Cinema: Kuduro, fado e música tradicional portuguesa este mês na Fonoteca

Lisboa, 15 Nov (Lusa) – O crescente interesse pela música africana, sobretudo pela que é feita em Angola, está representado em quatro dos doze documentários que a Fonoteca exibe a partir de terça-feira em Lisboa.

A quarta edição da Mostra “Imagens sobre música” arranca no dia 18 com a exibição de “Mãe Ju”, filme de Inês Gonçalves e Kiluanje Liberdade sobre os diferentes estilos de música que se praticam actualmente nos bairros populares de Luanda.

Até ao dia 22, serão exibidos ainda três outros documentários, da produção recente portuguesa, que incidem sobre música nascida em África.

Destaque para a exibição no dia 20 de “Kuduro, fogo no musseke”, de Jorge António, documentário que procura as origens deste género musical e de dança e que faz parte de uma trilogia daquele realizador sobre a música angolana.

Ainda sobre África será exibido no dia 19 o filme independente “É dreda ser angolano”, do colectivo Fazuma, rodado em Luanda a partir da audição do disco “Ngonguenhação”, do Conjunto Ngonguenha.

A mostra organizada pela Fonoteca, que se destina a revelar os mais recentes documentários portugueses sobre música, inclui ainda “Arritmia” e “Manda adiante”, duas obras de Tiago Pereira, realizador que há pelo menos dez anos se tem dedicado à recolha etnográfica de música e dança tradicionais e populares portuguesa.

“Arritmia”, que passa na Fonoteca no dia 21, é sobre o festival Andanças, de São Pedro do Sul, enquanto que “Manda adiante”, a exibir no dia 22, se centra nos tocadores e bailadores de uma localidade da Serra de Grândola.

“Brava Dança”, de Jorge Pereirinha Pires e José Francisco Pinheiro, sobre os Heróis do Mar, e “Fados”, de Carlos Saura, são outros filmes incluídos nesta mostra, que acontecerá sempre ao final do dia e com entrada gratuita.

SS.

FONTE: http://ww1.rtp.pt/noticias/?article=373067&visual=26&tema=5

Categories: Cinema | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

%d bloggers like this: