Sobre a captura de 33 tanques T-72 por piratas somalis, um superpetroleiro saudita e… da sua crescente ousadia

A NATO vai enviar sete navios de guerra para o largo da Somália para obstar à livre atividade de que têm gozado os piratas desta região nos últimos anos. A ousadia dos piratas somalis está num crescendo, como demonstram as suas mais recentes ações, como a captura de um cargueiro ucraniano que transportava um letal carga de 30 tanques T-72 e diversa peças sobresselentes para veículos blindados de outros tipos. Nada indica que os piratas somalis tivessem conhecimento prévio da natureza da carga no navio, tanto mais porque na Somália não há portos com o tipo de equipamento pesado necessário para descarregar os blindados.

Os tanques foram capturados no navio “Faina” com bandeira do Belize, que parece ser operado por empresas ucranianas, a origem primeira dos blindados e teria uma tripulação de 21 homens, também eles capturados pelos piratas somalis. A notícia não menciona qual seria o destino destes tanques, mas o secretismo ucraniano, o facto de ser um navio fretado indiretamente e até a localização do navio parece indicar que tinham como destino o Sudão… As forças governamentais ou rebeldes.

É claro que os piratas podem sempre obter por ficarem com os T-72 em vez de usarem o método habitual de pedir um resgate e devolver o navio, com carga e tripulantes, mas 30 tanques é algo simplesmente demasiado grande para ficar impune… para além de não os saberem usar, de não terem o equipamento pesado para os descarregar do cargueiro nem… serem o tipo de equipamento utilizável em pirataria marítima, claro. Contudo, o navio não tem apenas tanques, já que a sua carga incluía também RPGs e armas anti-aéreas ZU-23-2. Uns e outros já devem ter saído do navio há muito…


(uma ZU-23-2 em operação)

A França já enviou com sucesso por várias vezes missões de comandos para resgatar nacionais seus detidos por piratas somalis e o estabelecimento desta missão naval da NATO na região pode começar a inverter uma situação que parece estar a fugir ao controlo. Na verdade, até os navios carregados de alimentos com destino à Somália estão a ser atacados. 40% da população somali depende destes carregamentos e se hoje estão a ser escoltados por navios de guerra canadianos, só que estes deixaram de o fazer em Outubro. Essa missão agora compete à NATO.

A missão da NATO à qual se juntaram depois outros países engloba atualmente forças da Bélgica, Rússia, Chipre, França, Alemanha, Dinamarca, Lituânia, Holanda, Espanha, Suécia e Grã-Bretanha. E é imperativo que comece a funcionar, já que este ano já foram atacados 92 navios mercantis nestas águas por piratas somalis que operam a partir de uma muito extensa linha de costa, praticamente sem qualquer tipo de oposição local já que o governo somali continua a ser praticamente inoperante e o país está dividido entre facções. Os piratas operam a partir de lanchas rápidas e estão armados com Ak-47s e RPS, um tipo de armas que existem em profusão num país dilacerado por guerras civis praticamente desde a morte do ditador Siad Barre em 1995. A relativa impunidade com que estes piratas têm operado tem muito a ver com a forma como as nações que têm meios efetivos na região estão a agir… Em Outubro, um navio da marinha de guerra dinamarquesa capturou 10 piratas, libertando-os dias depois, no mar, porque não tinha instruções concretas sobre como proceder perante a sua captura… A Rússia enviou a fragata Neustrashimy para a região depois do incidente com o navio ucraniano, e esta já conseguiu repelir vários ataques de piratas pela simples aproximação do seu helicóptero Ka-27 (o que prova aliás a utilidade de ter este tipo de meios embarcados). Dias antes, a 11 de Novembro a fragata russa tinha colaborado na captura de 11 piratas que tentavam abordar um cargueiro dinamaquês, dos quais dois teriam acabado por ser mortos por comandos britânicos da fragata HMS Cumberland, que juntamente com o navio russo acorreram a um pedido de ajuda do cargueiro atacado.


(os barcos piratas de atacaram o cargueiro dinamarquês “MV Powerfull”)

(O navio dinamarquês HMDS Absalon in http://www.marinebuzz.com)

Mas se esta captura de 33 blindados T-72 revelou a escala e a ousadia destes piratas, o ataque e a subsequente captura de um superpetroleiro saudita com 300 mil toneladas de petróleo indica que estamos perante um fenómeno que todo este esforço internacional ainda não conseguiu aplacar!… O gigantesco navio foi capturado com apenas 3 pequenos barcos que estavam no mar há pelo menos 10 dias, procurando presas. O navio, o “Sirius Star” está agora atracado no porto somali de Harardere, juntamente com outros navios nas mesmas circunstâncias

Todos os anos passam perto da costa somali navios transportando perto de 1,5 milhões de dólares. Atualmente, estarão nas mãos dos piratas, aguardando pagamento de resgate cerca de 14 navios, com mais de 300 tripulantes no total, segundo Noeel Choong do “International Maritime Bureau’s piracy reporting center”. Os navios estão concentrados na sua maioria junto da cidade somali de Eyl (ver Google Maps) e de Harardere e a aparente impunidade com que aí permanecem é prova cabal da inexistência de um “Estado somali” e dos perigos para a comunidade internacional da situação caótica que continua a viver a Somália…

Fontes:
http://www.terradaily.com/reports/Swords_and_Shields_Ships_to_beat_pirates_999.html
http://www.lloydslist.com/ll/news/somali-pirates-capture-ship-carrying-30-t-72-tanks/20017574992.htm
http://www.timesonline.co.uk/tol/news/world/africa/article4831652.ece
http://www.dailyglobal.com/2008/09/pirates-of-somalia-pirates-tanks/
http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1350398&idCanal=11
http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1350514&idCanal=11
http://www.marinebuzz.com/2008/09/23/danish-warship-absalon-is-a-nightmare-to-somali-pirates/
http://www.eaglespeak.us/2008/11/british-commandos-kill-somali-pirates.html

Anúncios
Categories: DefenseNewsPt, Política Internacional | Etiquetas: , , | 7 comentários

Navegação de artigos

7 thoughts on “Sobre a captura de 33 tanques T-72 por piratas somalis, um superpetroleiro saudita e… da sua crescente ousadia

  1. Populações míseraveis, enlokecidas pela extrema necessidades, fazendo pirataria, o numeros de prostitutas e assaltantes deve ser enorme..conseqüência das imuneras guerras e roubos dos bens público.Imagine no futuro esse exercíto de brancaleones famintos entrando em outro país a procura de água e comida;isso vai ocorrer. E q Deus nos ajude… e a eles + ainda.

  2. Pegasus

    E ambiguo um comentario sobre isso, ao mesmo tempo que é um pais miseravel, voce não pode achar que o dinheiro dos resgates estejam sendo utilizado para alimentar o povo ou criar uma infra-estrutura minima em proveito da população, houve o comentarios de resgates pagos na casa de milhões de dolares, para onde esta indo este dinheiro se não esta indo para o povo?
    Pode estar patrocinando futuras atrocidades em outros lugares, tentativas de tomadas de poder e como foi mencionado, se nesta carga que estava os tanques tambem houvesse misseis antiaereos portateis nenhum aeroporto do mundo estaria a salvo porque terroristas comprariam estas armas a preço de ouro.
    E agora o que voce faz…?

  3. duvido… estes piratas estão até a atacar os navios que transportam alimentos para a sua própria população…
    a miséria joga aqui um factor, assim como o esgotamento das reservas piscículas do país, que deixou muitos pescadores sem peixe, mas com barcos de pesca e amplas reservas de armas e munições num país que está em guerra civil à quase 20 anos…
    o que temos que fazer é aquilo que está a ser feito: reforçar o patrulhamos e os meios navais na região.
    e algo que ainda não se fez… desarmar esta gente, impôr um cordão de segurança em torno do país que impeça a entrada de novas armas e descentralizar profundamente (nos municipios) o governo da somália… é claro que para isso é precisa uma força de paz numerosa e eficiente… capaz de entrar e ficar ali por muito tempo… e se nem no Darfur e no Congo esta pôde surgir e vingar, então que nos resta mais além de usar a opção naval a que me refiro no primeiro parágrafo?

  4. Pegasus

    Basicamente o que vai acontecer agora é que sem ser aberto oficialmente, os navios de guerra vão começar a receber ordens de afundar qualquer embarcação pirata, sem essa de captura, então quando eles começarem a mandar pro fundo varios desses naviozinhos, eles vão se acalmar, porque o custo beneficio não vai mais compensar.

  5. por enquanto ainda não o fizeram…
    limitam-se a responder a chamadas e a deter piratas, que confrontam abordando com forças especiais os barcos piratas.
    ao que sei, até agora, na maioria das vezes estes renderam-se, com excepção do caso citado em que comandos ingleses tiveram que se defender e abater dois dos piratas.

  6. Cristian

    Acredito que a maneira mais facil de diminuir a pobreza e o cãos na Africa é colonizar este continente. Os EUA deviam colonizar a Africa, sob o comando do Barack Obama estabelecer a ordem, as trocas comerciais entre a Africa e EUA etc. prender os ditadores Africanos e levar para justiça internacional por corrupção e genocidio dos seu povo.

  7. Pode até ser, +tem de prender o bush também.Ñ eskeça a invasão do irak, a revelia da ONU. E bom incluir aí neste TPI tod os q participaram.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: