Daily Archives: 2008/09/18

Sobre o “Felino 2008” em Aveiro e a “Força Lusófona de Manutenção de Paz”

Decorre em Portugal, o Exercício “Felino 2008” que reúne forças militares dos oito países da CPLP demonstrando a capacidade comum de constituir, enquadrar e coordenar uma “Força Tarefa Conjunta e Combinada” (FTCC) que possa intervir internacionalmente no quadro de mandatos da ONU e em missões humanitárias. Neste contexto, o grande objetivo do “Felino 2008” será o de consolidar a criação de uma “doutrina militar comum entre os países da CPLP“, como declarou o o general Valença Pinto, chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas (CEMGFA) de Portugal: “Teremos maior semelhança e maior identidade na formação dos militares da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa e, se conseguirmos isto, podemos, evidentemente, ver desenvolvidas as possibilidades de intervenções conjuntas no quadro mundial.”

O exércício começou a 16 de Setembro e prolonga-se até 24 de Setembro e terá lugar no perímetro do Regimento de Infantaria nº 10, em São Jacinto (Aveiro) e agrupa mais de 500 militares e todos os Ramos incluindo também forças especiais e de apoio de serviços. Em Aveiro estão presentes forças de Portugal, Brasil, Moçambique, São Tomé e Princípe, Cabo Verde, Angola, Guiné-Bissau e Timor-Leste. Até domingo as operações simuladas terão lugar em São Jacinto, mas a partir de domingo, as forças envolvidas seguirão para o aérodromo de manobras nº1 de Ovar. O cenário simulado consiste numa crise interna, algures em África, ao qual acorre uma FTCC da CPLP, no âmbito de um mandato do Conselho de Segurança da ONU.

Estes exercícios “Felino” realizam-se desde o ano de 2000, rodando entre vários países da CPLP, sempre com os objectivos de melhorar o entrosamento comum de forças e a sua coordenação para a eventual aplicação de uma força conjunta em missões de paz como aquela que ainda recentemente teve lugar em Timor, mas que foi entregue à responsabilidade das muito particais forças australianas.

Em 2000 e 2001, o “Felino” realizou-se em Portugal, em 2002, no Brasil, em Angola em 2004, em Cabo Verde em 2005, o Brasil organizou o “Felino” de novo em 2006 e São Tomé e Príncipe a passada edição de 2007. Em 2009, o “Felino” terá lugar em Moçambique, cumprindo o ditame que estipula a rotatividade destes exercícios.

Assim se consolida cada vez a “Força lusófona de Manutenção de Paz” cuja constituição formal é um tema de uma petição do

MIL: Movimento Internacional Lusófono e que convidamos a assinar AQUI.

Publicado também na Nova Águia
Fontes:
http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/2a176a2e7f4cf96b1a3efd.html
http://www.cm-aveiro.pt/www/Templates/GenericDetails.aspx?id_object=30747&divName=2&id_class=2
http://www.fabricadeconteudos.com/?lop=artigo&op=c81e728d9d4c2f636f067f89cc14862c&id=93b5ddb416d9b00ba092e37119a4c275 http://www.inforpress.cv/index.php?option=com_content&task=view&id=3582&Itemid=66
http://www.diarioaveiro.pt/main.php?id_page=4885

Anúncios
Categories: Brasil, DefenseNewsPt, Defesa Nacional, Movimento Internacional Lusófono, Nova Águia, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | Etiquetas: , | Deixe um comentário

Sobre a inauguração por Sócrates do “Casino-Hotel” de Chaves

//lh4.google.pt)

(Casino-Hotel de Chaves in http://lh4.google.pt)

A inauguração de um “Hotel Casino” em Chaves pelo próprio primeiro-ministro José Socrates que apregoou o investimento como sendo “exemplar” e “decisivo” para essa região indica o tipo de sociedade e de economia que os Senhores de Bruxelas mandaram Sócrates erguer: uma economia de Turismo e de Casinos para entreter os Senhores e a sua filharada nas viagens veraneais aos países do “ClubMed”. A troco do investimento de 50 milhões de euros e da criação de 230 postos de trabalho não qualificados de servidores de mesas e alimpadores de quartos (não desmerecendo estas dignas profissões) e de alguns minutos nos telejornais, o Primeiro Ministro exibe-se junto a slot machines e roletas.

É este pais e esta a economia que queremos? Uma economia de casinos esforçados a rapinar as raras pensões de reformados como se pode ver por quem quer que passe junto ao Casino de Lisboa, no Parque das Nações? Um novo casino, com máquinas programadas até ao milímetro para deixar a Casa sempre a vencer? É esta a “nova fronteira” que queremos desbravar? São estes os negócios que devemos associar ao Primeiro Ministro? São estas as empresas com queremos reanimar a dormente economia do interior do pais?

Fonte:
Semanário Sol

Categories: Economia, Política Nacional, Sociedade Portuguesa | 3 comentários

Quids S12: Qual era a profissão destes homens?

Dificuldade: 2

Regras:

1. Cada Quid valerá entre 1 a 3 pontos.
2. Cada pista fornecida deduzirá um ponto aos pontos correntes ao Quid, parando esta descida em 1 ponto.
3. Não serão dadas pistas no próprio dia do lançamento do mesmo, mas apenas no período seguinte (12:30-14:30 do dia seguinte, juntamente com o lançamento do Quid seguinte). Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, se pedidas.
4. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 50 pontos.

Categories: Quids S12 | 11 comentários

O Brasil ultrapassou a França como o sexto maior fabricante automóvel do mundo

O Brasil ultrapassou a França como o sexto maior fabricante automóvel do mundo. Nos próximos anos, esta liderança deverá ser ainda mais consolidada, com crescimentos anuais previstos da ordem dos 10 por cento ao até 2013, pelo menos, devendo nesse ano ultrapassar as cinco milhões de unidades fabricantes.

A indústria automóvel é um dos segmentos mais importantes da indústria brasileira e esta importância deve muito ao papel da Volkswagen, cujas vendas no Brasil subiram 18,4% apenas no primeiro semestre de 2008 por comparação com o mesmo semestre de 2007. O presidente de outra empresa alemã presente no Brasil com várias instalações industriais, a Bosch sublinhou a tecnologia flex fuel, desenvolvida no Brasil que permite a utilização de gasolina e alcóol etílico no mesmo motor automóvel. Atualmente, os veículos automóveis com motores flex representam 88% de todas as vendas no Brasil e o sucesso desta tecnologia sustenta em grande medida este crescimento sustentado da industria automóvel brasileira.

Para além de uma melhoria generalizada dos padrões de vida, também o aumento da procura por veículos comerciais ou agrícolas motivado pelo grande desenvolvimento que a agricultura brasileira tem conhecido recentemente estarão na base das explicações para este tão notável crescimento da industria automóvel brasileira. Como exemplo, saiba-se que o mercado de camiões subiu mais de 30 por cento, apenas em 2008.

Faltam ainda vias rodoviárias adequadas à dimensão continental do país e a continuação do desenvolvimento económico assim como a melhoria da repartição da riqueza para que o sector industrial brasileiro permaneça saudável e isento das fúrias deslocalizadoras que arrasaram o sector em Portugal…

 

Fonte:

www.dw-world.de

Categories: Brasil, Economia | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade