A sonda Cassini ativa os seus motores de reserva

A sonda da NASA Cassini foi forçada a recusar ao sistema de propulsão de reserva. Já há algum tempo que os engenheiros de missão da NASA observavam uma sensível degradação do desempenho dos motores principais, em funcionamento contínuo desde 1997 até aos dias de hoje.

A Cassini realizou varias descobertas importantes no sistema de luas de Saturno e, sobretudo, enviou a sonda europeia Huygens até à misteriosa lua de Titã

Os propulsores principais da Cassini foram utilizados para correcções de rota e mudanças de atitude. Os motores de reserva agora ativados são – como os principais – em numero de oito e já foram ativados uma outra vez, durante a longa vida de onze anos da sonda. A sonda Cassini foi concebida para ter praticamente todos os sistemas redundantes, já que a estas distâncias… Não há estações de serviço disponíveis. Pelo menos sem homenzinhos verdes.

Concebida para uma missão que devia demorar apenas 4 anos, a sonda está hoje naquilo a que designa de “modo estendido” havendo planos para a manter ativa até pelo menos 2017, a custo anual de perto de 80 milhões de dólares.

Fonte:
http://www.space.com/missionlaunches/090312-cassini-backup-thrusters.html

Categories: Ciência e Tecnologia, SpaceNewsPt | Etiquetas: , | 3 comentários

Navegação de artigos

3 thoughts on “A sonda Cassini ativa os seus motores de reserva

  1. Otus scops

    parabéns a voçê,
    nesta data querida…

    http://saturn.jpl.nasa.gov/photos/imagedetails/index.cfm?imageId=3533

  2. Otus scops

    já tinha reparado, mas no recente restyling do Quintus desapareceu a janela do motor de busca.

  3. sim! já a relinkei. Obrigado, Otus!
    (era para a Cassini, que a querias, hem?)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: