Daily Archives: 2009/01/15

Campos de Forças para proteger astronautas…

Uma invenção pode vir a ser um passo decisivo para possibilitar ao Homem a permanência no Espaço durante longos períodos de tempo e assim… possibilitar viagens até Marte ou o estabelecimento de bases permanentes na Lua. Trata-se de um escudo magnético que consegue deflectir a radiação solar e assim proteger o ser humano que se encontra no interior do campo. Até há pouco tempo, acreditava-se que um escudo deste género só poderia ser construído através da utilização de grandes eletro-imans, completamente impossíveis de fazer embarcar numa nave espacial, isto porque o sistema devia ser capaz de gerar um campo com um alcance mínimo de 100 km. Agora, tudo mudou e parece ser possível construir um sistema muito mais portátil.

Trata-se de um grupo de eletromagnetos que testados em laboratório, conseguiram repelir radiação. O teste foi realizado no “Rutherford Appleton Laboratory”, no Reino Unido. Curiosamente, um país que não mantêm atualmente nenhum programa espacial tripulado, nem mesmo no seio da ESA para ISS…

O conceito por detrás deste sistema é de que na Terra, os seres humanos, estão protegidos pelo campo magnético natural do globo, a chamada magnetosfera que repele a maioria das partículas magneticamente carregadas de altas energias que chegam ao nosso planeta. De facto, não seria possível haver vida na terra, sem este campo magnético protetor. Isto quer dizer, que numa longa viagem no Espaço, bem para além da proteção da magnetosfera este se torna rapidamente o maior problema… Viagens orbitais e até lunares, são realizadas sob a sua proteção, mas nunca uma longa e extensa viagem até Marte.

Fonte:
http://news.nationalgeographic.com/news/2008/11/081104-magnetic-shield.html?source=rss

Categories: Ciência e Tecnologia, SpaceNewsPt | 2 comentários

Quids S15: Como se chamava esta avenida?

28

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 6:00 e as 10:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30). Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 50 pontos.

6. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S15 | 13 comentários

Breve nota sobre as origens do F-35…

As origens do JSF recuam ate ao começo da década de noventa quando foi decidida a fusão de vários projetos para novos aviões que então existiam:

1. O JAST, US Air Force e US Navy Joint Advanced Strike Technology e o
2. ASTOVL, o Advanced Short Take-Off and Vertical Landing, um programa anglo-americano.

Esta junção ocorreu em 1994 englobando ambos os programas sob a sigla JAST.

O avião devia ser um aparelho de baixo custo capaz de tomar o lugar de todo um leque de aparelhos em operação na USAF e na US Navy, como o A-10, o F-16, o F-18, o A-6 e ate os AV-8 Harriers… Daqui se vê a ambição a escala da importância que o programa JSF tinha para a Defesa dos EUA.

Em 1996, a Boeing e a Lockheed Martin foram selecionadas para entrar na fase final de selecto designada como “Weapon System Concept Demonstration”. Neste âmbito, a Boeing recebeu um contrato para construir dois protótipos, designados X-32, e a Lockheed Martin outros dois, sob o nome de X-35. Em 26 de outubro de 2001, a Lockheed Martin foi anunciada a vencedora e recebeu um contrato para a fabricação daquilo que é hoje conhecido como F-35 Lightning II, obviamente, o F-35, seria baseado no protótipo X-35 da Lockheed Martin.

Após a seleção da construtora norte-americana, oito países haveriam de se juntar ao programa, tornando-o num programa verdadeiramente multinacional, a uma escala nunca antes ensaiada no mundo. Atualmente, a parceria engloba Austrália, Canada, Dinamarca, Itália, Holanda, Noruega, Turquia e Reino Unido. Recentemente, alguns destes países exprimiram reservas pela sua continuação no programa, desiludidos com os atrasos do programa e com os problemas encontrados nos primeiros modelos de pré-produção… Aparentemente, a intenção de conceber um caça de massas, verdadeiro substituto do F-16 e de tantos outros tipos esta a revelar-se mais problemática que o previsto… O problema é que já é tarde para parar. Agora há que corrigir os erros de percurso, manter o projeto vivo e manter sempre em perspetiva que ainda que não seja tão excelente como o F-22, o F-35 ainda poderá acabar por revelar-se o pilar mais fundamental da Defesa aérea do Ocidente nas próximas duas décadas.

Fonte:
Air Forces Monthly, novembro de 2008

Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: | 2 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade