Israel e os seus pedidos pelo F-22A Raptor

Desde 2007 que se conhecem pedidos israelitas para a venda de aviões F-22A. O pedido israelita baseava-se na ameaça balística iraniana e na eminente actualização da força aérea síria, factores que desde então não esmoreceram. Desde então, a estas pressões os EUA têm respondido com ofertas do largamente inferior F-35… E esse de facto é o plano israelita que contempla a substituição de todos os atuais F-16 por F-35. Israel está a usar a seu favor o seu extenso e influente lobby, assim como os atrasos do F-35 e o disparar dos custos (200 milhões de dólares por avião) para reviver o negado pedido por aviões F-22. Assim, Israel junta-se à exclusiva lista de países que reclamam junto dos EUA por aquele que é ainda hoje o único aparelho de 5a geração do mundo.

Atualmente, os países que reclamam o F-22 parecem ter acordado em torno do acesso a uma versão de exportação – limitada – do avião, designada nalguns locais como F-22EX (“Ex” de “Exported”). A Administração Obama pode estar mais aberta a exportar o aparelho do que a autista Administração Bush, e sobretudo a imperativa necessidade de encerrar a linha de produção do Raptor em 2009 pode abrir novas possibilidades para os pedidos israelitas, japoneses, australianos e até (segundo algumas fontes) britânicos e sul coreanos. A haver entregas de aparelhos “EX”, estes seriam totalmente construídos nos EUA, reduzindo assim os riscos de perda de informação sensível e, sobretudo, essa decisão permitiria manter as linhas de produção dos aparelhos abertas durante pelo menos mais 3 anos.

A decisão de exportar os aviões para o Japão, a Austrália e Israel reforçaria os laços com aliados que constam na primeira linha contra a Coreia do Norte (Japão), em todas as guerras que os EUA travam no mundo (Austrália) e num apoio fundamental para os interesses dos EUA no Médio Oriente (Israel). O problema da venda do F-22 é que Israel manteve sempre relações demasiado estreitas com o regime comunista chinês. Partes dos Patriot foram-lhe vendidas, assim como planos do F-16, que foram rapidamente incorporados em novas armas chinesas que agora são re-exportadas e que estão na linha da frente em qualquer eventual conflito global contra os EUA. Esta relação tem irritado muita gente nos EUA, ao ponto de haver hoje quem defenda inclusivamente a exclusão de Israel do programa F-35!

Fonte:
http://www.defenseindustrydaily.com/israel-requesting-f22ex-fighters-03257/

Anúncios
Categories: DefenseNewsPt, Política Internacional | Etiquetas: , | 9 comentários

Navegação de artigos

9 thoughts on “Israel e os seus pedidos pelo F-22A Raptor

  1. É bom que exportem p/ israel, japão, Coreia do sul e australia,já tem tres projetos deslanchando,morosamente, assim seram os mesmos apressados, dando ao BRASIL a vantagem da escolha do melhor entre eles…É saibam que a Rússia term olhos e ouvidos dentro do “MOSSAD”, dentro do MI 6, e possivelmente dentro da China; já li sobre essa possibilidade. Que os ianks façam isso logo; só teremos a ganhar.

  2. Quando esse caça for vandido aos “aliados ” dos ianks, os projetos dos Rússos,Chinese, sul coreanos é até jaspones, vão deslanchar, sairam das pranchetas . mt melhor p o BRASIL que terá + opção entre o melhor projeto, (deverá ser os do Rússos , como sempre ), é então fazer uma parceria e/ou compras…. Ótimo.

  3. spertnez

    O argumento de Israel para poder comprar o F-22 é a modernização da Força Aérea da Síria, engraçado que ao mesmo tempo Israel faz pressão para os sirios não receberem nada! A recente venda de Mig-31E foi cancelada! Lutar contra Mig-21, Mig-23 e versões antigas do Mig-29 não precisa de F-22.
    Além do mais, para matar mais civis palestinos o F-16 esta de bom tamanho! 🙂

    http://gustasou.blogspot.com/2009/05/osirak-o-retorno.html

  4. os sirios estão falidos… são dos países que mais sofreu com a presente recessão e se já antes mal podiam pagar os MiG-31 que se pensou que fossem receber, agora então, é que não são ameaça nenhuma.
    O F-16 é muito capaz para missões ar-solo, de facto. É até dos melhores aviões nessa classe de missões e perfeitamente adequado para alinhar (graças ao treino dos pilotos e aos mísseis embarcados) qualquer FA árabe da região.

  5. + tudo levar a crer q o f 22 terá de ser vendido a paises “amigos” dos ianks…se ñ vai parar a produção do mesmo,é para matar e assassinar crianças ,mulheres palestinas…eles estão mt bem e bons nisso, pura shoah.Quem será por nós?

  6. Os israelanses querem os f 22 para passarem pelo espaço aereo dos paises arabes é destruir usinas tidas poe eles como supeitas , estão sendo treinados,e teram por emprestimso 10/15 pilotados pelos sionistas, sabe nê, se derrubados é problema dos israelenses , em especial no Irão em diversas frentes de ataque noturno. Opremio srá os ianhs ñ aprovarem à agêncencia da ONU p energia atômica denunciar as bombas atômicas de israel…Eles fizeram o trabalho “sujo” p o ianks, um dos interessados em por ponto final no programa nuclear Iraniano.É no fim todos ficam felizes…+ será realmente um final feliz? Quem viver verá.

  7. não os terão… a única hipótese era os EUA manterem a linha de produção aberta para vender a aliados, com esta encerrada, essa opção dançou e o SE tem um novo cliente potencial…

  8. ao que parece esse pedido não será atendido não é mesmo Clavis

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: