Daily Archives: 2009/02/19

Mais alguns excertos…

VIDA DE MIGUEL ÂNGELO
Ed. do Autor, 1942.

– seremos animais, se pararmos no esforço de ser deuses; mais vale o sofrimento, a angústia mil vezes renovada, do que o automatismo, a inconsciência, a bruta natureza das pedras e dos bichos
– Nada importa lutar se tem de se lutar; mesmo que se não quisesse fazê-lo, impulsos interiores que existem em todos os homens impeli-los­-iam para a acção; no pessimismo de Miguel Ângelo não entram nenhumas possibilidades de penetrarmos, pelo menos ainda vivos, na insensibilidade, no repouso absoluto; e a melhor acção será, natural­mente, a que se exerce para tentar dar corpo a esse ideal de uma huma­nidade que sofra menos ou que saiba sequer transferir o sofrimento do plano em que ele não tem interesse ou é evitável, o plano social, para o plano dos espíritos, onde será para sempre impossível apagá-lo

– a inde­pendência de alma de Miguel Ângelo, a consciência do que vale, um sentimento indomável de dignidade humana — por isso se quer bom, por isso se quer puro — uma radicada oposição a tudo que possa levar homens à posição de animais, afastando-os de Deus
– O forte individualismo de Miguel Ângelo, baseado numa inteligên­cia superior, numa grande penetração psicológica e no seu gosto da soli­dão, levavam-no a não pertencer a nenhum partido; não havia nenhum credo, nem o da Igreja, que aceitasse completo
– O que importa, porém, para Miguel Ângelo, o que vale como um valor de eternidade não é a incompreensão dos homens, a resolução que os leva a tomar a sua inteligência reduzida, quantas vezes, porventura, o desespero em que andam mergulhados e que, não se lhes revelando à plena luz da consciência, ou não encontrando campo suficiente nas almas restritas, se manifesta pela má vontade, pela perpétua irritação, pelo malévolo ataque a todos que aparecem como espíritos superiores

Categories: Agostinho da Silva, Miguel Ângelo | Deixe um comentário

Sobre as causas da colisão entre os dois submarinos nucleares: “HMS Vanguard” e “Le Triomphant”

Le Triomphant in http://www.nti.org

Le Triomphant in http://www.nti.org

Soube-se agora que dois submarinos nucleares, um francês e outro britânico, chocaram algures no oceano Atlântico. O “acidente” terá tido lugar no começo do mês de fevereiro e envolveu os submarinos “HMS Vanguard” e o “Le Triomphant”. Segundo fontes militares, os dois submarinos carregariam o seu armamento nuclear normal e estariam em patrulha no Atlântico quando ocorreu a colisão que por ter ocorrido a baixa velocidade, provocou apenas danos ligeiros.

Não terá havido feridos nem danos no armamento ou na propulsão nuclear dos dois navios. Os sonares terão ficado danificados, sabendo-se que o submarino francês regressou à sua base escoltado por uma fragata. O submarino britânico parece ter ficado em pior estado, tendo sido rebocado até à sua base com sinais evidentes de danos no casco.

Segundo a Royal Navy – ligeiramente mais informativa – a colisão teria ocorrido quando o seu submarino estava em “patrulhas nacionais de rotina”.

A colisão é estranha. Estranha porque ambos os países fazem parte da NATO e ainda que a sua operação seja secreta e, sobretudo, a sua localização exata, existem protocolos que impedem que estes navios se aproximem demasiado e algo, na sua aplicação, correu mesmo muito mal… Ambos os navios possuem também dos sonares mais sofisticados do mundo, mas sendo navios tão furtivos, estes podem não ter sido suficientes para detectar o seu parceiro, especialmente se ambos os navios navegavam em modo “furtivo” como indica a baixa velocidade da colisão. Todos estes factos apontam para que os dois navios estavam a jogar um perigoso “jogo do gato e do rato”, numa provocação que parece ter ocorrido perto (ou no limite) das aguas territoriais britânicas, como indica a lacónica declaração britânica e que reflete que a velha rivalidade naval entre britânicos e franceses está ainda hoje muito longe de ter ido ao fundo em Trafalgar…

É uma sorte para todos nós que nada de mais grave tenha acontecido. Alguma mais velocidade – em qualquer dos dois navios – podia ter provocado uma catástrofe nuclear única, tal é a carga nuclear dos dois navios. A perda dos dois navios seria também uma redução dramática da capacidade das duas marinhas, tendo o Reino Unido apenas quatro submarinos nucleares. Para a França, a situação de perda do Le Triomphant seria ainda mais grave.

Fontes:

Bbc.co.uk
Euronews – 2009

Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: , | 4 comentários

Quids S15: A que organização pertencem estes homens uniformizados?

ddddd341

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 6:00 e as 10:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30). Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 50 pontos.

6. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S15 | 15 comentários

Metano: Prova da vida em Marte ou… os extraterrestres também evacuam?


(O planeta Marte in http://features.csmonitor.com)

A NASA anunciou ter descoberto no planeta Marte grandes quantidades de metano, em quantidades tais que a possibilidade de ser o produto de atividade biológica é muito elevada. As 19 mil toneladas de metano foram libertadas da superfície no final do verão de 2003. Três anos depois, todo este metano tinha desaparecido, por efeito da luz solar (que o decompõe) e confirmando que existe algures no solo uma importante fonte de emissões do gás. No planeta Terra, o metano provém sobretudo da atividade de animais e da decomposição bacteriana de animais e plantas. Os vulcões são outra fonte, ainda que de muito menor escala. Ora como em Marte não existem vulcões conhecidos e em atividade suficientes, o gás só poderá estar a ser produzido por fontes biológicas.

A fonte mais provável deste metano é a presença de grandes colónias de micróbios no subsolo do pólo norte marciano, onde resistem melhor à falta de uma atmosfera protectora e à radiação solar.

Embora existam atualmente duas sondas norte-americanas e uma europeia girando em torno do Planeta Vermelho, a descoberta foi feita a partir da Terra através do uso dos telescópios gigantes no Hawai, mas em 2004, a zona europeia Mars Express já tinha identificado vestígios de metano em Marte, numa quantidade muito inferior e sem a concentração agora detectada, mas a descoberta atual é a prova isolada mais importante até agora encontrada da existência de pequenos (minúsculos, aliás) “homens verdes” em Marte…

Fontes:

http://www.foxnews.com/story/0,2933,479997,00.html
http://news.bbc.co.uk/2/hi/science/nature/7829315.stm

Categories: Ciência e Tecnologia, SpaceNewsPt | Etiquetas: , | 11 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade