Daily Archives: 2008/12/13

O governo vai investir 57,4 milhões de euros nos transportes ferroviários

Num contexto de recessão económica e de aumento sustentado dos preços dos combustíveis apostar nos transportes ferroviários como forma de transporte suburbano parece a decisão correta. Assim, o recente anúncio governamental de que seriam gastos 57,4 milhões de euros em novas locomotivas e automotoras será uma boa notícia.

O problema está em que desde que os fujões deslocalizadores da Bombardier fecharam a fabrica da Sorefame, Portugal já não capacidade industrial neste sector… Talvez se possam negociar contrapartidas industriais ou mesmo forçar o vencedor deste concurso a instalar localmente uma fábrica de material ferroviário… Esperemos também que a Bombardier não o ganhe, já que se não somos suficientemente bons para trabalhar, também não devemos merecer andar nos comboios desta multinacional canadiana.

Fonte:

Jornal Sol, de 11.12.2008

Categories: Política Nacional, Portugal | 6 comentários

Videos do Lançamento da Nova Águia na Universidade de Aveiro

A 12 de Dezembro de 2008, por Renato Epifânio perante uma numerosa plateia de 50 alunos e MIListas locais, com a introdução do MILista José Leitão:



Categories: Movimento Internacional Lusófono, Nova Águia | Deixe um comentário

A União Europeia assume a missão de patrulhamento nas costas da Somália

//www.militaryimages.net)

(Fragata alemã Karlsruhe in http://www.militaryimages.net)

A União Europeia assumiu a missão de combate aos piratas somalis que só este ano já atacaram mais de cem cargueiros e que mantém capturados perto de trinta. Esta será a primeira missão naval da União Europeia e tem a designação “Operação Atalanta”, sendo composta numa primeira fase por seis navios de guerra e três aviões de reconhecimento, estando o primeiro, um P3 Orion espanhol estacionado em Djibuti a operar desde o mês passado.

A esquadra europeia vai tomar o lugar de uma força naval da OTAN que tinha uma missão mais restrita, apenas de escolta dos cargueiros com cargas humanitárias para a Somália. O comando da operação cabe ao Reino Unido e inclui alem da fragata alemã Karlsruhe navios da Bélgica, Espanha, França, Grécia, Reino Unido, Suécia e Holanda, esperando-se que uma fragata Meko da marinha portuguesa se venha reunir a esta força brevemente.

Na verdade, ainda que estes navios possam constituir um importante elemento disuasor, a verdade é que não podem estar em todo o lado numa tão extensa área marítima e alem da sua simples presença carecem de um bem definido quadro legal, para que cada vez que sejam detidos piratas, eles não sejam libertados logo a seguir, porque não se sabe que jurisdição se lhes há de aplicar, como sucedeu varias vezes nos últimos meses. Por exemplo, dois oito países envolvidos, a Espanha, a Franca, a Grécia e o Reino Unido já declararam não terem base nas suas legislações nacionais para deterem os piratas… Por essa razão, a recente negociação bem sucedida com os governos do Djibuti e do Quénia para julgarem e prenderem os meliantes foi tão importante para dar alguma eficácia a esta dispendiosa missão. A opção indiana, de afundar os “navios-mãe” pirata pode não ser a melhor escolha, porque a sua identificação nem sempre será fácil, já que estes barcos são embarcações de pesca num dia e navio-mãe de lanchas piratas no seguinte…

Para alem da União Europeia, também a Rússia e a Índia tem na região fragatas e helicópteros embarcados, ambas com elevados níveis de eficácia (talvez ate demasiado, no caso indiano…). Estranha-se contudo a ausência na região do principal interessado, a China, já que a maior parte das cargas que atravessam essas aguas provêem precisamente da China e que a sua esquadra é cada vez mais numerosa e moderna e que tem uma presença cada vez mais constante no Índico devido às facilidades navais de que goza nas ditaduras sudanesa e birmanesas… Ou seja, a deseja da carga esta a caber unicamente aos países consumidores desses bens, ficando a China apenas com o lucro…

Fonte:
www.dw-world.de

Categories: DefenseNewsPt, Política Internacional | Etiquetas: | 3 comentários

Para o Clint

Começou ontem uma retrospectiva tua na Cinemateca, que se prolongará até dia 12 de Março. Retrospectiva integral, sob o título “Um Homem com Passado”.

Hoje, no jornal, no comboio, na viagem para Aveiro, li uma entrevista ao teu biógrafo, Richard Schikel. Entrevista bem interessante, quanto interessante tem sido a tua vida, e sobretudo, a tua Obra. Assim mesmo, com O maiúsculo…

Devo dizer-te que, em geral, tenho apreciado muito os teus filmes – em particular, os últimos. Acho que estás cada vez melhor…

Também aprecio particularmente as personagens que encarnas – tipos que não passam a vida a queixar-se de vida, em depressão, ou em tagarelice pseudo-filosófica…

Porque, de facto, não és um homem deste tempo, fatalmente foste acusado de “fascista” pelos idiotas do costume (a começar na Pauline Kael, com muito seguidores em Portugal…). A esse respeito, o teu biógrafo lembra um simples facto: logo após o começo da invasão do Iraque, quando todo o país estava “mobilizado”, o Sean Penn insurgiu-se, com estrondo, contra esse quase unanimismo oficial; foi atacado por muitos; e tu foste dos poucos que o vieste defender publicamente da fogueira inquisitorial que lhe quiseram armar; e isto apesar de seres republicano…

Espero que, pelo menos, chegues também aos 100 anos. Fazem falta homens como tu. Com passado e, sobretudo, com espessura.

Com um Abraço

Categories: Cinema | Deixe um comentário

A NASA anunciou que o telescópio espacial Hubble encontrou dióxido de carbono num planeta extrasolar

//stevyncolgan.blogspot.com)

(Uma das criaturas que Carl Sagan julgava poderem existir em Júpiter in http://stevyncolgan.blogspot.com)

A descoberta representa um passo muito importante para encontrar vestígios de vida extraterrestre. Contudo, parece não o caso deste planeta… Desde logo, porque não se trata aqui de um planeta de tipo terrestre. O planeta, designado por HD 189733b está demasiado próximo da sua estrela para poder suportar vida, tal qual como a conhecemos, mas a descoberta demonstra pelo menos a viabilidade tecnológica para encontrar CO2 num outro planeta, de condições mais amenas e que depois poderá ser estudado de forma mais aturada de forma a encontrar outras provas (como metano) mais cabais da existência de vida. Esta estrela já antes tinha saído nas notícias – mas talvez não tenham retido as mesmas devido ao seu memorizável nome – quando o mesmo telescópio espacial Hubble encontrou aqui vestígios de vapor de água e, mais tarde… metano! Estas observações foram depois corrobadas pelo “Spitzer Space Telescope“. A descoberta é mais uma prova da utilidade do Hubble e da boa decisão que foi a sua manutenção em órbita, até 2013, altura em que será substituído pelo “James Webb Space Telescope“, o qual será muito mais competente que o Hubble (lançado em 1990) para detetar este tipo de marcadores, pelo que se espera muito dele neste domínio da exobiologia…

O CO2 foi detetad pelo “Near Infrared Camera and Multi-Object Spectrometer” (NICMOS), um instrumento que analisa a luz infravermelha que é emitida pelo planeta situado a mais de 63 anos-luz e identifica os gases que compõem a sua atmosfera em função da forma como as atmosferas planetárias absorvem certos comprimentos de onda e como cada gás tem a sua assinatura especial foi possível identificar não só CO2, como metano, vapor de água e até monóxido de carbono, todos no mesmo planeta.

Na Terra, existe uma ligação direta entre o CO2 e a atividade biológica, mas estamos perante um planeta gigante, da mesma classe de Júpiter, logo, sem superfície sólida e muito quente (porque próximo da sua estrela). Não poderá portanto ser abrigo do tipo de forma de vida que a Terra acolhe. Mas não é de excluir certos tipos de vida mais ou menos exótica como as bactérias extremófilas da Terra ou como os “balonistas” que Carl Sagan sonhava poderem existir na atmosfera de Júpiter e certamente que esta técnica aqui usada ainda nos vai dar nos próximos tempos muito que escrever… vai uma aposta?

Fontes:
http://www.spacedaily.com/reports/Hubble_finds_CO2_on_extrasolar_planet_999.html

http://www.google.com/hostednews/afp/article/ALeqM5iNvSNzOoEGDBS6hYTT_qgoaCb-jg

http://blog.wired.com/wiredscience/2008/12/hubble-finds-ca.html

http://hubblesite.org/newscenter/archive/releases/2008/41/full/

http://en.wikipedia.org/wiki/Hubble_Space_Telescope

Categories: Ciência e Tecnologia, SpaceNewsPt | Etiquetas: , | 2 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade