O GPS do iPhone é “falso” ou “verdadeiro”?

Depois de tanta celeuma (e correspondente sucesso comercial) no lançamento do iPhone em Portugal e no mundo impõe-se a pergunta: a coisa vale mesmo o que custa? A questão impõe-se sobretudo no que concerne ao GPS inserido no iPhone 3G que usa não o sistema GPS normal, mas um tal de A-GPS, ou GPS “assistido”… Muitos dizem que o “GPS assistido” mais não é de facto do que um impreciso sistema de posicionamento por “triangulação de antenas GSM”… Mas será mesmo assim?

Bem o “GPS assistido” quer dizer que o iPhone vai perguntar primeiro à antena de GSM a sua localização aproximada e depois – só depois – usa o seu GPS para identificar de forma mais precisa a sua posição. Isto não quer dizer que o A-GPS seja mais impreciso, ou que seja apenas uma forma imprecisa de geolocalização através de antenas de GSM (como a TMN chegou a comercializar a empresas, no passado), além destas antenas, pelos menos nos EUA; os WiFi hotspots são também usados, e creio que tal sucede também em Portugal. Este sistema permite que o GPS encontre a sua localização muito mais depressa que pelo sistema convencional, mas depende da existência de rede GSM… Se o telemóvel estiver onde não há rede ou esta é fraca… Nada funciona, já que ao contrário de um terminal de GPS normal, todos os mapas são carregados de cada vez que o sistema é usado. Por isso, nem pensar em deitar fora o seu GPS e substituí-lo pelo do iPhone, especialmente se precisa de georeferenciação em zonas remotas ou com má cobertura de rede de telemóvel. De qualquer forma, fica sem sombra de dúvida que um A-GPS como o do iPhone é mais rápido a dar uma localização nestas condições! Experimente desligar o seu GPS durante alguns dias e veja como demora muito mais a obter um “lock” da posição! A minha antena externa do 9100 leva uma boa hora e tal a obter o sinal nestas condições! Se mudar a antena GPS de posição e esta estiver desligada (por exemplo, numa viagem de avião) a mesma coisa irá acontecer… Excepto se usar um A-GPS, porque a primeira coisa que este fará é perguntar à torre GSM ou Hotspot WiFi a localização aproximada e depois usar os satélites GPS para a refinar.

É claro que há sempre a opção de instalar o TomTom no iPhone para ter acesso a toda a liberdade da rede GPS, mantendo as vantagens do A-GPS e livre das limitações do software que vem de origem com o iPhone (a dependência dos mapas carregados da Internet…)

Ou seja, o “A-GPS” do iPhone não é um “GPS pior” é, de facto, um “GPS melhor”, já que faz o lock da posição mais depressa que um GPS normal, mas que tem o defeito de usar comunicações de dados para recolher essa posição. A vantagem é notável se o GPS estiver desligado por muito tempo, especialmente se a antena fôr movida depois da última vez que esteve ligada (por vezes, chega a estar em busca de localização durante mais do que 20 minutos). O maior problema do iPhone é depender dos Google Maps que são carregados da Internet cada vez que o sistema é usado, e isso consome largura de banda, tráfego (pago) e… depende de haver uma ligação GSM/GPRS onde tentamos usar o sistema de posicionamento… Este problema contudo, pode ser resolvido instalando, por exemplo, o software TomTom.

O mito de que o GPS do iPhone era um “GPS falso” teve a sua origem na utilização no modelo original do iPhone de uma ferramenta designada como “Skyhook” a qual, de facto, usava o Google Maps com dados de triangulação de torres GSM e de hotspots WiFi para obter uma forma aproximada de posicionamento global. A Apple chegou a apelar que cada utilizador de iPhone acedesse ao seu site e indicasse aqui qual era a sua localização, de forma a enriquecer a base de dados usada pelo Skyhook, mas atualmente… não. O iPhone é um sistema GPS pleno, não de triangulação de antenas ou de localização via mac address dos hotspots WiFi.

Fontes:

http://www.apple.com/iphone/features/gps.html
http://arstechnica.com/journals/apple.ars/2008/06/10/tomtom-announces-iphone-gps-app
http://www.iphoneatlas.com/2008/03/11/apple-submit-wifi-location-information-to-skyhook/

Categories: Ciência e Tecnologia, Informática | Etiquetas: , | 6 comentários

Navegação de artigos

6 thoughts on “O GPS do iPhone é “falso” ou “verdadeiro”?

  1. Eu li em uma revista q os Sinos criaram um Iphone , melhor e + barato, < q U$100,00; Só kero saber quando e a quanto vai custar no Brasil.

  2. gaitero

    Bom,

    O lançamento oficial do iPhone de terceira geração (3G) foi antecipado para a noite desta quinta-feira. A expectativa inicial era que o aparelho chegasse ao mercado somente na sexta-feira.

    Acordo Ortográfico A Vivo e a Claro brigam para ser a operadora símbolo do iPhone, e marcaram eventos simultâneos em São Paulo, ambos nesta quinta. A Apple informou que não vai participar de nenhum deles.

    Na terça-feira, a Claro enviou a alguns assinantes e potenciais clientes um convite para a apresentação do aparelho celular da Apple, a ser feita no Terraço Daslu, às 21h30 desta quinta-feira. Para não ficar atrás, a Vivo anunciou entrevista coletiva às 23h também de hoje. Nenhuma das operadoras revela o preço que cobrará pelo iPhone. Segundo fontes do mercado, o preço médio do aparelho deve ficar em R$ 1,5 mil.

    É grande a briga entre as teles para se antecipar às tendências de mercado. Na semana passada, o presidente da Claro, João Cox, disse que o iPhone será um dos pilares de sua estratégia para conquistar a liderança de mercado e tirar a Vivo da primeira posição.

    A Claro chegou a cobrar R$ 100 pela reserva do aparelho em seu site. Porém, desistiu da cobrança após ser criticada por consumidores e pelo Procon-SP, que considerou a cobrança ilegal.

    De acordo com o órgão de defesa do consumidor, não se pode cobrar pela reserva sem prestar as devidas informações sobre o produto, como preço e data do lançamento.

    Em agosto, a Claro subiu uma posição no ranking de telefonia móvel, ficando com uma diferença de 5,7 mil clientes para a TIM. Ambas têm 25,09% de participação de mercado, conforme ranking da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A Vivo continua na dianteira, com 30,12% dos clientes.

    O modelo do iPhone que funciona em redes de telefonia celular de terceira geração (3G) foi lançado nos EUA em 11 de julho. As redes 3G permitem comunicação de dados em alta velocidade no celular. No começo do mês, Roberto Lima, presidente da Vivo, disse que, de seus 41 milhões de clientes, cerca de 1 milhão poderiam se interessar pelo aparelho.

    Na terça-feira, o iPhone ganhou um concorrente de peso no mercado internacional. A operadora T-Mobile anunciou nos Estados Unidos o lançamento do G1, primeiro celular equipado com o Android, software de telefones móveis criado pelo Google e fabricado pela taiwanesa HTC.

  3. gaitero

    1500 reais…………..

    Realmente um absurdo se comparado ao preço nos EUA U$ 499,00 isto na sua estréia, agora custa algo em torno de
    U$ 350.00

  4. os preços nos EUA são meios enganadores… porque contemplam planos de preços obrigatórios em que os comprados pagam à Apple uma fração do preço durante 3 anos, em cada carregamento!
    Esse preço é dos aparelhos livres de operador, penso eu.
    Tenho um HTC… (9100) e antes dele, tive um S100 e um S200. Todos crashavam como o raio… Continuo a preferi-los porque são compatíveis com o outlook da empresa, contactos, tasks, etc.
    Mas são caros (este 9100 é em 2ª mão) e muuuuito instáveis.

  5. Duarte Luis

    Eu fiz um teste: tirei o cartão SIM do iPhone e desliguei o Wi-Fi. Depois abri o NDrive e esperei. Passados mais ou menos 30 segundos… Voilá! Localização exacta e precisa. Tirem as vossas próprias conclusões.

  6. ao que sei, o sinal só perde o fixo, se o gps estiver desligado muito tempo, da ordem dos dias…

Deixe uma Resposta para gaitero Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: