Daily Archives: 2008/08/12

O novo lançador chinês “Longa Marcha V” (CZ-5)

A China arrancou formalmente com o desenvolvimento da sua nova geração de lançadores, designada como “Longa Marcha V”. O primeiro lançamento do foguetão deverá ocorrer antes de 2014 e tudo está a correr conforme o calendarizado tendo o novo motor do foguete realizado testes bem sucedidos nas últimas semanas na “China Academy of Launch Vehicle Technology” e a construção da nova fábrica começado.

O “Longa Marcha V” vai depender da propulsão assegurada por quatro motores de oxigénio líquido e querosene de 120 toneladas que completou recentemente uma serie de testes no final deste ano. O conjunto será capaz de colocar em órbitas baixas (LEO) cargas úteis de até 25 toneladas, mais 15 que o “Longa Marcha IV”. O foguetão, com os seus quatro boosters será tão grande (pesando 643 toneladas) e com 5 metros de largura… tão largo que não pode ser transportado por via ferroviária e terá que ser levado até ao local de lançamento, na ilha de Hainan, por via marítima… Este novo foguetão será também capaz de colocar cargas uteis em órbitas altas e geoestacionárias (GEO).

Quando entrar em serviço, o foguetão vai substituir os modelos anteriores (CZ-2, CZ-3, e CZ-4) ainda em serviço, sendo o veiculo lançador da China nos próximos vinte ou trinta anos, transportando as suas cápsulas orbitais Shenzhou, construindo a planeada Estação Orbital e talvez levando ate os astronautas que a China quer colocar na Lua antes dos Estados Unidos.

O desenvolvimento deste foguetão começou em 2001 sob a designação “CZ-5”. O projecto conheceu algumas hesitações nos corredores do poder tendo vegetado até 2007 esperando financiamento, altura em que a decisão de construir a nova fabrica para estes foguetes foi por fim tomada.

Fontes:
http://www.shanghaidaily.com/sp/article/2008/200807/20080703/article_365460.htm
http://en.wikipedia.org/wiki/Long_March_5_rocket_family

Categories: China, Ciência e Tecnologia, SpaceNewsPt | Etiquetas: | Deixe um comentário

Quids S12-55: Em que país estão estes jovens?

Dificuldade: 3

Regras:

1. Cada Quid valerá entre 1 a 3 pontos.
2. Cada pista fornecida deduzirá um ponto aos pontos correntes ao Quid, parando esta descida em 1 ponto.
3. Não serão dadas pistas no próprio dia do lançamento do mesmo, mas apenas no período seguinte (12:30-14:30 do dia seguinte, juntamente com o lançamento do Quid seguinte). Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, se pedidas.
4. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 50 pontos.

Categories: Quids S12 | 23 comentários

Sukhoi Su-34 Fullback: Problemas de um excelente avião…

Um dos processos de substituição mais importantes que a Rússia tem em curso é a substituição (finalmente!) dos bombardeiros Sukhoi Su-24 Fencer pelos modernos Sukhoi Su-34 Fullback. A substituição já decorre neste momento, mas muito lentamente…

O Su-34 é um dos melhores caça-bombardeiros da actualidade. Embora seja mais uma variante do Su-27, trata-se de uma variante recheada com todo o mais recente equipamento que a indústria russa pode oferecer a um avião de combate da sua classe. Concebido como um bombardeiro quase puro, desenvolvido nos finais da década de oitenta e com a designação de T-10V faria o seu primeiro voo em 1990 já como “Su-27IB”.

O Su-34 também foi pensado para substituir os 70 MiG-25RB e os 100 Su-24MR de reconhecimento que operam ainda hoje na força aérea russa. Mas o grosso da substituição vai assentar nos 400 Su-24M que serão substituídos pelos Su-34. No total, a Rússia deverá fabricar perto de 600 aparelhos deste tipo, para estes dois papéis, nos próximos 15 anos. Mas é aqui que começam os problemas… Só há planos para comprar 58 Su-34 até 2015 e menos de 300 até 2022. Isto significa que se os aviões de reconhecimento atuais na frota forem mesmo abatidos ao inventário em 2020, então a Rússia sofrerá uma redução dramática da sua força de bombardeiros e de reconhecimento dos 600 aparelhos actuais, espalhados pelo imenso território da Federação Russa para cerca de… pouco mais de 60, isto é, uma redução de 10 para 1 neste tipo de aparelhos! Para responder a esta lacuna, a força aérea russa tem realizado várias atualizações aos seus Su-24… Até recentemente, havia apenas 2 Su-34 em operação (entregues em Janeiro de 2007), e as estes irão juntar-se mais seis aparelhos em 2008… Mas só em 2010 é que estará formado o primeiro regimento aéreo com 24 aparelhos destes! Nos cinco anos seguintes, mais 46 Su-34 serão adquiridos… um número muito inferior à necessidade teórica de 600 aparelhos…

O caça-bombardeiro foi massacrado logo desde o início do seu desenvolvimento por problemas orçamentais. Isto levou a sucessivos redesenhos do aparelho e uma enorme oscilação de designações oficiais: Su-34, Su-34FN (versão naval), Su-34MF (multifunção), até regressar, finalmente à designação inicial de Su-34.

O Su-34 não foi criado com um aparelho de combate aéreo, tendo sido dada uma atenção muito especial ao longo alcance e à capacidade de reabastecimento em voo, mesmo a partir de outros Su-34 equipados com tanques externos de combustível. Os bombardeiros também estão equipados com dispositivos de guerra eletrónica. A maior parte das estruturas do Su-34 é idêntica à do Su-30, mas o nariz e a fuselagem dianteira foi completamente redesenhada de forma a suportar os dois tripulantes, lado a lado. Os motores, são os mesmos do Su-27, mas com entradas de ar fixas, o que reduz a sua velocidade máxima a apenas 1,8 Mach.

Dados do artigo da Wikipedia sobre o Sukhoi Su-35:

Crew: Two

Length: 23.34 m (72 ft 2 in)

Wingspan: 14.7 m (48 ft 3 in)

Height: 6.09 m (19 ft 5 in)

Loaded weight: 39,000 kg (85,980 lb)

Useful load: 8,000 kg (17,600 lb)

Max takeoff weight: 45,100 kg (99,425 lb)

Powerplant:Lyulka AL-35F turbofans, 137.2 kN (30,845 lbf) with afterburner each

Performance

Maximum speed:

High altitude: Mach 1.8 (1,900 km/h, 1,180 mph)

Low altitude: Mach 1.2 (1,400 km/h, 870 mph) at sea level

Combat radius: 1,100 km (680 mi)

Ferry range: 4,000 km (2,490 mi)

Service ceiling 15,000 m (49,200 ft)

Wing loading: 629 kg/m² (129 lb/ft²)

Thrust/weight: 0.68

Armament

1× 30 mm GSh-30-1 (9A-4071K) cannon, 150 rounds

2× wingtip rails for R-73 (AA-11 ‘Archer’) air-to-air missiles

10× wing and fuselage stations for up to 8,000 kg (17,630 lb) of ordnance, including Kh-29L/T, Kh-25MT/ML, Kh-25MP, Kh-36, Kh-38, Kh-41, Kh-59M, Kh-58, Kh-31P, Kh-35 Ural, Kh-41, Kh-65S, Kh-SD, 2 Moskit, 3 Jachont air-to-ground missiles, KAB-500L/KR or KAB-1500L guided bombs, unguided bombs, B-8 rocket pods with 20 80 mm S-8 rockets, B-13 rocket pods with 5 122 mm S-13 rockets, O-25 rocket pords with 1 340 mm S-25 rocket, fuel tanks, EW- and reconnaissance pods.

Fontes:
http://www.flightglobal.com/articles/2007/01/04/211328/russia-gets-first-new-fighters-for-15-years-as-sukhoi-su-34.html
http://www.spacewar.com/reports/Outside_View_Su-34_strategy_Part_1_999.html

http://en.wikipedia.org/wiki/Sukhoi_Su-34

Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: , | 9 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade