A Eslováquia vai reativar o seu antigo reactor nuclear da era soviética em plena “crise do gás”

(Os dois reactores nucleares eslovacos in http://insp.pnl.gov)

A recente “crise do gás russo” e a sua anterior, expõe a vulnerabilidade europeia perante um tão inconstante fornecedor e a sua vulnerabilidade quanto ao profundo e insanável conflito entre ucranianos e russos. Uma opção alternativa seria aumentar as importações de gás argelino, através de Portugal e Espanha, ou lançando tubagens no fundo do Mediterrâneo.

Outra abordagem poderá ser a de encontrar alternativas ao gás, pelo menos na sua vertente de fornecedor de centrais de produção de energia eléctrica, recorrendo a uma das opções mais usadas na altura do primeiro choque petrolífero: a multiplicação de centrais nucleares. Essa foi a opção da Eslováquia, exatamente um dos países que mais afectado pela atual “guerra do gás”, que decidiu reativar um reactor nuclear. O problema é que este fora encerrado por ser inseguro e em resultado de grandes pressões europeias. Agora, a reactivação pode colocar em causa a própria adesão do país, já que esta fora uma das exigências do tratado de adesão… Perante esta renovada pressão, resistirá a Eslováquia? E o velho reactor russo eslovaco? Será ele igualmente resistente à pressão europeia?

Fontes:
Euronews

http://news.bbc.co.uk/2/hi/europe/7822556.stm

Categories: Ecologia, Economia | Etiquetas: | 3 comentários

Navegação de artigos

3 thoughts on “A Eslováquia vai reativar o seu antigo reactor nuclear da era soviética em plena “crise do gás”

  1. A necessidade é mãe das idéias…vão recorrer a velha usina nuclear…faz medo.Outra chernobyl ?

  2. Pingback: vulnerabilidade.net - A Eslováquia vai reativar o seu antigo reactor nuclear da era …

  3. a geração tecnológica é a mesma…
    esperemos que os cuidados não sejam.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: