A Coreia do Sul vai desenvolver uma variante de ataque do T-50

O governo da Coreia do Sul anunciou a assinatura de um contrato com a Korea Aerospace Industries (KAI) para o desenvolvimento de uma variante de ataque ligeiro do avião de treino T-50 Golden Eagle. O contrato foi avaliado em 305 milhões de dólares e será ao seu abrigo que a KAI vai transformar quatro protótipos existentes de T-50 nessas novas variantes, designada como FA-50.

A produção da nova variante do T-50 deverá começar em 2013 devendo ser adquiridos pela Coreia do Sul cerca de 60 aparelhos, havendo a expectativa de que sejam comprados um total de 150 aparelhos para substituir os envelhecidos A-37, F-4, e F-5. À semelhança da Bolívia, a Coreia optar por adquirir um grande número de aviões de ataque ligeiro, em vez de apostar apenas em aviões de “primeira linha”. A aposta pode ser interessante, porque hoje em dia os países com as melhores forças aéreas do mundo (como os EUA e o Reino Unido) estão a ter dificuldades em manter números suficientes de aviões operacionais dos tipos mais avançados e caros. Talvez a abordagem coreana seja assim a mais correta: complementar para missões mais básicas (ataque e intercepção a curta distancia) aviões mais simples, mas numerosos e económicos com aviões de 4ª ou 5ª geração em menor número em missões de superioridade aérea ou de penetração de longa distância como o F-15K ou o KFX, um projeto indígena de 5a geração semelhante ao F-22 e a desenvolver em parceria com a Boeing.

Fonte:
Air Forces Monthly, março de 2009
http://www.aeroflight.co.uk/types/korea/kai/t-50/T-50.htm

Anúncios
Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: , | 3 comentários

Navegação de artigos

3 thoughts on “A Coreia do Sul vai desenvolver uma variante de ataque do T-50

  1. Uma boa maneira de sair da dependência iank, uma plataforma nativa, um exemplo ao BRASIL….avante.

  2. Espero que o Brasil siga esse exemplo, a dependência de componentes americanos, nos custo uma venda de super tucanos a Venezuela, isso foi bom para os Estados Unidos não para o Brasil,

  3. há agora rumores que os EUA poderiam comprar eles próprios mais de 100 super tucanos… essa venda compensaria essa perda.
    mas fica o (justo) ressentimento, claro!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: