O Sudão compra mais 12 MiG-29 Fulcrum à Rússia

O Sudão adquiriu um lote adicional de 12 aviões MiG-29 à Rússia. Existem contudo relatos locais – de fontes não confirmadas – de que alguns desses aparelhos estariam já em utilização no Darfur em combates contra as forças rebeldes e no continuado genocídio que o governo islamita de Karthoum conduz contra as populações animistas do sul.

Estes 12 MiG vão agora juntar-se aos 12 aviões do mesmo tipo que o Sudão utiliza desde 2004 reforçando assim a capacidade do país para resistir a qualquer missão internacional de defesa do Darfur, onde o genocídio das populações animistas pelo governo islâmico do norte continua… A venda do aparelho neste contexto, pela Rússia, revela também a ausência de pudores morais ou éticos por parte do governo russo, que não hesita em vender aviões de combate a um dos mais tirânicos e não-democráticos regimes do mundo. Do ponto de vista sudanês, a compra não faz muito sentido, a não ser para reforçar precisamente a sua capacidade de resistência a um ataque internacional, já que as missões que a sua força aérea cumpre no sul do país são essencialmente de apoio terrestre, missões para as quais o MiG-29 nunca foi especialmente vocacionado.

Fonte:
Air Forces Monthly, janeiro de 2009

Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: , , | 23 comentários

Navegação de artigos

23 thoughts on “O Sudão compra mais 12 MiG-29 Fulcrum à Rússia

  1. E qual a potência que tem escrúpulos? Os ianks vende caças de últma geração aos suionista-nazis israelenses para matar mulherss e crianças palestinas; é eles é que são os invasores das terras palestinas..Pq os Rússos o teriam?ou os sinos?Vale td pelo vil metal..até vender a mãe.. Quem teriam de avaliar tal coisas seriam os Sudaneses..onde está o amor ao seu próximo..?

  2. Lusitan1981

    Estes Mig-29 vão proporcionar ao Sudão alguma superioridade aérea sobre alguns dos vizinhos com quem tem mantido relações dificeis, nomeadamente o Chade e a República Centro-Africana. Em relação à Rússia fornecer armas e apoiar uma tirania, deixemo-nos de hipocrisia… Também nós através da CPLP apoiámos e apoiamos algumas “democracias” muito singulares… como foi o caso da democracia de Nino Vieira na Guiné ou da democracia do MPLA em Angola. E ainda hà pouco tempo se falou, sem que se ouvisse uma palavra de discórdia, da possível venda de PANDUR II para Angola. E alguém me sabe dizer por onde param todas as G-3 produzidas em Portugal? Estão todas em países democráticos?

  3. Fred

    A russia e todos os paises que produzem armas sempre venderam armas a quem quisesse, como por exemplo quando trocou migs por algodão no egito, e a França encheu Israel de Misteres, ou ainda o EUA comprando armas soviéticas no mercado negro para abastecer o taliban afegão.

    Ou o Brasil vendendo carros de cascaveis e urutus para Sadam na guerra contra o Ira, junto com a Polonia, França, União Soviética, etc e tal.

    Ou a Ucrania desmontando metade de seu sistema antiaéreo para fornecer para Georgia antes da invasão da Ossiteia pela Georgia.

    Todos calçam 40, os sapatos servem em todos!

  4. Fred

    errata: carros cascaveis e urutus, 😉

  5. E qual a potência que tem moral?São farinha do mesmo saco…o que manda é o vil metal.

  6. todos, sim, de certa forma.
    mas todos esses tinham alguma justificação política ou ideológica:
    a urss vendia armas ao egipto porque o seu regime era pró-soviético
    a frança vendia mirages a Israel pelas suas más relações com a siria
    todos vendiam armas a saddam pq o viam como o primeiro travão ao shiismo militante,
    a ucrânia vendeu armas à geógia por causa da rivalidade comum com a Rússia
    etc, etc

    agora, a Rússia e a China vendem armas a todos os que as querem pagar, sem critérios, nem a olhar o tipo de regimes que as compram,,,

  7. Fred

    como a frança, o brasil, os eua e até portugal.

    São todos iguais Clavis!

  8. gosto de acreditar que não… a Alemanha p.ex. tem como política não vender armas para zonas em conflito…

  9. A Alemamnha deve ser impedida por tratados da II guerra..é ñ por escrupulos moral.

  10. Fenix

    O mercado das armas é negocio que move milhoes e é dos mais imorais á face da terra.Á redes de trafico de armas clandestinas em alguns paises produtores de armas caso da russia,ucrania ,china,africa do sul paquistão,frança e estados unidos complomentado-se com a droga e seu trafico tambem.È com consentimento politico e levado acabo pelos secretos destes paises.Fazendo terrorismo de estado contra qualquer pais.A troco milhoes pago por outros.Tou a falar de armas ligeiras mas também taques, avioes, missil, barcos todo tem o seu preço neste mercado

  11. Fenix

    São conhecidos por unidades renegado porque o estados nega sempre a sua existencia.

  12. Lusitan1981

    Clavis… por não conhecermos os seus critérios não quer dizer que esses países não os tenham. Até porque a China tem usado as suas vendas militares para ter acesso a recursos energéticos e alimentares pelo mundo fora. Situação muito semelhante ocorre com os países ocidentais.
    Em relação à Alemanha… vendeu submarinos à Coreia do Sul, que oficialmente ainda é um país em conflicto com o seu vizinho do Norte. Também mantém negócios algo esquisitos com o Irão, apesar de não vender oficialmente armas a esse país.
    A Rússia vende simplesmente para manter viva a sua indústria militar que tem andado um pouco pelas ruas da amargura. Vende para manter postos de trabalho.
    Não culpem os produtores de armas pelas guerras… As balas não têm intenções!!!

  13. sim, concordo, a China tem critérios: os de estrita defesa dos seus interesses nacionais, passando por cima de todas as questões humanitárias. Da mesma forma aliás com que rege o seu próprio povo, aliás…
    Teoricamente, mas não na prática… Há uma grande diferença: não se travam combates na península da Coreia há mais de 50 anos…

  14. Fred

    Não é bem assim Clavis, Israel não é nem teoricamente nem praticamente um local sem conflitos e a Alemanha forneceu, fornece e fornecerá armas para Israel.

    A China oprime seu próprio povo, porque iria poupar os outros?

    E houve confronto entre as coreias neste século, ,salvo engano o último foi em 2002 ,com o afundamento de navios patulhas de ambos os lados.

    Sei que você acredita na bondade natural do ser humano como eu também, mas infelizmente quem manda ainda é o dinheiro.

  15. Toda e qualquer potência é pragmática ao extremo…alemanha, Brasil França, China, Rússia, Portugal, e os iníquos dos iank , todos ,etc, etc,etc…o que manda é o deus Money , o dinheiro.

  16. Bem, sim, mas todos conhecemos o teor constrangido e especial das relações entre a Alemanha e Israel… Cujo remorso, Israel tem sabido gerir com grande sabedoria…
    E sim, é isso. A China (ou melhor, o seu regime) é opressor, fora e dentro, e é esse precisamente o sentido maior deste artigo.

  17. Tá certo, o perigo é a China, ela deve se manter coesa e com poder central, são mt bombas atômicas + com democracia ,ela virá e tenha certeza;cedo ou tarde formosa/taiwan será reintegrada a união de estados . ou o nome q eles dêem, a república Chinesa…são perigosos, tanto quanto os ianks facistas e israelenses suionostas-nazis, até lá ,daqui a 30/50 anos , possivelmente serão melhores no concertos das nações, por medo ,e quando o mesmo passar e eles, então serão + humanos, até a religão deles nos ajudam nesta visão holística ..espero estar certo. amém.

  18. não sei… a URSS também se dividiu e o seu armamento nuclear não caiu em mãos incertas… o mesmo poderia suceder com a China, se esta se dividisse.

  19. Lusitan1981

    Então mas agora só os países democráticos podem vender armas a países sem escrúpulos? É que me parece que o Chade tem vindo a ser armado pelos franceses… E que os ingleses e americanos têm vendido armas aos países do golfo como quem vende pastilhas elásticas ao miúdo da esquina. Já pra não falar nos anos em que a nossa tão famosa Indonésia mantinha relações tão cordiais com os EUA. E as vendas de armas durante a Operação Condor para a América do Sul? Onde é que andavam os escrúpulos aí?

  20. mais do que armado, o Chade (o regime no poder) foi defendido várias vezes pela França e pelas suas armas…
    Não andavam, admito.
    Moral e venda de armas, nem sempre andaram par a par, de facto.
    Mas deviam andar.

  21. TIVEMOS A SORTE, o planeta, de um louco, ña se apossar de umas bombas atômica da ex-URSS,É bom ñ abusar..o raio cai + de tres x no mesmo lugar..disso eu sei e já presenciei..Potências ñ tem escrúpulos, tem intersses, é só.SDS.

  22. sim, uma sorte espantosa, ao que consta nos confusos anos Ieltsin alguns depósitos de armas nem sequer estavam sob guarda militar…

  23. Hello,
    Interesting to note the disregard and disrespect for human life. It is as if the countries that sell weapons to the corrupt government of Sudan miserable, ignorant as they are and have always been used against his own people by itself, dies of hunger.
    A shame!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: