guardian.co.uk/science/2009/mar/23/cold-fusion-anniversary

Categories: Ciência e Tecnologia | Etiquetas: | 5 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade