Daily Archives: 2009/03/13

Brasil quer lugar permanente no Conselho de Segurança da ONU

.
A reivindicação brasileira a um lugar permanente no Conselho de Segurança da ONU deverá ser abordada no encontro dos Presidentes Lula da Silva e Barack Obama, no próximo sábado, mas não é previsível o anúncio do apoio concreto dos Estados Unidos.
Esta é a avaliação de especialistas em Relações Internacionais e diplomatas dos dois países contactados pela agência Lusa.

“Isso não está na agenda dos Estados Unidos, onde a grande prioridade agora é sair do buraco financeiro. Se os Estados Unidos não conseguirem sair da crise, será o caos, a moratória mundial”, afirmou o analista Leonardo Barreto.

Na avaliação deste professor da Universidade de Brasília (UnB), além da crise, a outra prioridade do Governo Obama é resolver os problemas deixados pelas guerras do Iraque e do Afeganistão.

“Não há interesse no Brasil, embora os biocombustíveis possam ser uma possibilidade de parceria concreta entre os dois países. A Alca (Área de Livre Comércio das Américas) explodiu com os acordos paralelos entre os Estados Unidos e alguns países da região”, referiu.

Para outro analista político, o norte-americano naturalizado brasileiro David Fleischer, da UnB, o interesse brasileiro no Conselho de Segurança da ONU deve ser abordado no encontro entre Lula e Obama, mas “a portas fechadas”.

“Provavelmente nada de concreto sairá sobre isto na declaração final, ainda que o documento deva reconhecer o peso do Brasil na América Latina e no mundo”, afirmou Fleischer à Lusa.

Em sua opinião, o caminho é a reforma da ONU, no que Obama “pode dar um empurrão”, mas não agora.

Fonte da embaixada norte-americana em Brasília, ainda liderada pelo embaixador Clifford Sobel, ex-dirigente do Partido Republicano e apontado com um importante doador da campanha de George W.Bush, também concorda que não deverá haver qualquer alusão ao tema no documento final do encontro dos dois presidentes.

“O tema é ainda muito espinhoso”, aludiu, lembrando que, além da Índia, o Japão e a Alemanha também reivindicam um assento permanente no órgão.

A diplomacia brasileira, entretanto, tem agido activamente e demonstrado o seu novo papel de “player global”.

Segundo o Itamaraty, o Governo Lula da Silva criou 35 novas embaixadas desde 2003, a maioria delas na África, o que revela um reforço de sua presença no cenário internacional.

O Brasil também lidera, desde 2004, a Missão de Estabilização da ONU para o Haiti, com um contingente de 1.300 militares.

O país colocou-se ainda na liderança dos países emergentes nas negociações no âmbito da Ronda de Doha da Organização Mundial do Comércio (OMC) e está a coordenar posições com outros países no âmbito do G-20 Financeiro (grupo de países mais desenvolvidos do mundo e os emergentes) para buscar soluções para a crise mundial.

O Brasil tornou-se até mesmo um doador para a reconstrução da Faixa de Gaza, sendo considerado como o único país da América Latina a ter peso suficiente para entrar nesta complexa questão do Médio Oriente.

Se a pretensão do Brasil de obter um lugar permanente no Conselho de Segurança era manifestada de forma discreta no Governo do ex-Presidente Fernando Henrique Cardoso, nesta administração, o desejo é claro e já tem o apoio de vários países, entre eles França e Portugal.

Actualmente, o Conselho de Segurança da ONU conta com 15 membros, dos quais apenas cinco são permanentes – China, Estados Unidos, França, Reino Unido e Rússia.

Tomar parte nesse conselho de forma permanente significa ter mais poder e participar das decisões mais relevantes no âmbito internacional.

Diário Digital / Lusa

Categories: Brasil | Deixe um comentário

A Argélia devolve por serem de “qualidade inferior” todos os MiG-29 SMT e UBT comprados à Rússia

O governo russo confirmou que o seu país irá adquirir os 29 MiG-29SMT e os 6 MiG-29UBT que a Argélia recusou em 2008. Inicialmente, 15 aparelhos chegaram a ser entregues, mas em maio de 2007, este país do norte de África recusou receber os restantes aparelhos, congelou todos os pagamentos estipulados no contrato assinado em outubro de 2007 alegando que os aviões eram de “qualidade inferior”.

Os 15 MiG já regressaram à Rússia (desde abril de 2008) e estão prestes a entrar ao serviço da força aérea russa, tendo esta pago apenas 645 milhões de dólares pelos aviões. Aparentemente, faltam alguns componentes dos aparelhos – removidos pelos argelinos antes da devolução, aparentemente para reutilização noutros aviões da sua frota – e terá sido a falta destes, não a sua baixa qualidade, que esteve na base desta demora da entrada ao serviço na força aérea russa. duas coisas, contudo, decorrem como certas deste contrato… As dificuldades técnicas da MiG (gravíssimas, se os aparelhos tinham mesmo problemas de qualidade, como alegam os argelinos), o estrangulamento financeiro crónico da empresa (que obrigou o governo russo a comprar os aviões devolvidos) são cada vez mais patentes e este episódio pode ter selado o destino da empresa… Que dificilmente sobreviverá se perder o concurso indiano, a não ser que seja salva In Extremis pela fusão com a Sukhoi que aqui já noticiámos.

Fonte:

Air Forces Monthly, março de 2009

Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: , , | 11 comentários

Quids S15: Que instalações são estas?

dddd3rj

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 6:00 e as 10:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30). Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 50 pontos.

6. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S15 | 12 comentários

Um terço das armas das forças de segurança afegãs estão nas mãos dos talibãs

Pelos menos estas não devem chega aos Talibã... em http://www.defenselink.mil

Pelos menos estas não devem chegar aos Talibã... em http://www.defenselink.mil

Um estudo de uma organização independente demonstrou que uma parcela muito significativa de todas as armas entregues ao exército e polícia afegãos acaba de facto, nas mãos dos Talibãs.

O gabinete governamental dos EUA intitulado “Government Accountability Office” reconheceu que 242 mil armas ligeiras foram entregues a forças afegãs entre 2004 e 2008. O mesmo gabinete admitiu que desconhece o paradeiro atual de perto de um terço dessas armas e que devido à falta de pessoal, só recentemente passou a anotar o número de série dessas armas, assim como o seu destino após o momento da entrega. Outros estudos concluem que praticamente todas as armas de policias e soldados governamentais abatidos pelas forças Talibãs desaparecem e raramente são retomadas, quer porque os seus familiares e colegas as revendem no mercado negro, quer porque são capturadas pelos islamitas radicais e tendo em conta as elevadas baixas das forças governamentais (que nalgumas regiões correspondem a 20% dos efetivos) isso quer dizer que há mesmo muitas armas doadas pelo Ocidente nas forças Talibãs… E que, paradoxalmente, um dos maiores fornecedores de armamento aos Talibãs são, além de corruptos oficiais chineses e simpatizantes fundamentalistas no Paquistão… Países Ocidentais.

Fonte:
http://www.cbsnews.com/stories/2009/02/11/world/main4795172.shtml?source=search_story

Categories: DefenseNewsPt, Política Internacional | Etiquetas: | 15 comentários

UM FILME FEITO POR UM HOMEM

Estreou hoje.

Vale a pena ver.

Depois não digam que não vos avisei.

Bravo, Clint!

Categories: Cinema | Deixe um comentário

Espécies de Revolução

“Há, talvez, duas espécies de revolução: uma é a de mudar o mundo, como tanto tem sido tentado, sempre com resultados muito aquém das levantadas esperanças, a outra a de mudar cada pessoa, já que as perspectivas da transformação oposta ou parecem muito exageradas, muito desmentidas pelos resultados no quotidiano, ou envolvem tais dificuldades ou tais riscos, mesmo vitoriosas, e sobretudo quando vitoriosas, que parece melhor tentar a alternativa. É isso o que diríamos da revolução pessoal que tem, no Ocidente, os exemplos de São Paulo ou São Francisco, no Oriente, e por exemplo também, o caso de Buda e de, quase em nosso tempo, Ramakrishna, que experimentou as três vias do hinduísmo, do cristianismo e do islão, nelas três atingindo suas metas. Quem sabe se não haveria ainda que trilhar novo caminho: o de, tomando toda a simplicidade, todo o despojamento, toda a disciplina, toda a dedicação do que foi citado – e bem sabendo de nossas inferioridades e limitações – ninguém se retirar do mundo, como muitos deles fizeram, ninguém se recolher a convento algum, mas no século permanecer, com bom humor, paciência, entusiasmo, fé no triunfo e absoluta confiança nas qualidades do homem, quaisquer que sejam as aparências. Combater sem agressividade, esperar sem se tornar passivo, acreditar haver saída para tudo, conservar-se na marcha geral, embora escolhendo o seu próprio caminho e jamais esquecendo seu rumo, abertos sempre a novas ideias e acolhedores de todos os estimulos. Sem internas quebras, navegar o que parece impossivel, sem desânimo, adiantar a tarefa sem temer o paradoxo, dar toda a eternidade à corrida do tempo, sem pressa nunca cessando a marcha. E ver em todos os companheiros não um grupo que se seguia, o que logo faz surgir hierarquias, mas o nosso amparo, o nosso incitamento: Mestres, afinal, não discípulos”

Categories: Agostinho da Silva | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade