Lost (“Perdidos”) S0401: “The Beginning of the End”

Eis o comentário prometido para o 1º episódio da 4ª Temporada de Lost emitido ontem na RTP1:

1. Hurley fica para trás, na cauda do grupo de sobreviventes, entra na floresta e depara subitamente com a cabana de Jacob. Ouve também aqui os suspiros que ocorrem em Lost, na floresta, desde a primeira temporada da série. Hurley olha para dentro da cabana por uma janela de vidro e vê Christian Shepard, o pai de Jack e de Claire. Shepard está na mesma cadeira de baloiços, na cabana de Jacob… A identificação de Jacob com Shepard é assim imediata e clara. Hurley foge, mas ao correr encontra de novo a cabana na sua frente e acredita esta a alucinar. Shepard que aparece em visões a Jack nos flashfowards, e a Jack, logo na 1ª Temporada parece ser uma das formas preferidas que o Monstro assume na Ilha… E isto estabelece uma ligação entre o Monstro e Jacob, que, afinal poderá não ser mais do que uma das suas manifestações, copiando formas e imagens que encontra na memória dos sobreviventes que ao longo dos anos foram aportando à Ilha… Neste caso, de um marinheiro do século XVIII.

2. Num flackforward, quando a polícia pára o carro onde fugia Hurley resiste à detenção pela polícia e diz “Eu sou um dos “Oceanic 6”. O que quer dizer que além dele, outros cinco sobreviventes conseguiram deixar a Ilha e os seus mistérios…

3. Após
ter sido internado no  “Santa Rosa Mental Health Institute”, Hurley é visitado por Matthew Abaddon, que proclama ser um advogado da “Oceanic Airlines” que o convida a mudar-se a um “instituto melhor” onde… poderia “ver o oceano”… Hurley pede-lhe então um cartão de visita, mas Abaddon replica que “deve tê-los deixado em casa”. Hurley declina enfim a oferta e isso leva o misterioso Abaddon a mudar de tom e a perguntar-lhe directamente: “Eles ainda estão vivos?” e procura depois saber o que Hurley sabe sobre os sobreviventes. Este “instituto melhor” com vista para o mar seria… a Ilha? Que ele não existe é certo, porque Abaddon nem sequer traz documentação sobre o mesmo e porque a intenção parece ser simplesmente a de impedir Hurley o que sabe sobre os restantes sobreviventes, os que ficaram na Ilha… O que indica que Hurley, não revelou ao mundo as condições em que saiu da Ilha, nem se os demais sobreviventes estão ainda vivos nela…

4. No jardim do hospício, Hurley tem uma visão de Charlie, que confirma “estar mesmo morto”. Estará a alucinar ou… será um dom mediúnico adquirido na Ilha?

5. Jack joga basketball com Hurley, no hospício e pergunta-lhe directamente “se ele vai contar”. Aparentemente, Jack receia que a condição mental de Hurley o faça confessar um certo segredo comum… Depois, pergunta a Jack se deveriam regressar à Ilha (sinal de que ainda restaram sobreviventes na Ilha) e acrescenta que “aquilo” (it) fará tudo para os trazer de volta. Jack responde que ele nunca regressará. O segredo descrito em 3 é assim partilhado com os restantes cinco sobreviventes…

6. Quando Jack joga com Hurley, as letras H e O surgem… Quando Abdaddon conversa com Hurley, uma escultura na sala exibe as mesmas duas letras… Ora, Ho é o elemento químico Holmium ora este elemento é usado para gerar campos magnéticos muito fortes: “Holmium, atomic no. 67, symbol Ho, weight at 164.93, has the highest magnetic moment (10.6µB) of any naturally occurring element. Because of this it has been used to create the highest known magnetic fields by placing it within high strength magnets as a pole piece or magnetic flux concentrator.” (fonte) A patente http://www.wipo.int/pctdb/en/wo.jsp?IA=WO2006043970&DISPLAY=DESC descreve o uso deste elemento na construção de nanocontentores de plasma sob a forma “sólida” dentro nanotokamaks, anéis magnéticos de reduzidas dimensões que poderm ter usos diversos:
“1. Field of the Invention This invention generally relates to the storage and production of energy, plasma physics, and nuclear fusion. In particularly preferred embodiments of the invention, methods and apparatus are provided that enable the storage of large quantities of positive hydrogen ions H+, D+, T+ in the form of very high density stable plasma inside a solid (also referred to herein as plasma solid). Plasma solid has many potential uses, including, for example, storage of large quantities of energy in plasma form, production of energy through nuclear fusion, generation of particles, and transmutation.“. Neste concreto, estas “nanobaterias” poderiam ser a fonte de energia da rede eléctrica subterrânea da Ilha e a causa das anomalias magnéticas com bússolas e a fonte do intenso magnetismo que estava por detrás da parede de cimento da Estação Cisne. Em tempos, num podcast, os produtores de Lost disseram que o “Monstro de fumo” não era uma nuvem de nanorobots, quando colocados perante a pergunta directa… mas na época também disseram que as viagens no tempo não fariam parte do enredo de Lost e agora… é que se vê. Assim, a tese do “monstro de nanorobots”, ou melhor, a tese do Monstro como um robot composto de nanotokamaks… ganha contornos de plausível…

Categories: LOST (Perdidos) | Etiquetas: | 4 comentários

Navegação de artigos

4 thoughts on “Lost (“Perdidos”) S0401: “The Beginning of the End”

  1. Mário Ride

    Não deu! Voltaram a repetir o S03E23 Season finale!!!
    Não há respeito nenhum pelos seguidores, por essas e por outras é q os saco da internet!!!
    Tmabém, um canal q dá programas de touradas esperaria o q? O q mete mete mesmo pena é a minha mãe, grande seguidora infelizmente pela rtp 1 q é o unico canal q ela apanha q dá a série..

  2. foi?
    não vi esse episódio… ou melhor, não o vi agora… porque o vi já há algum tempo… 😉
    devem ter reposto o s030e23 pra fazer render o peixe mais algumas semanas, suponho…

  3. Anónimo

    Boa tarde. Tive conhecimento do V/ site e estou a gostar muito. Dá para entender melhor os episódios. Estive á procura e não encontro o V/ comentário aos episódios 2, 3 e 4 da season 4. Cumprimentos

  4. Bem… não encontrou porque ainda não os escrevi… o plano é ir escrevendo e publicando à medida que a RTP1 os vai emitindo aos domingos… tenho de facto, a partir do S04E05, escritos a partir das emissões “nativas” da ABC, mas não entre o 1 e o 4… Lacuna que irei colmatando, prometo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: