Daily Archives: 2008/05/20

Notícia do lançamento da Nova Águia de 19 de Maio de 2008: Diário Digital

O despertar da consciência dos portugueses para um debate sobre a identidade nacional é o objectivo central do primeiro número da revista Nova Águia, à venda a partir desta segunda-feira.

«Queremos contribuir para despertar as consciências sobre a identidade nacional», afirmou Paulo Borges, um dos directores da revista, que pretende retomar o espírito da Águia, uma das mais importantes publicações portuguesas do início do século XX. Segundo o responsável, existe uma relação entre a situação em que o país se encontrava no início do século XX e aquela em que se encontra actualmente, no princípio do século XXI.

«Na altura, como agora, existia alguma indefinição quanto ao rumo da Nação, um certo sentimento de desalento. A Nova Águia pretende apontar algumas respostas nesse sentido, contribuindo para repensar a ideia de Pátria», afirmou, acrescentando que esse será o tema central do primeiro número, que conta com dezenas de textos e poemas sobre o assunto.

Ao longo das mais de 150 páginas da revista, podem ser lidos também outros textos e poemas de autores variados, além de um inédito de Agustina Bessa-Luís, intitulado «O Fantasma Que Anda no Meu Jardim».

De acordo com outro director da revista, Renato Epifânio, o segundo número, que será publicado antes do final do ano, será dedicado ao futuro da lusofonia.

A capa do primeiro número é da autoria do escultor José Rodrigues, um dos mais de 500 nomes da cultura lusófona que já aderiram a este projecto, tornando-se assinantes da revista.

Diário Digital

E ainda em:
Fábrica de Conteúdos
Jornal O Correio
Agência Ecclesia

Categories: Blogs, Movimento Internacional Lusófono, Nova Águia, Portugal | 17 comentários

O “Lynx”: Mais um concorrente para a nascente indústria do Turismo Espacial

(Concepção artística da nave suborbital bilugar da Xcor)

A empresa norte-americana Xcor Aerospace apresentou planos para entrar na crescente indústria do Turismo Espacial com um veículo suborbital designado “Lynx” de dois lugares que deverá subir a 60 Km de altitude. O aparelho deverá ter as dimensões aproximadas de um pequeno jacto comercial e poderá começar a voar a daqui a quatro anos, em 2010.

O veículo suborbital poderá transportar um passageiro, além do piloto, e estando sentado directamente ao seu lado, terá uma vista privilegiada do Espaço e do próprio voo do “Lynx”. A nave poderá também transportar pequenas cargas científicas para testes em baixa gravidade e versões posteriores do engenho poderão até colocar minisatélites em órbitas baixas.

O “Lynx” será desenhado e testado por um laboratório de Pesquisa da USAF, a contrato da Xcor, mas sabe-se já que deverá descolar de uma pista, como um avião normal, alcançando em voo uma velocidade máxima de Mach 2, alcançando a altitude máxima e depois, regressando em voo planado num movimento de folha caída até a aterrar na mesma pista de onde partiu. O “Lynx” será completamente reutilizável e poderá efectuar vários voos no mesmo dia. Os motores do veículo estão a ser desenvolvidos desde há nove anos e usarão combustíveis líquidos que garantirão grandes níveis de segurança e de baixos custos de manutenção, sendo contudo pensados para minimizar o seu impacto no meio ambiente.

Fontes:

www.xcor.com
http://www.cnn.com/2008/TECH/space/03/26/space.tourism.ap/index.html?eref=rss_space

Categories: Ciência e Tecnologia, SpaceNewsPt | Etiquetas: | Deixe um comentário

Quids S12-11: Que sondas eram estas?

Dificuldade: 2

Regras:

1. Cada Quid valerá entre 1 a 3 pontos.
2. Cada pista fornecida deduzirá um ponto aos pontos correntes ao Quid, parando esta descida em 1 ponto.
3. Não serão dadas pistas no próprio dia do lançamento do mesmo, mas apenas no período seguinte (12:30-14:30 do dia seguinte, juntamente com o lançamento do Quid seguinte). Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, se pedidas.
4. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 50 pontos.

Categories: Quids S12 | 16 comentários

Recordando… Blade Runner

Blade Runner é, sem dúvida, um dos melhores filmes de ficção científica (1982) jamais realizados. Assim como a série Lost (Perdidos) que tanto apreciamos, também este filme exige uma visualização inteligente e reflectida, algo que explica o sucesso e a perenidade deste filme de FC. Apreciamos um filme de FC com naves espaciais, planetas, combates espaciais a laser, etc, mas nada disto encontrámos em Blade Runner. Um filme fortemente intimista e quase pessoal que se desenrola numa Los Angeles caótica e confusa, muito ao estilo antevisto posteriormente pelos autores de Cyberpunk.

O filme decorre em torno da perseguição feita por um polícia, Deckard, papel desempenhado por Harrison Ford contra os “replicantes”, seres humanos artificiais que escaparam de uma colónia espacial e que buscam explicações para a sua existência e a solução para o seu iminente fim calendarizado.

O filme foi realizado por Ridley Scott e baseia-se num livro de Philip K. Dick “Do Androids Dream of Electric Sheep?”

Fonte:
Wikipedia

Categories: Cinema, Filmes | 5 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade