Daily Archives: 2008/11/12

Próxima terça…

Categories: Livros | Deixe um comentário

Descobriram (outra vez…) as Minas do Rei Salomão

Uma equipa de arqueólogos, liderada pelo professor Thomas Levy da Universidade da Califórnia encontrou aquilo que acredita serem as míticas “minas do Rei Salomão”, num sítio arqueológico imerso no deserto jordano conhecido como Khirbat en-Nahas. Recorrendo a técnicas de datação pelo Carbono 14 os arqueólogos confirmaram que a produção de cobre nesse local estava ativa na época em que Salomão reinava em Israel.

Estas míticas minas deram origem a varias obras literárias e cinematográficas que moldaram a imaginação de varias gerações e entre as quais destacamos a magnifica obra de Rider Haggard, genialmente traduzida para português por Eça de Queirós. Esta identificação não é a primeira que surge… As Minas já foram antes localizadas no Iémen, em Tartessos (Gades), no Sudão e ate no Congo, no Alto Virunga, dando origem a um dos melhores livros do recentemente falecido autor de “Parque Jurássico”, Michael Crichton: “Congo”. A localização no sul da Jordânia é contudo a mais plausível de todas… Na época, o território estava integrado no reino de Elam, que Salomão dominava em regime de protetorado e a sua proximidade de Israel torna a tese mais provável do qualquer outra…

Fonte:
www.cnn.com

Categories: História, Mitos e Mistérios | 16 comentários

Quids S15: Que filme é este?

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 6:00 e as 10:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30). Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 50 pontos.

6. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S15 | 15 comentários

Ela podia ter sido… a Super-Nova do Fim do Mundo


(A explosão de raios gama, visível a olho nú in http://grb.fuw.edu.pl)
Vários satélites e observatórios terrestres espalhados um pouco por todo o planeta detectaram um jacto de imensa energia numa explosão estelar a 19 de Março que casualmente estava quase apontada diretamente para a Terra. A explosão foi detectada em primeiro pelo satélite Swift da NASA e recebeu a classificação GRB 080319B. A explosão teve a maior intensidade jamais detetada e resulta da ejeção de material a uma velocidade estimada de 99,99995% da velocidade da luz. A observação foi confirmada pelo sensor KONUS do satélite da NASA “Wind” que detetou a radiação Gama e pelo intrumento “Pi of the Sky” do Las Campanas Observatory polaco, no Chile.
A explosão foi visível a olho nú durante apenas 15 segundos, mas durante esse período teve uma magnitude de 5,3 na escala astronómica e isto apesar de se encontrar à espantosa distância de… 7,5 biliões de anos-luz, o que dá uma boa medida da sua intensidade…
As explosões de Raios Gama não são coisa rara no Espaço. A maioria são registadas em estrelas massivas com até 150 vezes a massa do Sol, quando esgotam o seu combustível nuclear e colapsam, explodindo pouco depois. O colapso da estrela cria uma Estrela de Neutrões ou Buraco Negro, como aqueles que temem que o LHC crie, mas duradouro e denso. Quando a matéria estelar começa a se precipitar para o interior do Buraco Negro ou Estrela de Neutrões, ocorre uma explosão de Raios Gama e foi precisamente este momento da erupção de um novo Buraco Negro no Universo que testemunhámos em 19 de Março de 2008, se tivessemos estado atentos nesses 15 segundos e se… vivêssemos no Hemisfério Sul.A precisão do foco desta explosão foi rara e só ocorre uma vez em cada dez anos, avaliam os astrónomos da equipa do Swift ficando no ar a dúvida angustiante… que seria de nós se a poderosa explosão tivesse ocorrido a uma distância menos… astronómica, como por exemplo se a formação de “Calvera” tivesse tido lugar um pouco mais perto… digamos a menos de 100 anos-luz… talvez cá não estivesse já ninguém para escrever estas palavras.

Fontes:

http://news.bbc.co.uk/2/hi/science/nature/6955769.stm

Categories: Ciência e Tecnologia, SpaceNewsPt | 3 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade