No Reino Unido, proibiram as expressões latinas!

Alguns municípios britânicos decretaram a proibição da utilização de termos e palavras em latim sob a alegação de que eram “elitistas” e “discriminatórias”. A proibição aplica-se a todos os funcionários municipais e recomenda que procurem palavras inglesas correspondentes às palavras proibidas quando redigem documentação ou comunicam com o público.

Da lista constam termos como ad hoc, bona fide, status quo, vice versa e via. E vão ao ponto de indicar substituições como “for this special purpose” em vez de ad hoc e “state of things” em substituição a status quo.

Naturalmente, a medida está a irritar os professores britânicos de línguas clássicas que reputam a medida de “limpeza étnica”. E têm razão… o inglês, como qualquer outra língua viva enquadra diariamente palavras de outras línguas, e embora seja de matriz germânica, incorpora em si mesma um conjunto muito razoável de palavras latinas e gregas. Renegar o latim é renegar uma parte muito importante do passado e da cultura do Reino Unido e ainda possa agradar às vagas de emigrantes oriundos do Médio Oriente e da Ásia que ocupam um segmento crescente da sociedade britânica de hoje, renegam o legado histórico da Grã-Bretanha… Recordemo-nos que a Britânia foi a única província romana onde as legiões não foram batidas pelos bárbaros, mas onde retiraram ordeiramente para participar num golpe de estado em Roma… A Saudade que deixaram está bem espelhada nas crónicas arturianas, onde a presença romana é tida como um “tempo de ouro” onde se procura regressar.

Abandonar o uso das expressões latinas é deixar de as usar como forma de condensar e agregar pensamentos e raciocínios complexos, algo onde estas são excelsas… Por exemplo “etc”, “ad hoc”. “QED (quod erat demonstrandum)” “ex officio” e “via”. Todas estas expressões constam da lista de palavras banidas!
Fonte:
http://www.dailymail.co.uk/news/article-1082427/The-councils-ban-Latin-words-elitist-discriminatory-confuse-immigrants.html

Anúncios
Categories: Política Internacional, Sociedade | Etiquetas: | 5 comentários

Navegação de artigos

5 thoughts on “No Reino Unido, proibiram as expressões latinas!

  1. Recíproca neles….xenófobos.

  2. os britânicos carregam em si a herança dos germanos que destruiram a mais brilhantes forma administrativa jamais concebida pelo Homem: o Império Romano… Nunca um sistema foi capaz de absorver tantos politicos corruptos e incompetentes e fluiodos como o Império e sobreviver tanto tempo…
    até à chegada dos germanos.

  3. Fenix

    Que tal uma vota hunos?!

  4. Fenix

    volta

  5. e contudo, eles, os hunos estão aí… há na hungria uma espécie de “partido huno”, e o seu sangue corre nas veias de muitos turcos que agora querem “entrar” na União. Outros… têm descendentes nas élites chinesas.
    na verdade, eles não podem voltar porque… estiveram sempre entre nós!

Deixe uma Resposta para carlosargus Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: