A Cândida (SIC) Cândida Almeida, Freeport, Sócrates e o… SIS

//ultimahora.publico.clix.pt)

(Cândida Almeida in http://ultimahora.publico.clix.pt)

A Procuradora Cândida Almeida é o rosto mais visível de uma Procuradoria que no caso Freeport-Sócrates tem demonstrado um desempenho atroz – na melhor das hipóteses – ou um laxismo que contribui para afundar ainda mais a já degradada imagem da corporação judicial em Portugal.

A Procuradora anda enredada numa súbita voracidade mediática que a parece embriagar, multiplicando as aparições televisivas e radiofónicas a um exagero tal que Pinto Monteiro teve que intervir para a conter. O processo que conduz deixa transpirar detalhes da investigação em curso praticamente todos os dias com tanta frequência que alguns até já suspeitam da sua intencionalidade, com objetivos políticos (sendo neste caso Freeport gritante o silêncio do PSD) ou pior ainda, com objetivos vindicativos enquadrando-se na guerrilha surda entre magistrados e governo ainda a propósito do fim das “férias judiciais”.

Mais recentemente, soube-se dos indícios de que o SIS estaria a escutar conversações telefónicas e a espiar os computadores dos magistrados a trabalhar no caso Freeport. Pouco depois, chegava aos jornais a indicação de que os ingleses teriam confirmado de que os quatro milhões de libras em falta nunca teriam deixado solo britânico e que, logo, não teria havido dinheiro para corromper Sócrates e, ipsum factum, este não seria corrupto. A oportuna aparição desta notícia “injetada” nos Media é intrigante… Terá origem nestas escutas do SIS? De qualquer forma, nunca acreditei que Sócrates fosse efetivamente corrupto. É um homem imensamente ambicioso e inteligente. Pode ter favorecido aqui e acolá os turvos interesses do seu tio ou ajudado a mãe a ter comprado uma casa furtando-se ao pagamento de Sisa. É também praticamente certo que magicou habilmente o título de “engenheiro” e que assinou projetos de casas que nunca desenhou. Mas ter recebido avultadas quantias quando era um jovem ministro em ascensão e quando já se falava no seu nome para suceder a Guterres? Parece-me extremamente improvável dado o tamanho da sua ambição e a sua reconhecida inteligência… É que é possível fingir que se é engenheiro por uns tempos, mas quatro milhões de libras não desaparecem assim de um momento para o outro.

Categories: Justiça, Política Nacional, Portugal | Etiquetas: | 7 comentários

Navegação de artigos

7 thoughts on “A Cândida (SIC) Cândida Almeida, Freeport, Sócrates e o… SIS

  1. pedronunesnomundo

    Sim, sim e sim

    sim, é estranho o papel de Cândida Almeida
    (principalmente se não nos esquecermos de que foi ela que “investigou” os favores da licenciatura do sr. “engenheiro” e de que o processo Freepóre estava na mão de outra procuradora, até ela o ter feito chegar a si)

    sim, é gritante o silêncio cobarde de uma oposição que acha que para não ser apelidado de “assassina do carácter” do PM opta por calar-se
    quando é claro que não era preciso acusá-lo de receber dinheiro vivo na mão para chamá-lo trafulha, para o achar indigno do cargo e para exigir que desse lugar a outro (idiota parecido)

    sim, acho que apostar na culpa provada do “Engenheiro” é uma engonhice
    já lhe chamei “Caça ao Estúpido”. ninguém assume uma posição a partir das evidências, todos estão à espera que a “Justiça” se pronuncie – e se não se pronunciar, tudo bem, amigos como dantes

    dói um bocado andar a pregar no deserto, não dói, CP?…

  2. Deltóide Latejante

    Caro CL:

    Gostei particularmente do «nunca acreditei que Sócrates fosse efetivamente corrupto (mas) (1) Pode ter favorecido aqui e acolá os turvos interesses do seu tio (2) ajudado a mãe a ter comprado uma casa furtando-se ao pagamento de Sisa (3) É também praticamente certo que magicou habilmente o título de “engenheiro” (4) que assinou projetos de casas que nunca desenhou». Como diria um amigo meu: ónix, que o rapaz tem um curriculum… Se o homem é “honesto”, eu sou candidato a canonização! Em Portugal temos um ditado de reza que «quem faz um cesto, faz um cento».

    Não vejo porque seja incompatível o homem ser ambicioso e inteligente, e ser corrupto. Ambição e inteligênciaduas são qualidades que sempre foram atribuídas, por exemplo, a Oliveira e Costa, esse político modelo. Ambição e inteligência (soberba), são duas qualidades indispensáveis num corrupto que se acha impune – diria mesmo: duas qualidades indispensáveis.

    Quanto ao processo em si, a Procuradora já mostrou bem no que irá desembocar esta salganhada… luta de lama, sem investigação.

    Pergunto: neste país, a única pessoa que «investiga» é a Felícia Cabrita?

  3. Pedro:
    “sim, é estranho o papel de Cândida Almeida
    (principalmente se não nos esquecermos de que foi ela que “investigou” os favores da licenciatura do sr. “engenheiro” e de que o processo Freepóre estava na mão de outra procuradora, até ela o ter feito chegar a si)”
    -> Não sabia… Um detalhe interessante e que deve ser tudo menos pura coincidência…

    “sim, é gritante o silêncio cobarde de uma oposição que acha que para não ser apelidado de “assassina do carácter” do PM opta por calar-se
    quando é claro que não era preciso acusá-lo de receber dinheiro vivo na mão para chamá-lo trafulha, para o achar indigno do cargo e para exigir que desse lugar a outro (idiota parecido)”
    -> Nem percebo esta atitude do PSD. Será que têm culpas no cartório, por ter sido seu o governo que confirmou por fim a construção do freeport naquele local? estarão reféns de casos semelhantes em investigação e querem controlar danos? será mera inépcia de Ferreira Leite em capitalizar este caso.

    “sim, acho que apostar na culpa provada do “Engenheiro” é uma engonhice já lhe chamei “Caça ao Estúpido”. ninguém assume uma posição a partir das evidências, todos estão à espera que a “Justiça” se pronuncie – e se não se pronunciar, tudo bem, amigos como dantes
    dói um bocado andar a pregar no deserto, não dói, CP?…”
    -> Podes crer…

    Deltóide:
    “Caro CL:
    Gostei particularmente do «nunca acreditei que Sócrates fosse efetivamente corrupto (mas) (1) Pode ter favorecido aqui e acolá os turvos interesses do seu tio (2) ajudado a mãe a ter comprado uma casa furtando-se ao pagamento de Sisa (3) É também praticamente certo que magicou habilmente o título de “engenheiro” (4) que assinou projetos de casas que nunca desenhou». Como diria um amigo meu: ónix, que o rapaz tem um curriculum… Se o homem é “honesto”, eu sou candidato a canonização! Em Portugal temos um ditado de reza que «quem faz um cesto, faz um cento».”
    -> Sim, tudo indica que é um “espero”, mas como digo corrupto… acredito quando as provas forem cabais. Repito que o tipo é absolutamente obcecado pelo controlo e pelo exercício do poder e esta é a chave para compreender toda a sua personalidade. A marosca do curso, as assinaturas de projetos de amigos, as “ajudas” ao tio e à mãe, tudo se insere nesse quadro. Mas é também um tipo inteligente (basta ver as suas prestações parlamentares) e saberia que nesta escala seria apanhado cedo ou tarde!

    “Pergunto: neste país, a única pessoa que «investiga» é a Felícia Cabrita?”
    -> Nem ela… tirem-lhe os informadores e nem ela investiga. Simplesmente é muito conhecida e as pessoas que têm algo para “entalar alguém” procuram-na sempre pelo nome que o caso Casa Pia tornou famoso.

  4. Bokaido

    Parece que cada “caso”/investigação que surge no nosso país só serve para desacreditar as instituições e as pessoas que deviam trabalhar para impor a Justiça.

    O desempenho da Procuradoria inspira ao mesmo tempo o riso e a tristeza, já ninguém os consegue levar a sério e no fim, acaba sempre por não se chegar a lado nenhum.

    Não consigo compreender as constantes fugas de informação, será que não há quem ponha mão naquela gente??

    Quanto ao PM, é um político “esperto” e ambicioso, a caminho da sua – cada vez mais provável – 2ª maioria.. Este caso só lhe vai trazer ainda mais votos. Bem, não tantos quantos aqueles que resultam da miséria que é o PSD..

  5. as fugas neste caso são tantas que alguns começam a questionar se não virão dos níveis mais altos da procuradoria… e quais serão os seus propósitos.
    neste contexto, esta embriaguez mediática da procuradora, é, p.ex., muito inadequado.
    Duvido que o Freeport traga votos a Sócrates… pelo menos nunca tantos como os que a gestão de Ferreira Leite no PSD.

  6. Daniel

    Fui reparar nisso só agora, o Socratés é igual a um William Bonner de cabelo grisalho.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

%d bloggers like this: