Prosseguem as entregas de aviões Sukhoi à Indonésia

(Um Sukhoi SU-27 SKM idêntico aos fornecidos à Indonésia)

Mais dois aviões Sukhoi SU-30 MK2 foram entregues pela Rússia à força aérea indonésia em dezembro de 2008. Os aviões enquadram-se num “memorado de entendimento” anunciado em agosto de 2007 e que previa a entrega pela Sukhoi à Indonésia de três SU-30MK23 e de outros três SU-27 SKMs. Tudo se atrasou, contudo, quando a Indonésia teve dificuldade em financiar estes aviões tendo sido a aquisição congelada até novembro do ano passado, altura em que finalmente os recursos financeiros necessários foram libertados.

Ainda que seja um numero reduzido de aparelhos, o facto deles existirem e de estarem mesmo às portas da Austrália causa aqui algum nervosismo… O tipo de avião é superior aos melhores aviões australianos (se bem operado e se possuir um bom apoio de terra, o que é duvidoso), e vem desequilibrar o equilíbrio regional e reforçar as críticas daqueles que se irritam com os EUA por estes ser recusarem a exportar o F-22A Raptor.

Fonte:
Air Forces Monthly, março de 2009

Categories: DefenseNewsPt, Política Internacional | Etiquetas: | 12 comentários

Navegação de artigos

12 thoughts on “Prosseguem as entregas de aviões Sukhoi à Indonésia

  1. Fico mt feliz com as criticas aos ianks, sinda + quando as mesmas procedem. Eles tratam os seus aliados ,no caso da australia, cumplice no assassinatos dos irakianos, aos pontapes.A boing esta realmente afim de destruir os concorrentes do FX 2, otimizou com tenológia furtiva o f 15
    selent eagle..vai até financiar, sem repasse de tecnológia , e puro desespero , eles sabem que a FAB vai reavaliar o Twerrível SU 35 dos Rússos, com certeza os vencedores .P/ ontem.

  2. sim, há esse aspeto… a reentrada (?) do SU.35 russo vai elevar a parada e levar todos os demais concorrentes a reforçar a oferta…

  3. Só que a boing está querendo vender sem repassar a tecnológia .E se os Rússos estão no FX 2 e pq aceitaram repassar conhecimento sensível a nós BRASUCAS, e esse é o maior > ponto p eles levar; ganhar o FX 2, p/ ontem.

  4. sim, esse sempre foio ponto essencial… a transferência de tecnologia. mas não é o único, a fiabilidade e o custo de manutenção são também aspetos importantes e não devem ser ofuscados pelo primeiro ponto!

  5. Fred

    Vejam o fx 2 continua tudo como dantes, no país de abrantes,

    Quem está concorrendo são o F 18 SH (o super vespão), o Gripen Sueco de nova geração ( o Grifão) e o Rafele F3 (o vendaval).

    Os outros são os outros. Palavras ao vento e nada mais. 🙂

  6. Tudo bem, + vem aí o SU 34…vai começar outra história, no FX2. Quem viver verá.

  7. fred:
    ok! era o que me parecia…

  8. Luís Fernando

    O Silent Eagle é um caça que, se provada sua funcionalidade, seria algo mais a se pensar…
    O problema dos estadunidenses não está em serem desclassificados pela FAB no que respeita ao repasse de tecnologia, eles tem cacife para fazer uma daquelas propostas irrecusáveis, inclusive com produtos e mais produtos outros necessários à implementação do END… (lembram-se da montagem das 3 esquadras ou frotas se preferirem?)
    Querem se livrar da dependência Venezoelana, e, de quebra manter o Brasil como uma espécie de Gendarme regional.
    Embora o caça russo seja excepcional, melhor que os dos states, no quesito lobby e cacife não há como competir com os EUA, ainda que com o Super Hornet.
    Se depender única e exclusivamente da FAB a história é outra…

  9. Pegasus

    Realmente, o fator politico deve resolver essa briga…alias, como sempre.
    A disputa esta com os americanos e franceses.

  10. Luís:
    Mas continua a ser – como o SH – uma atualização de um avião em fim de vida… Para os EUA, pode até ser interessante, já que pode ser construído em maiores números que os f-35 e f-22 e assim repôr os números de aviões que a USAF vai perder nos próximos 10-30 anos…
    mas servir de esteio de uma FA com ambições continentais?
    não me parece que fosse boa opção..

    Pegasus:
    As notícias continuam a dar o favorotismo aos franceses… se bem que com o peso da Boeing e a influência dos EUA… tudo é possível!

  11. O diabo é que aqui vivem muitos piolhos…e pode até dar SH, a o acordo com os francos? vai pro ralo? eles, os francos, estão juntoa e misturado com os inaks, e podem ser sacanas ,nós ñ temos de honrar nossos cpmpromissos,SU35 e os rafales ..p/ontem.

  12. ..nós ñ podemos, temos de honrar nossos compromissos…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: