Daily Archives: 2008/05/05

Foi finalmente colocado no mercado o “Tesla Roadster”: um Roadster totalmente eléctrico

Foi inaugurada em 1 de maio de 2008, na cidade de Los Angeles, a primeira loja da Tesla, comercializando o muito esperado “Tesla Roadster”, um roadster completamente eléctrico que promete revolucionar o mercado e que começava a desesperar já os seus investidores depois de uma sucessão de atrasos e de dificuldades técnicas.

O “Tesla Roadster” está construído em torno de um grupo de 6831 baterias de iões de lítio (1/3 do peso total do carro de fibra da carbono) e de um motor eléctrico que produz pouco mais do que um pequeno zumbido… e zero emissões de poluentes ou de CO2. O veículo consegue passar dos 0 aos 120 em apenas 4 segundos e tem como velocidade máxima 200 km/h. O roadster consegue percorrer 300 km sem recarregar, algo que se feito totalmente demora três horas e meio.

Cada carro custa desde 109 mil dólares e resulta de um investimento de capital de risco da ordem dos 40 milhões de dólares onde – entre muitos – se encontra o fundador da Google, Larry Page. A Tesla planeia construir 600 roadsters em 2008, todos, já vendidos em Outubro de 2007, por reserva feita pela Internet e já está a entregar os primeiros veículos de produção. Para 2009 o plano é fabricar 1500 “Tesla Roadsters” e, posteriormente conceber e fabricar um veículo familiar de cinco lugares e mais acessíveis que o roadster que deverão chegar ao mercado em 2010.

Os carros eléctricos podem ser tão poluentes como um carro a gasolina, diesel ou biodiesel, mas o facto de recolherem a sua energia da rede pública implica que serão tanto mais ecológicos, quanto mais ecológica fôr a origem desta energia. Assim, se a energia fôr de origem solar, éolica ou hídrica, será de facto essa a energia que propulsa estes veículos da Tesla e poderão ser os carros mais ecológicos de sempre. Contudo, se a rede eléctrica fôr alimentada por queima de carvão ou diesel, o carro será tão poluente como qualquer veículo a gasolina ou diesel… No caso dos EUA, em que 50% da energia eléctrica provém da queima de carvão, 25% de gás natural e 20% da nuclear, apenas um pouco mais de 11% das baterias dos Teslas é que serão alimentadas por fontes renováveis (10% hídrica, 1% solar e 0,1% eólica). Mas assim que esta percentagem subir – como está, devido à instalação de enormes novas centrais fotovoltaicas – estes veículos têm rápidamente a potencia para se tornarem nos verdadeiros veículos ecológicos que prometem ser já hoje.

Fonte:
http://www.physorg.com/news128963669.html

Anúncios
Categories: Ciência e Tecnologia, Ecologia | 6 comentários

Quids S12-1: Que avião é este?

Dificuldade: 2

Regras:

1. Cada Quid valerá entre 1 a 3 pontos.
2. Cada pista fornecida deduzirá um ponto aos pontos correntes ao Quid, parando esta descida em 1 ponto.
3. Não serão dadas pistas no próprio dia do lançamento do mesmo, mas apenas no período seguinte (12:30-14:30 do dia seguinte, juntamente com o lançamento do Quid seguinte). Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, se pedidas.
4. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 50 pontos.

Categories: Quids S12 | 7 comentários

O Brasil vai fundar uma “Universidade da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)”

Celso Amorim, ministro dos Negócios Estrangeiros do Brasil declarou recentemente que a promoção da língua portuguesa é uma das prioridades do Brasil e, nesse contexto, declarou que Brasília iria estabelecer uma “Universidade da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)” algures no nordeste do Brasil. Esta nova universidade será “lusófona” na mais pura acepção do termo, já que terá metade dos seus alunos de nacionalidade brasileira e a metade restante formada por alunos provenientes de países africanos de expressão portuguesa assim como de Timor-Leste. A Universidade terá cursos muitos práticos, dedicados ao desenvolvimento dos países dos alunos que a frequentam e é apenas um passo deste anunciado programa de promoção da língua que levou o próprio ministro à Guiné-Bissau, onde emitiu estas declarações na ocasião da inauguração de um “Instituto de Estudos Brasileiros” em Bissau, a capital guineense.

Estas políticas, ousadas e frontais, contrastam vivamente com a inacção do governo português, embrenhado ainda em questões bizantinas sobre a aprovação do Acordo Ortográfico de 1990 e numa retirada diplomática sistemática em praticamente todos os países do mundo, por constrangimentos orçamentais impostos por Bruxelas. Esta falta de estratégia lusitana, implica o recuo da posição junto dos demais países lusófonos, e perante este vácuo, o Brasil, animado por uma economia dinâmica e em crescimento, assim como por uma visão estratégica que falta a Lisboa, toma posições em África, em defesa de uma língua que Portugal não demonstra estar a ser capaz de defender. Talvez em lugar de ser arvorarem em “defensores da língua” o senhor Graça Moura e os editores que o rodeiam tivessem mais sucesso na defesa dos seus interesses a prazo se tivessem tido a iniciativa de fundar esta “universidade da lusofonia”, algures em Portugal… Assim, ficamos perante a mera constatação de que a melhor defesa do português no mundo é feita hoje não por Lisboa… mas por Brasília.

Fonte:

http://sic.aeiou.pt/online/noticias/mundo/20080422Brasil+quer+criar+Universidade+CPLP.htm

Imagem: http://blogvisao.wordpress.com

Publicado também em Nova Águia

ncab2.jpg

Categories: Brasil, Educação, Movimento Internacional Lusófono, Nova Águia, Política Nacional, Portugal, Sociedade Portuguesa | Etiquetas: | 8 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade