Daily Archives: 2008/11/03

Sobre o pagamento de “taxas de levantamento no multibanco” nas ATMs do BPN

Ainda que muito do que anda por aí sobre a cobrança iminente de uma “taxa de levantamentos em Multibanco” cuja petição organizei e que pode ser assinada AQUI mas cujo teor deixei de controlar seja falso, algo de verdadeiro parece haver… Não há substância, por exemplo, a aplicação generalizada da dita taxa, ou até o valor que a Banca se prepara para cobrar em cada levantamente (1,5 euros), na verdade, surgiram recentemente noticias de que o pior banco do sistema bancário português, o BPN já estaria a cobrar esta taxa.

Aparentemente, como o BPN não tem protocolo com a SIBS, logo, todos os levantamentos em caixas de multibanco desta instituição são considerados como cash advance, exatamente como se estivessemos a fazer um levantamento via Multibanco no estrangeiro. O dinheiro não acaba de facto nos cofres esvaziados pelas loucuras e incapacidades de gestão que se sabem, mas na VISA e Mastercard, já que como a Netpay não tem acordo com a SIBS, as transacções realizadas nos seus terminais são consideradas como tendo sido feitas no “estrangeiro”.

Para além dos terminais de multibanco do BPN, também todos os terminais ATM da “Netpay”, que também pertence ao PBN e que são encontrados com alguma frequência em lojas ou supermercados cobram a mesma taxa de cash advance, o que se traduz no pagamento de uma comissão de 3,33% sobre a transacção, a que se somam ainda entre 1,5 a 2,5 euros. Curiosamente, os 1,5 euros são idênticos aos 1,5 euros que surgem nas mensagens falsas que circulam pela Internet sobre a minha petição.

Existem espalhadas pelo país fora, 77 caixas automáticas da rede NetPay, nem todas claramente identificadas, que devem ser evitadas pelos utentes da rede multibanco e que não tenham conta neste Banco, sob pena de pagarem a dita taxa especialmente se o seu cartão MB permitir operações a crédito (o que não sucede com todos e pode ser desligado a pedido do cliente). Ignora-se há quanto tempo é que a NetPay cobra estas taxas, mas provavelmente já o faz há muito, se não desde o momento do lançamento da sua rede. O BPN – instado a tal pela DECO – prometeu que iria identificar claramente todas as suas 77 ATMs, mas temos também que ter cuidado com os terminais NetPay espalhados pelo comércio… É que cobrando a NetPay aos comerciantes comissões inferiores às da SIBS, estes tornaram-se em lojas e estabelecimentos comerciais bastante populares…

Em suma: ainda que tenha surgido apenas agora, não é um problema novo… A cobrança desta taxa já ocorre desde a fundação da rede NetPay e na verdade, decorre mais da própria SIBS do que da NetPay, já que é esta que considera a transação como “estrangeira” à sua rede e cobra a comissão: se eu pegar no meu cartão de multibanco do Millennium e o usar num ATM da NetPay, o dinheiro sai como comissão de cash advance para o BCP, não para o BPN… O problema maior é aqui portanto: a falta de informação quanto ao pagamento desta taxa e o hermetismo das duas redes, que força ao pagamento de taxas quando as transações ocorrem numa rede, para um banco da outra.

Fontes:

http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?headline=98&visual=25&article=366349&tema=29
http://www.deco.proteste.pt/dinheiro/bancos/comissoes-bancarias-netpay-do-bpn-tem-custos-s540761.htm
http://www.correiomanha.pt/noticia.aspx?contentid=64C1B926-C158-4DDE-90D1-88B66507A884&channelid=00000021-0000-0000-0000-000000000021
http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1344913&idCanal=62
http://www.agenciafinanceira.iol.pt/noticia.php?id=998726&div_id=1728

Anúncios
Categories: Economia, Política Nacional, Sociedade, Sociedade Portuguesa | Etiquetas: | 16 comentários

Quids S15: Que monumento é este? (exatamente)

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 6:00 e as 10:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30). Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 50 pontos.

6. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S15 | 12 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade