Segundo um estudo científico, as capacidades mentais do ser humano começam a declinar a partir dos 27 e estão no seu pico por volta dos 22

Segundo um estudo realizado pela equipa do professor Timothy Salthouse, da Universidade da Virgínia, as capacidades mentais do ser humano começam a declinar a partir dos 27 e estão no seu pico por volta dos 22.

O estudo mediu a capacidade de raciocínio, a visualização espacial e a rapidez de pensamento e permitirá afinar as terapias que pretendem retardar o envelhecimento do cérebro humano indicando que estas devem começar muito mais cedo que antes de pensava.

O estudo também revelou que ainda que a velocidade de raciocínio declinasse a partir dos 27, a memória se mantinha intacta até aos 37 e – ainda mais importante – que todas as capacidades baseadas na acumulação de conhecimento, como o desempenho em testes de vocabulário ou de informação geral subiam até aos 60 anos, expondo a crueldade e falta de base cientifica na política velada cumprida pela maioria dos departamentos de Recursos Humanos e pelos gestores de topo das empresas privadas, cujo dogma cego as impede de contratar pessoas com mais de 35 anos e que procuram por todos os meios desfazer-se daqueles que têm mais de 50 anos.

Em si mesma, a conclusão não está longe de ser expectável… Não espanta que o apogeu da mente humana seja alcançado antes dos 30, já que essa era precisamente a idade máxima a que chegavam a maioria dos seres humanos na idade pré-industrial, aquela que se estendeu durante mais de 50 mil anos, enquanto que a ciência médica e o seu consequente prolongamento da vida humana tem menos de 300 anos…

Fonte:
http://news.bbc.co.uk/2/hi/health/7945569.stm

Anúncios
Categories: Ciência e Tecnologia, Saúde | 4 comentários

Navegação de artigos

4 thoughts on “Segundo um estudo científico, as capacidades mentais do ser humano começam a declinar a partir dos 27 e estão no seu pico por volta dos 22

  1. Pegasus

    Comentar um assunto que tem tantas variaveis, poderia se tornar um trabalho antropologico, vem desde o corpo do homem moldado para reprodução e portanto competição,na idade tenra dos 20 anos ate sua interação com um mundo em que isso não é mais real em sua totalidade, posto que o homem não compete mais na natureza, mas numa sociedade civilizada que lhe cobra mais raciocinio logico e estudo em varias areas distintas e isso num espaço de tempo de pelo menos uns 100 anos pra ca.
    Dificilmente uma evolução fisica e mental dentro da quimica corporal poderia se dar em tão pouco tempo, mas a repetição levara a mudanças evolutivas hereditarias, em que, o homem se manter neste atual patamar de exigencia, forçando os limites, fara seu corpo se adaptar de acordo com suas necessidades.
    Mas nada impede que rompamos barreiras hoje e deixar que a evolução quimica se de com o tempo.

  2. bem, na verdade a natureza não nos fez para durar mais do que 30 anos… veja-se qual era a idade média do Homem antes de inventarem a medicina! por isso, nada mais natural que o nosso apogeu esteja precisamente antes dessa idade, já que correspondia ao ponto máximo da nossa vida programada.

  3. nehalem

    Naaaaaaaaa… é uma tese que levaria ao aprofundar de várias premissas. Começaria logo pela definição de raciocínio; razão; lógica; capacidades mentais; experiência adquirida; emoções; hereditariedade; ambiente; educação; etc…
    Convenhamos que o assunto tem um déjà vu de manipulação da indústria farmacêutica/Banca/Seguros.
    Não me convencem!
    😉

  4. a mim, sim… é claro que teria que ler todos os parâmetros do estudo publicado.
    mas a conclusão é razoável e vai de acordo com o senso comum.
    e gostei especialmente da parte em que se confirma que um adulto com mais de 40 pernanece mentalmente útil… veja-se o Manoel de Oliveira com os seus 100 anos!
    o único realizador ainda ativo do tempo do cinema mudo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: