Sobre o “RER” alquímico no convento da Madre de Deus, em Xabregas (Lisboa)

As relíquias de Santa Auta, uma das onze mil virgens estão hoje conservadas no convento da Madre de Deus, em Xabregas (Lisboa). O convento foi fundado pela rainha Leonor, esposa do rei dom Dinis. Ora é neste local que encontramos sobre a fachada a sigla hermética RER. Esta sigla surge em vários locais associados a iconografia alquimica, como recorda Lima de Freitas e representam um dos maiores segredos da Arte de Hermes, diretamente ligado ao “Vaso dos Filósofos”.

O grande alquimista Fulcanelli – talvez o maior adepto do século XX – esclarece no “Mistério das Catedrais” que “estas letras contêm um segredo de uma importância capital, que se liga ao Vaso da Obra. RER serve para cozer, para unir radicalmente e indissoluvelmente, para provocar as transformações do composto RERE. (…) RER será obtido pelo rosalgar acrescentado de enxofre, que se considera formar a metade do rosalgar, ou do arsénico encarado como a outra metade no mesmo sulfureto vermelho. (…) Procurai primeiro RER, quer dizer o vaso. RERE ser-vos-á em seguida facilmente revelado”. Páginas 204 e 205.

Encontramos assim no convento de Xabregas, em Lisboa, um símbolo diretamente oriundo do denso vocabulário alegórico alquímico, que nos faz crer que a organização de mesteres responsável pela construção do convento conhecia o significado de RER, mas que sobretudo o mandante eclesiástico da obra a conhecia ainda melhor, encontrando-se efetivamente os melhores alquimistas de todas as eras frequentemente entre membros de comunidades religiosas desde Artefius a Basílio Valentim.

Fonte:
Lima de Freitas, “Porto do Graal”, Ésquilo

Anúncios
Categories: Alquimia, História, Portugal | 2 comentários

Navegação de artigos

2 thoughts on “Sobre o “RER” alquímico no convento da Madre de Deus, em Xabregas (Lisboa)

  1. …ou isso ou Xabregas era em tempos uma estação da rede de transportes de Paris

    🙂

    http://www.paris.org/Metro/gifs/metro.pdf

  2. Derfel

    Será de certeza um lapso, mas parece-me a mim que o marido da Rainha Dona Leonor, fundadora do Convento da Madre de Deus, foi Dom João II.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: