Vídeo: Sobrelotação num comboio suburbano japonês

Enquanto que em Portugal os comboios suburbanos andam cada vez mais vazios e a Carris regista quedas dos números de passageiros transportados ano após ano, no Japão existem funcionários voluntariosos o suficiente para ajudar os passageiros a entrar em comboios sobrelotados. A sobrelotação do vídeo indica também que o sistema público de transportes suburbanos japonês funciona muito mal… demasiados passageiros para comboios a menos, algo particularmente incompreensível num país tão rico como o Japão e capaz de construir alguns dos melhores comboios de alta velocidade do mundo (ver AQUI).

Categories: Economia | Etiquetas: | 10 comentários

Navegação de artigos

10 thoughts on “Vídeo: Sobrelotação num comboio suburbano japonês

  1. Moises

    Vou tentar explicar por experiência própria moro a 15 anos no Japão em Tokyo, bairro de Kotoku a malha ferroviária do Japão e excelente este fenômeno da sobrelotação acontece por vários motivos, uma delas seria o fato de 40% das pessoas que trabalham nas metrópoles vem trabalhar de outras cidades e outros estados ou províncias , o outro fato e que somente no horário das 07:00 / 09:00 da manha e das 18:00 / 19:00 da tarde que ocorre a sobrelotação em outros horarios os trens e o metro fica vazio……eu começo trabalhar as 08:00 da manha e mesmo que o local seja perto eu estou no local do trabalho 1 hora antes para evitar estes constrangimento demonstrados nos videos….em Tokyo eu não vejo como se pode resolver este problema por não existir espaço para crescer….. em uma metrópole paga-se quase o dobro de um salário que uma cidade pequena, viver em uma metrópole gasta-se quase o dobro do que uma cidade pequena isto faz com que o transporte fique superlotado somente nos horários do Rush…….

  2. Moisés:
    é de facto um problema grave de ordenamento do território e de mau planeamento urbanístico… para chegar a este ponto tem que haver muito maus trabalho durante muito tempo.
    em Portugal, na linha de Sintra, era exactamente assim (menos os tipos de luvinhas brancas), mas depois de 10 anos de pesados investimentos (em boa parte europeus), aumentaram os comboios e a sua capacidade e a situação é hoje muito melhor.
    não acredito que não haja solução para este problema japonês… horários alternados, telecomutação, investimentos pesados em transportes públicos, descentralização do Estado, etc, etc

  3. Mr. X

    morei em Tóquio no bairro de Setagaya no ano de 2006 e não me lembro de ter visto essa superlotação em nenhuma estação de tosquio, mesmo em horários de rush, essa superlotação era comum nos anos 80 ~ 90, mas hoje em dia? Com certeza é um video antigo!

  4. na verdade, há vários videos idênticos no Youtube.
    e recordo-me de ter já lido que o problema persiste, em hora de ponta…
    por isso… e admitindo que as imagens (roupas e isso) parecem atuais…

  5. Mr. X

    Acredito que depende mais de cada bairro, independente de qual cidade. tem uns bairros que sao menos organizados e mais lotados, e outros com ordenamento do território e planeamento urbanístico melhor.

  6. Moise

    Onde eu moro no bairro de Kotoku tenho acesso a 2 linha de metro e 2 de trens todas elas ficam lotadas no horário do rush, tem uma linha em Tokyo que é famosa por ter tarados que abusam das mulheres a linha se chama saikyousen mas nos últimos anos com vagões exclusivos para mulheres caiu bastante este problema.
    Em algumas linhas dependendo do lugar não existe este problemas mas 90% do restante a super lotação e normal infelizmente: :
    Uma vez comprei uma passagem de trem bala para retornar a Tokyo e tive que ficar 3 horas em pé na viagem por não ter lugar para sentar….

  7. Sim, essas noticias têm sidio comuns e já as tinha lido…
    “# n Japan, more than 4000 men are arrested each year for groping on public transport.
    # In 2001, a survey of two private high-schools in Tokyo revealed that more than 70% had been groped on the train.
    # A recent survey of Japanese companies suggested that at least 17% of Japanese women have been groped in public.”
    http://www.japanfortheuninvited.com/articles/train-groping.html

    a coisa recebeu até uma palavra para a designar, Chikan… prova de que está mesmo “institucionalizada”…

  8. Moises

    Muito bem lembrado ! Chikan…. Parabéns Clavis pelo seu trabalho e isto tudo demonstra que esta muito bem informado !

  9. obrigado, Moises…
    bem, eu vejo filmes anime quase todos os dias (da Ghibli), por causa da minha pequena de 5 anos… ainda ontem estive a ver o “Racoon War”, por isso, sou uma espécie de “especialista” do Japão, penso eu de que…
    e por outro lado, lá nos idos de 90, frequentei mesmo um curso de lingua japonesa, e mais tarde contactei com o budismo da “Soka Gakai”/Nichiren (sem grande convicção), ambos me deixaram o “bicho” do fascínio por essa tão interessante cultura que é a japonesa…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: