Para o Clint

Começou ontem uma retrospectiva tua na Cinemateca, que se prolongará até dia 12 de Março. Retrospectiva integral, sob o título “Um Homem com Passado”.

Hoje, no jornal, no comboio, na viagem para Aveiro, li uma entrevista ao teu biógrafo, Richard Schikel. Entrevista bem interessante, quanto interessante tem sido a tua vida, e sobretudo, a tua Obra. Assim mesmo, com O maiúsculo…

Devo dizer-te que, em geral, tenho apreciado muito os teus filmes – em particular, os últimos. Acho que estás cada vez melhor…

Também aprecio particularmente as personagens que encarnas – tipos que não passam a vida a queixar-se de vida, em depressão, ou em tagarelice pseudo-filosófica…

Porque, de facto, não és um homem deste tempo, fatalmente foste acusado de “fascista” pelos idiotas do costume (a começar na Pauline Kael, com muito seguidores em Portugal…). A esse respeito, o teu biógrafo lembra um simples facto: logo após o começo da invasão do Iraque, quando todo o país estava “mobilizado”, o Sean Penn insurgiu-se, com estrondo, contra esse quase unanimismo oficial; foi atacado por muitos; e tu foste dos poucos que o vieste defender publicamente da fogueira inquisitorial que lhe quiseram armar; e isto apesar de seres republicano…

Espero que, pelo menos, chegues também aos 100 anos. Fazem falta homens como tu. Com passado e, sobretudo, com espessura.

Com um Abraço

Categories: Cinema | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: