O governo russo confirma: o PAK-FA (T-50) vai voar ainda este ano

Finalmente, parece que o “Sukhoi PAK FA” (PAK-FA) (Perspektivnyi Aviatsionnyi Kompleks Frontovoi Aviatsyi ou “Promissor Sistema Aéreo para a Aviação de Linha de Frente”) o projeto de um caça de 5ª geração russo está a entrar na fase final… O projeto é conhecido internamente na Sukhoi como T-50, o que explica porque aparece ora sob essa designação, ora sob a designação “PAK-FA”. O avião, na Força Aérea Russa deverá substituir os remanescentes MiG-29 e SU-27 ainda em operação e sabe-se agora que terá construído o seu primeiro protótipo ainda neste ano de 2009. A informação foi fornecida por Viktor Khristenko, ministro da indústria e da energia da Federação Russa ainda em abril de 2008. Recentemente, o vice-primeiro ministro russo Sergei Ivanov repetiria a mesma data de 2009 em 21 de janeiro deste ano, mas deslocando-a agora para o final do ano. Desta forma se confirma a antecipação em um ano da data da construção do primeiro T-50/PAK-FA.

O primeiro protótipo está a ser construído na fábrica Sukhoi de Komsomolsk-on-Amur, situado no extremo oriente russo e deverá ser um monologar, ou seja, a versão russa do PAK-FA já que a sua versão indiana terá dois lugares, conforme requisito deste país asiático. Depois de construído, o protótipo será transportado até Zhukovsky, perto de Moscovo, onde será utilizado apenas em testes estáticos, no solo. Um segundo protótipo está também em construção em Komsomolsk-on-Amur, mas este capaz de voar, devendo realizar esse primeiro voo alguns meses depois dos primeiros estáticos do primeiro protótipo, mas ainda em 2009, confirmou também Ivanov.

A agencia Novosti afirmou que com o avanço destas datas seria provável que o avião entrasse ao serviço da força aérea russa ainda antes de 2015, citando Sergei Ivanov.

O chefe supremo da Força Aérea russa, Alexander Zelin reafirmou que o primeiro aparelho para testes estáticos estará terminado em agosto deste ano e que além deste e do outro protótipo de voo, há ainda um terceiro em avançado estado, sendo esta ultima informação completamente inédita.

O programa recebeu a promessa do governo russo de um bilião e meio de dólares até 2010, um valor que é claramente insuficiente e que se deve esgotar apenas na concepção e construção dos primeiros três protótipos (motores AL-41F, radares de phased array, materiais compósitos, etc).

O desenvolvimento do PAK-FA começou em outubro de 2007 com um acordo entre a Sukhoi russa e a Hindustan Aeronautics Limited (HAL) indiana.

Fontes:
http://warfare.ru/?linkid=2280&catid=255
http://www.india-defence.com/reports-4178
http://en.rian.ru/russia/20080403/102931062.html
http://en.wikipedia.org/wiki/Sukhoi_PAK_FA

Anúncios
Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: , , | 43 comentários

Navegação de artigos

43 thoughts on “O governo russo confirma: o PAK-FA (T-50) vai voar ainda este ano

  1. Carlos Reis

    Estou achando apressado o desenvolvimento deste caça e tenho grandes dúvidas quanto a sua qualidade e performance. Não me parece tão confiável quanto à família SU-30, que no meu ver, seu único problema é a garantia de peças pelos Russos.

  2. apressado, não sei… os começo deste programa foram lá nos finais da década de 90… agora se me disser que estes 3 protótipos estão a ser construídos à pressa, sob pressão governamental, isso sim, parece-me claro.
    Não parece é haver dinheiro para comprar sequer um esquadrão de PAK-FA, já que os 1,5 biliões se esgotarão totalmente nos desenvolviementos que terão que ser feitos! ou há rapidamente dotação orçamental, ou tão cedo não haverá do PAK-FA mais do que alguns protótipos!

  3. Pegasus

    Se esse avião pode ser um engodo para atrair investimento de paises que encham os olhos na expectativa de ter um avião que revalizaria com os caças f-22, mas se não for, fico pensando como os russos podem manter um projeto taõ escondido por tanto tempo, seria uma arte russa???
    Mas tambem me ocorre que durante a guerra dos balçãs, houve a queda de f-117 americanos e suas peças, estou falando da estrutura externa que o cobriam e que formam o grosso de sua invibilidade, teriam passado para a europa oriental, ou seja Russia, não preciso dizer q

  4. Pegasus

    …que obter uma amostra para analise de um material assim pouparia muito tempo e dinheiro em pesquisas e mesmo ligas metalicas usadas em seu interior não seria de conhecimento Russo.
    Para se ter uma ideia, se a China , Russia ou qualquer outro pais fornecesse ao Brasil um foguete com capacidade intercontinental, o Brasil se tornaria em poucos anos independente na sua industria aeroespacial, sem falar de um possivel emprego belico de tal arma, cujo os outros paises da america do sul estariam decadas atras.

  5. bem, a Índia já vai entrar com dinheiro… e outros se seguirão, não sendo ainda de excluir (p.ex.) a participação do Brasil no PAK-FA…
    SIm, na época constou que as peças do F-117 tinham sido imediatamente transferidas pelos sérvios para os seus aliados russos, que estariam muito interessados nos materiais furtivos ao radar desse aparelho…

  6. Carlos Reis

    Saudações. Acho muito improvável, quase impossível que o Brasil venha a participar do desenvolvimento do PAK-FA / T-50. O Brasil adquiriu 12 helicópteros Mi-35, politicagem (diplomacia) pura, pois como já disse não confio nos russos para fornecimento de peças e o Brasil também não (assim eu vejo). Foi um “agrado” pelo SU-35 não ter chegado na final do FX2. Mesmo assim os russos, de “pirraça” aumentaram os impostos sobre a carne brasileira. Daí se vê que não são nem um pouco confiáveis e são vingativos. Enfim ….. pelo mesmo motivo que o Brasil não comprará armas russas em grande escala para não criar clima ruim com os EUA, também não deverá entrar em projetos de armas.

  7. Uma sugunda vía para o BRASIL, fora ,ainda bem. dos ianks.Estranho;foi uma coisa assim mt rápida,será que já hvais esse projeto secretamente a tempos, ou um, hipótose: um SU 37 modificado com nvas turbinas russas, superpotentes e novoas aviônicos, pode ser, uma maquiágem aqui ,uma mexida acolá ! E eis o o projeto PAK FA virando realidade…ainda bem ,parece-me q perdemos de uma boa chance.

  8. sim, o PAK-FA seria um projeto de uma outra (e tremenda) escala… dificil de começar com uk país com o qual o Brasil tem historicamente poucas relações…
    mas o beneficio (em know-how) seria tremendo…

  9. Sr. clavis , os sinos desmontaram um avião radar ianks, os rússos e os próprio ianks espionam e fazem e fariam isso , se chances tivessem…toda é qualquer potência e inescrupulosa. exceto o BRASIL, os ianks nos mandam recados e os aceitamos, semos ( eu disse “semos” ) gente boa. Morremos por autosugestão.

  10. gaitero

    Creio que tem coisa nova vindo ai, acho que tem haver com novos fuzis russos para as FA Brasileiras.

  11. gaitero

    mas por enquanto é só especuilação.

  12. Fuzis Rússos na FAs? Ótimo..estamos precisando, e quanto ao Fuzil Brasuca…?+ o negocio é os caças do PAK FA T 50 Rússo, que vai dar mt dor de cabeça ao ianks…Podemos comprar alguns , srão bem + baratos que os ianks, é, por seu turno, aprendemos sua técnica..Espero que seje realmente verdade …Foi mt rápido a contrução desta plataforma, acho que exixtia esse projeto a mr tempo, falta era grana p/ diminuir os gastos..Temos um mercado alternativo. o negocio é ir as compras.

    fuzis

  13. Fred

    Credo Gaiteiro, Deus nos livre!!!!! Vai jogar praga em outro!!!!

    O abakan ? ??? 😮 !!!!!!!!!!

    Muito mais fácil a Tauros produzir o Tavor sob licença que o Brasil adotar o AN 94, se for verdade vou cair da cadeira!

  14. mas de que arma falam vocês?

  15. Concordo com o sr.fred. a tavor alem de + bonita e multiversatil, e produzida pela taurus…uma boa pedida.

  16. O Brasil já apresentou alguma proposta de compra de algum lote de caças furtivos Russos, com tranferência de tecnológia…? Alguém sabe alguma coisa a respeito…?

  17. não me parece, Carlos… o foco agora ainda é no F-X2…

  18. sim, o rafales só viram em 2010…e o produto Rússo, ao que parece em 2010, então dá pra faze a compra de “uns” , entendeu…até vir os caça dos francos( tremendos trairas os argentinos que o digam…)

  19. Pegasus

    Não sei não, com essa crise economica, estou vendo cada vez mais o adiamento dos novos caças brasileiros, porque se sair por agora, não deixarão de aparecer quem diga que, ao invés do governo estar investindo para manter e crir mais emprego, estara investindo em aviões como se houve uma guerra as nossas portas( mal sabem eles), é quase certo que este governo que temos hoje não vai comprar avião nenhum por um bom tempo, não vai correr o risco do seu populismo cair.

  20. o Brasil parece ainda imune á crise… Angola já vai sofrer, sendo 2009 o primeiro ano nos últimos dez em que o seu PIB não vai crescer, mas tudo indica que o Brasil se manterá num caminho sólido do crescimento, ainda que talvez a uma valor inferior dos últimos anos.
    E a FAB tem que ser renovada… urgentemente, dado o desleixo dos últimos 20 anos.

  21. Pegasus

    Acabamos ter um corte de 56% na verba de defesa, a resposta do fx-2 sera para o meio do ano e depois ficara para o final do ano e depois se ddecidira comprar alguma coisa usada como tapa buraco que se estendera e estendera, temos que admitir que o mundo entrou numa revolução e esta se ajeitando e ate la, esqueçam caças novos…ah, e a proposito, o Brasil não esta tão imune assim a crise, demissões em massa ja começaram e negociações em varias areas, abaixando carga horaria e diminuição de salarios, por hora, para tentar manter os empregos ate uma virada da economia.
    O Chavez ja não é mais ameaça por não ter o petroleo impulssionando suas ideias bolivarianas e quero ver se daqui a uns dias não vai pedir para adiar a entrega dos seus armamentos encomendados por falta de capital.
    Sera que alguem vai tomar uma atitude Hitlerista de aumentar a economia com fabricação de armas para ser utilizadas numa guerra para ocupar os desempregados, so tempo dira.

  22. também aí?
    nos EUA, está prestes a ser uma crise ainda mais grave que 1929… e o ano mal começou. logo, ainda vai piorar muito mais.
    estamos a viver não somente a maior recessão das nossas vidas, como provavelmente a maior de sempre, e a prova cabal da falta de solidez em que se baseavam os princípios da Globalização…

  23. Ronaldo

    Clavis,
    “mas de que arma falam vocês? ”

    TAVOR TAR 21 – Fuzil Israelense fabricado pela IWI.
    Licensiado para a brasileira TAURUS.

    Especificações:
    Tipo: Fuzil automático
    Miras: Miras abertas padrão, e trilho picatinny para montagem de miras reflexivas e lunetas.
    Peso: TAR-21: 3.27 Kg (vazio).CTAR-21: 3,18 Kg; MTAR-21: 2,95 Kg
    Sistema de operação: Bullpup gás com ferrolho rotativo
    Calibre: 5,56 X 45 mm (223 Remington)
    Comprimento Total: TAR-21: 72 cm; CTAR-21: 64 cm; MTAR-21: 59 cm.
    Comprimento do Cano: TAR-21: 18 polegadas. CTAR-21: 15 polegadas, MTAR-21: 13 polegadas
    Velocidade na Boca do Cano: 910 m/seg.
    Cadência de tiro: 900 tiros por minuto.

    Foto :

    Sds.

  24. ok…
    é uma arma digna de respeito…
    em formato bullpup, como é agora comum.

  25. Fred

    Mas, como sempre, muito cara!

    Pelo pouco que entendo nem o AN 94 abakan tem preço competitivo para a substituição do velho FAL.

  26. Luís Fernando

    Clávis, a crise já chegou ao Brasil. Porém, para aqueles que vivenciaram outros tempos e outras crises, tiveram que lutar dia a dia com o processo de superinflação, já vivenciaram quebras e quebras face ao descompasso dos vários planos governamentais para ajuste da economiam(até que deu certo o elaborado por Fernando Henrique Cardoso no governo do Presidente Itamar Franco), ela realmente parece pequena.
    Afirmo tal fato apenas com base na comparação dos eventos históricos nacionais.
    Todavia, como toda crise, seus efeitos serão nefastos, aqui ou em qualquer lugar do mundo.
    Quanto aos projetos militares, ainda é cedo para interpretar as declarações oriundas dos Ministérios da área econômica.
    O MD ainda tem que avaliar os impactos de contingenciamentos e cortes (que ainda não ocorreram efetivamente, apenas “preventivamente se os declarou como possíveis”), enquanto que mujito dos projetos de defesa serão realizados com financiamento exterior.

  27. Luís Fernando

    A propósito, não acredito que haja interferência no projeto FX2.. Em recente entrevista no Defesa@net, o Saito apenas manifestou um receio, mas estou atribuindo tal fato aos cuidados necessários daqueles que desejam o melhor para o país.

  28. sobretudo, porque o F-X2 implicava uma parcela significativa de montagem local, e logo de emprego e de injeção de capital na Economia…

  29. Pegasus

    So que no final da entrevista esta escrito que ao mesmo tempo que ele dava a entrevista o governo anunciava o corte na verba de defesa, corte este que ele ainda não estava ciente.
    Nesse atual contesto, meu medo é que o Brasil acabe aceitando a oferta americana do Super Hornet com a prerrogativa de fornecer ao Brasil imediatamente Hornet usados enquanto não seria entregue os Super, se pensar bem, economicamente ao Brasil acabaria se tornando mais atrativo.
    Por isso meu medo de perder o Rafale e uma certa independencia em defesa.

  30. os franceses conseguiram o mesmo, com os atuais F1… espero que estejam atentos a essas ofertas (bem plausíveis, de facto).

  31. Eles , os franceses, seriam mt burros se ñ oferecem “algo” de imediato..vão perder o primeiro é talve\z único mercado,para os seus rafales, lerdos e inferiores até ao velho sh ianks .E o chaves ainda sonha com a grande venezuela , que o MD ñ perca de vista o reequipamento das FAs..para ontem.

  32. Fred

    Sim, mas se fosse o caso os Francos forneceriam os 2000 usados o que facilita a cadeia de suprimentos já que temos 12 deles

  33. ainda mais 2000?
    eles vão fazer upgrades a todos os Rafale F1 ou vão coloca-los no mercado como fizerem os britânicos com os seus Typhoon Tranche 1?

  34. Só tem malandros..só dá espertalhões..trouxa só ´nos BRASUCAS…jogar no mercado seus lixos voadores..pseudamentes capazes…sacanas.

  35. Fred

    Melhor que os hornets em fim de vida pelo menos os 2000 são!!! 🙂

  36. sim, as células devem também estar bem gastas, com tanta no período Bush…

  37. gaitero

    Ronaldo, voc~e confirma a produção sob licença do Tavor TAR 21, pela Taurus????

  38. A taurus ñ irá prodizir a tavor, é só um augurio “se ” é tão “se” isso fôsse realidade…O negocio são os Caças da FAB, quando virão os rafales , serve até uns usados..P ontem.

  39. bem, estive a ler umas coisas e parece que a França vai atualizar todos os seus F1 para o padrão F2, logo… não restará nenhum para exportar….
    assim, volta a hipótese dos 2000 como resposta intermédia até chegarem os Rafale F2 ou F3 (isto, se a França ganhar mesmo, claro)

  40. Srs. até frança brincando de Metropolis e BRASIL colônia…se quizer uns tapa buracos so mirage 2000 velhos mesmos ? vai? A que ponto nos chegamos…

  41. bem, nada disto vem de fontes oficiais é mera especulação baseada na eventual oferta de Hornets enquanto os Super Hornets não chegarem, e mesmo esta é uma outra especulação…
    de qq modo, poderia até não ser mau negócio. tudo dependeria se o Brasil pagasse estes aparelhos ou não…

  42. O SU 35 vem aí para ser melhor avaliado pela FAB, a boing otimizou o se F15 silent eagle com tecnológia furtiva, para derrotar de vez os concorrentes , Estando o Su na parada e vitória certa dos rússos.

  43. hum… mas a reentrada do F-X2 é mesmo oficial?… é que parece que não…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: