Produzindo eletricidade a partir do… alcatrão

Uma das ideias mais originais dos últimos tempos, foi a que esteve na base do trabalho de uma equipa de investigadores do “Instituto Tecnológico de Massachusetts” e que consiste na produção de energia a partir do… calor do asfalto. O calor, resultante do aquecimento por via dos raios solares penetra no alcatrão e aquece uma rede de tubos de água instalada sob estes, produzindo assim energia elétrica. O sistema, apresentado no “International Symposium on Asphalt Pavements and Environment” realizado recentemente em Zurique consegue ser aparentemente mais eficiente em aquecer água do que os painéis solares convencionais. De facto, estradas e parques de estacionamento passam a maior parte do tempo expostos à luz do Sol e o asfalto permanece quente, mesmo muitas horas depois do Sol se ter posto.
Mais uma ideia simples e original desencadeada pela pressão desencadeada pela tomada de consciência do problema do Aquecimento Global…
Anúncios
Categories: Ciência e Tecnologia, Ecologia, Economia | Etiquetas: | 3 comentários

Navegação de artigos

3 thoughts on “Produzindo eletricidade a partir do… alcatrão

  1. pedronunesnomundo

    *para n ter havido Q este é um dia anómalo. espero que esteja td bem com o capataz da nossa roça intelectual. lol*

  2. estou bem… o post automático é que falhou por uma razão qualquer…
    estive o dia todo aqui
    http://www.microsoft.com/portugal/dreamway/default.mspx
    a ouvir o careca e tomando notas…

  3. Daniel de Souza

    Perdeu seu dia Clavis, Steve Ballmer é mais um CEO sem escrúpulos que usa a corrupção estatal em diversos países para enriquecer a si mesmo e a sua empresa. Veja sobre isso em:

    Wagner, diga não as drogas!
    Países mais corruptos votaram sim ao OOXML.
    Microsoft, ODT, ISO, OOXML.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: