Angola ultrapassa a Nigéria como o maior produtor africano de petróleo


(Campo Offshore de Takula em Cabinda in http://www.baumpub.com)

Pela primeira vez, a produção total de petróleo de Angola vai ultrapassar a da Nigéria, tornando este país lusófono o maior produtor africano de petróleo. Angola é um dos membros mais recentes da OPEP e conseguiu ultrapassar este grande país da África Ocidental com uma produção de 1,873 milhões de barris diários em Abril de 2008, mais 55 mil que a Nigéria. A produção angolana tem vindo a crescer de forma constante, devido à abertura de novos campos offshore ao largo de Cabinda, enquanto que a produção nigeriana tem sido afetada por uma diversidade de problemas nos poços, avarias, danos nos oleodutos e até ataques de forças de guerrilha e danos intencionais nas condutas provocados por populares para extrairem e venderem no mercado negro o petróleo assim recolhido. Estima-se que a capacidade de produção nigeriana atual não seja mais do que 40% da sua capacidade máxima instalada e este desfasamento indica bem a escala do problema nigeriano…

A Nigéria, embora mantivesse desde 1978 o título de maior produtor africano é um dos exemplos mais claros de incompetência na gestão dos fundos do petróleo e de corrupção generalizada. Em resposta a estes problemas, grupos de guerrilha das regiões onde se situam os poços têm vindo a reclamar uma maior transferência de verbas do governo federal e o combate à corrupção que atravessa praticamente todos os segmentos da sociedade nigeriana. Estes problemas estão aliás na base da revolta do “Movimento para a Emancipação do Delta do Níger” (MEDN) que tem sido responsabilizado pela maioria destas ações de sabotagem. Os rebeldes afirmam que os níveis de vida da população desta zona são dos mais baixos da federação nigeriana e que a degradação do meio ambiente deixada pelas companhias petrolíferas estrangeiras, nomeadamente a Shell, está a afetar a exploração agrícola e a atividade píscicola no Níger.

A vantagem angolana, contudo, não deverá durar muito tempo… A greve dos trabalhadores da Exxon Mobil na Nigéria já terminou e com o seu fim, a Nigéria vai injetar no mercado mais 800 mil barris diários. A Shell também já declarou que tinha recolocado em produção as suas instalações danificadas por ataques de guerrilha, contudo, não tendo havido qualquer alteração estrutural, nem ao nível de um incremento das ajudas às populações locais, nem no combate à corrupção, nem sequer no aumento da eficiência das forças policiais e militares da Nigéria no combate contra o MEDN, tudo indica que estes problemas de produção irão regressar num futuro mais ou menos próximo, e logo, que Angola irá retomar esta liderança… Não somente porque a sua produção continua a dar sinais de poder ainda aumentar, mas sobretudo porque como se trata de uma produção offshore está mais protegida de eventuais ataques da guerrilha da FLEC que reclama a independência do território de Cabinda, o qual mantêm um quadro de reclamações (justificadas) que não é muito diferente do MEDN… Com a diferença de que os seus campos estão longe demais para poderem ser atacados, ao contrário dos campos nigerianos.

Fontes:
http://www.energy-daily.com/reports/Analysis_Angolan_oil_output_tops_Nigeria_999.html
http://www.africanews.com/site/list_messages/18285

Anúncios
Categories: Economia, Política Internacional | Etiquetas: , | 9 comentários

Navegação de artigos

9 thoughts on “Angola ultrapassa a Nigéria como o maior produtor africano de petróleo

  1. Mascarilha

    1873 milhões de barris diários é uma produção 20 vezes maior que o resto do mundo junto…

  2. Fred

    uma questão de virgulas, a Cota de Angola na OPEP (reunião de Abu Dhabi) é de 1,9 milhões de barris/dia para produção do crude.

    Para este mês de junho estimasse uma produção de 57 milhões de barris. Se realizado dará uma produção um pouco acima da sua cota!

    Em maio Angola havia ultrapassado a cota chegando a 1,95 milhões de barris/dia, e está para junhoprevisto uma ligeira queda da produção, uns 2% 1,91 milhões de Barris/dia

  3. certo. obrigado pelo alerta.
    faltava mesmo uma vírgula…
    esta secção de correctores… trabalham todos em outsourcing, deve ser por isso que deixam passar tantas gralhas 😉
    Angola está imparável…
    infelizmente a população e a sua riqueza não estão a acompanahr este crescimento…
    aind ontem saia a notícia que dava Luanda como a cidade mais cara para um estrangeiro viver…

  4. Mascarilha

    Luanda é cara para um estrangeiro viver porque precisa de pagar meio exército para o escoltar. Mas para se morrer consta que está bem baratinha

  5. e a outro meio exército, para escoltar o primeiro… e a terceiro meio para garantir que os dois não se juntam e o saqueiam… e a quarto, para o defender da polícia corruptíssima.
    enfim, é uma confusão.

  6. M4Jor

    lol
    n mete piada mas é mm asim..
    África tem as suas ” especificidades”

  7. e estas em Angola (crime e corrupção) são mesmo muito notáveis..

  8. M4Jor

    A última do JEdS foi agora a dar na cabeça do Mugabe para ” imprimir” e apoiar a democarcia no ZBW…O JEdS a dar lições de moral e democracia…

    Já n tenho paciência para Angola..Acredito q seja dificil, mas n tenho visto muitas manifs do povo em relação a isto..

  9. Sim… agora que já marcou eleições, já se deve julgar um “democrata”… sê-lo-á quando fôr preso (mais a famelga) por corrupção. nunca antes acreditarei que há tal coisa como a “democracia” em Angola…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: