Ferreira Leite e as reformas… ou o desejo de acabar com todos os serviços públicos

“Em democracia não é possível fazer reformas” (…). O que ela não disse, mas ficou implícito no seu discurso, é que, se os serviços públicos não podem ser reformados em democracia, a alternativa não é forçar essas reformas, mas sim… Acabar com tais serviços públicos.”

Vital Moreira
Público de 25 de novembro de 2008

Esta parece ser a clara tendência das ultimas lideranças do PSD… Uma tendência neo-liberal que já começara a ser clara no mandato de Menezes, e uma prova de que afinal, Ferreira Leite lá no fundo (se o tiver mesmo, o que não é certo) não lhe é fundamentalmente diferente. Esperemos que esta gafe não seja esquecida… Nem que esta atitude não seja camuflada pelo marketing eleitoral nem pela ofuscação das campanhas e que seja claramente expressa por Ferreira Leite nas próximas Legislativas.

Quantos portugueses votarão no PSD se este se afirmar como o paladino declarado do serviço publico, do encerramento das escolas publicas e do serviço nacional de saúde, privatizando uns, e encerrando onde não for possível (por falta de rentabilidade) os outros? Queremos mesmo liberalizar tudo num mundo onde o excesso de liberdade económica e onde a desregulação financeira expôs as fragilidades do neoliberalismo? Será que Ferreira Leite ainda não se apercebeu de nada do que se passa à sua volta?

Anúncios
Categories: Política Nacional, Portugal | 4 comentários

Navegação de artigos

4 thoughts on “Ferreira Leite e as reformas… ou o desejo de acabar com todos os serviços públicos

  1. Fenix

    Acabem com tudo depois chorem que uma consulta custa 100 euros uma seringas custe 5 euros uma agulha custe 2 euros e ampola de remus custe 10 euros.Para alguns até era bem feito acaba-se o serviço poblico como tem a manias que descontão muito para nos os chulos.Se não fosse o serviço publico seria de voz.

  2. já faltou mais… mas do que seria os pobres e os eternamente desempregados deste país se não houvesse serviço nacional de saúde?
    que seria de nós se fizessemos parte daqueles 47 milhões de trabalhadores norte-americanos sem qualquer seguro de saúde?

  3. Fenix

    E não so para esses tambem para aqueles que ganhem 1000 euros porque seguro de saude não ira custar menos de 400 euros mês.

  4. Fenix

    Por pessoa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: