Daily Archives: 2008/05/11

Reportagem RTP do lançamento da revista Nova Águia de 2 de Abril de 2008

Após alguma labuta e algumas frustações eis a reportagem da apresentação da revista Nova Águia de 2 de Abril de 2008:

“Já foi apresentada a “Nova Águia”, uma revista de cultura do século XXI que vai estar à venda a partir de dia 19.”

Fonte:
http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?…


Para além deste video, temos outros no canal Youtube do MIL: Movimento Internacional Lusófono que pode ser visto clicando AQUI.
Categories: Blogs, Movimento Internacional Lusófono, Nova Águia, Portugal, Sociedade Portuguesa | 4 comentários

Hillary Clinton tem multiplicado as acusações de que a China deveria ser avisada quanto à utilização recorrente de práticas comerciais desleais…

(http://www.sanfranciscosentinel.com)

Hillary Clinton tem multiplicado as acusações de que a China deveria ser avisada quanto à utilização recorrente de práticas comerciais desleais… Clinton tem utilizado o sucesso económico registado na época em que o seu marido ocupou a Administração como um factor importante na sua disputa contra Barack Obama e a desindustrialização acentuada em alguns Estados dos EUA.

Hillary declarou: “Temos que ser duros com a China, já passou há muito o tempo de assoprar o apito”, acrescentando ainda: “Esse país manipula a sua moeda para nossa desvantagem, cumprem massivos furtos de propriedade intelectual, espionagem industrial, eles não cumprem as regras que acordaram cumprir quando se juntaram à OMC. O que obtemos em troca deles? Bem, obtemos comida de animais com tinta, brinquedos com chumbo, e medicamentos poluídos.” Estas declarações foram proferidas na Carolina do Norte, um Estado que desde 2001 perdeu mais de 200 mil empregos na Indústria… Com tanta veemência (e correcção factual, frase a frase) quase que temos pena que tudo indica que Hillary vá perder a nomeação Democrata (ver AQUI), ainda que fosse duvidoso que conseguisse manter tal discurso na Casa Branca…

O processo de desindustrialização começou nos EUA, no começo da década de 80 e consistiu numa redução muito sensível do Emprego na Indústria e por um aumento correspondente nas áreas de Serviços. Em 1984, o professor Lester Thurow do MIT escrevia: “Gostem ou não, a Indústria americana está a ir pelo cano, e o resto de nós irá junto com ela“. Como resposta a este declínio industrial, muitos, nos EUA, tentarem aplicar os modelos de organização japoneses e alemães e implementando protecções às importações e subsídios directos e indirectos à produção industrial. Não faltam estudos de organismos ligados a instituições internacionais, como o FMI, que advogam que o aumento do emprego nos Serviços pode ser um sinal de força, e não de fraqueza de uma Economia. De qualquer forma este movimento ocorre em todo o mundo desenvolvido, não somente nos EUA, sendo especialmente notável na Europa e no Japão e que até em países que tinham até recentemente uma forte presença industrial no mercado laboral, como Singapura e a Coreia do Sul, estão a conhecer idêntico movimento… As industrias estão aparentemente a deslocalizar-se em todo o lado… Menos hoje para a China do que há dez anos atrás, mas hoje também para a Índia, Vietname, Paquistão, Marrocos, Cambodja, etc, buscando sempre os mercados mais desregulados, as regulações mais lassas e os salários mais baixos. Este movimento pendular sem fim, deixa nos países mais desenvolvidos apenas os “esqueletos administrativos” da multinacionais globais e massas crescentes de antigos operários que ou se conseguem reconverter para o sector dos Serviços (a custo de um salário inferior ao de um operário especializado) ou engrossam as fileiras do Desemprego.

Fontes:
http://www.sinodaily.com/reports/Time_to_blow_whistle_on_China_Clinton_999.html

http://www.ncpa.org/pd/economy/may97c.html

Já assinou a:

Petição Pelo BOICOTE às emissões televisivas dos dos Jogos Olímpicos de Pequim

?

Categories: China, Economia, Política Internacional | Etiquetas: | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade