Daily Archives: 2008/05/01

Os EUA vão atacar o Irão?…

Os Estados Unidos transferiram um segundo porta-aviões nuclear para o Golfo Pérsico e os comandantes norte-americanos na região receberam, segundo a CBS, ordens para avaliarem as suas opções para um ataque ao Irão. Estas novas ordens resultam do recrudescimento da actividade das milícias shiitas no Iraque e do apoio que estas teriam recebido do Irão, nomeadamente em treinamento, armamento e munições, alegações que não são novas, mas que regressam agora, novamente.

O Secretário de Defesa dos EUA, Robert Gates, o mesmo que há semanas criticava a eficiência do comando da USAF, declarou: “O que os iranianos estão a fazer é matar soldados americanos dentro do Iraque”. Outros factores seriam a atitude crescentemente agressiva das vedetas iranianas contra navios estrangeiros no Golfo o prosseguimento do programa nuclear iraniano, muito concretamente a exibição numa televisão local do ministro da defesa iraniano visitando as instalações de enriquecimento de urânio de Teerão…

Atualmente, os EUA não têm capacidade terrestre disponível para um ataque convencional ao Irão, dada a densidade do seu empenhamento no Iraque e no Afeganistão, e isso mesmo foi admitido implicitamente pelo general Mike Mullen: “Temos capacidade em reserva, em particularmente na Marinha e na Força Aérea, logo seria um erro pensar que estamos sem capacidade de combate”. Admitindo também que a ter lugar (e por aqui já o previmos no passado, sem sucesso…) este ataque seria realizado através de mísseis Tomahawk lançados a partir de navios no Golfo Pérsico e de ataques aéreos cirúrgicos contra fábricas nucleares e de processamento de urânio, mas também escolhendo como alvo a estrutura logística e de comando do projecto nuclear. O Iraque, e sobretudo o seu primeiro ministro Nouri al-Maliki tem multiplicado as suas alegações quanto à presença de apoios iranianos no recente recrudescimento das milícias shiitas e deslocou-se a Teerão para reclamar desses apoios, transportando provas de que algumas instituições no interior do governo iraniano estão a apoiar milícias dentro do Iraque. Se daqui, não vier uma redução dese apoio… e sabendo que esta viagem se parece muito com um ultimato, poderemos então assistir a uma série de ataques aéreos e por via marítima.

Já antes abordámos esta questão do programa nuclear iraniano e quanto achávamos ser improvável que este tivesse unicamente fins pacíficos. Ora se o programa nuclear iraniano pode fornecer a Teerão a capacidade de fabricar uma arma nuclear e se Teerão tem praticamente a tecnologia suficiente para lançar satélites, então isso significa que o imprevisível e fanatizado regime no poder em Teerão pode colocar um engenho nuclear em qualquer ponto do mundo… Isso deveria levar os EUA a procurar consensos com a Rússia e a usar a sua engenharia e a sua própria extensão territorial para instalar sistemas anti-mísseis e de rastreamento capazes de anular ameaças vindas do Irão ou da Coreia do Norte. Infelizmente, ainda não houve esse bom senso, e a estratégia de irritar o urso russo permanece a mesma… Assim, a hipótese de um ataque devastador, mas cheio de riscos contra o Irão torna-se cada vez maior… Contudo, o seu desfecho é imprevisível. A força aérea iraniana está em bom nível de prontidão e não foi desgastada por décadas de sanções, como a iraquiana. Os sistemas anti-aéreos foram atualizados com novos sistemas russos e as bases americanas do Golfo estão ao alcance dos mísseis balísticos de Teerão, sendo certas retaliações se tal ataque ocorrer. Tudo se conjunga pois para que George Bush passe ainda uma última prova que pode fazer descer ainda mais os recordes de impopularidade do seu mandato. E dar argumentos ao regime fundamentalista de Teerão para ganhar as próximas eleições.

Fonte:
http://www.cbsnews.com/stories/2008/04/29/eveningnews/main4056941.shtml?source=RSSattr=HOME_4056941

Anúncios
Categories: DefenseNewsPt, Política Internacional | Etiquetas: | 70 comentários

“Não ao bloqueio do WordPress”: Sobre o bloqueio dos blogues do WordPress.com no Brasil

http://www.naoaobloqueio.wordpress.comComo já tinha escrito num artigo anterior, todos os blogues alojados no WordPress podem vir a ser bloquados no Brasil. O bloqueio decorre de um mandato de uma ordem judicial da 31ª Vara Cível do Tribunal de Justiça de São Paulo, do juiz Maury Ângelo Bottesini, que, em 10 de março de 2008, procurou assim impedir o acesso a um único blogue, alojado precisamente nesta nossa popular plataforma de blogues. O endereço do blogue está protegido por segredo de justiça… No Brasil, contudo, não nos arriscaremos a mencioná-lo, já que poderíamos também ser tirados do ar e sobretudo porque o nome do blogue é também o nome da vítima da exposição (segundo uns, outros dizem que é nome da ré que o publicou)… Entretanto, o autor do blogue que fez o post polémico com um video no Youtube de um video de sexo explícito, filmado secretamente e sem o consentimento da visada. Aparentemente seria uma rapariga de Minas Gerais, filmada de um outro prédio quando namorava, mas vestida… sem nada do teor “pesado” de certo video Cicarelli… Contudo nem por isso menos ilegal e imoral.

A medida será executada pela “Associação Brasileira de Provedores” (Abranet), cujo presidente, Eduardo Parajo, declarou a este propósito: “Ordem judicial não se discute, se cumpre. Mas, como não é possível bloquear especificamente o endereço solicitado, o acesso a todos os sites com a extensão wordpress.com será impedido no Brasil”… O que nos leva à nossa comezinha, mas muito especifica questão… sendo o Quintus (http://MovV.org um fruto do reencaminhamento automático de https://ogrunho.wordpress.com será também afectado? Provávelmente não, se o bloqueio fôr feito, como se infere destas declarações ao domínio DNS “wordpress.com” e não aos endereços TCP/IP onde estão os servidores da WordPress.com, algures nos EUA. É claro que quem, no Brasil quiser mesmo continuar a aceder a um blogue do WordPress pode sempre fazê-lo usando um Web Proxy ou recorrendo a servidores de DNS externos ao Brasil… Mas isso não está ao alcance da maioria dos utilizadores… e qualquer uma das opções pagaria o seu preço na velocidade de acesso resultante. Contudo, noutras declarações, proferidas posteriormente, Eduardo Parajo indica que o bloqueio será feito por endereços IP e não por DNS, como aqui indicava: “Tecnicamente falando, contudo, não há como bloquear só um endereço. O bloqueio só pode ser feito por meio de IP e, então, todos os blogs do WordPress sairão do ar” Se fôr assim, então é mesmo a Bomba Atómica, e nada poderá ser feito para contornar este bloqueio, ao que sabemos. A Abranet respondeu ao juíz que este poderia alterar a sua ordem para um pedido à WordPress para que esta remova o blogue, em vez de um barramento cego que vai afectar mais de um milhão de blogues e milhões de cibernavegadores brasileiros.

Neste momento, a Abranet está a preparar este bloqueio, e não é impossível que estas palavras já não possam ser lidas no Brasil… A Abranet reconheceu a escala do impacto da sua decisão: “Nosso objetivo é esclarecer a situação e mostrar que muitas pessoas podem ser prejudicadas. A alternativa que temos para executar o bloqueio de um único blog vai afetar outras pessoas”, o que será feito através de “DNS Poisoning”, provávelmente. Mas a WordPress contesta essa abordagem: “Ao ter um problema com um único blog, eles poderiam facilmente bloquear somente um endereço, sem prejudicar os outros milhões de brasileiros que acedem ao WordPress.com todos os meses.”¸ o que é verdade…

Todo este problema decorre de um único blogue no WordPress, que, segundo o juíz conteria conteúdo ilegal, precisamente o tipo de conteúdo que desde o primeiro dia, a WordPress se esforça por manter longe do seu serviço, um mandamento que tem cumprido com muito mais eficiência e empenho do que a Blogger, da Google, diga-se em bom abono da verdade… O caso faz recordar um outro, ocorrido recentemente no Paquistão e que levou ao bloqueio do Youtube, não só no Paquistão, mas em todo o mundo (por erro), também por causa de um determinado video aqui alojado e banido pela justiça paquistanesa. No começo de 2007, o mesmo Youtube foi novamente bloqueado, desta feita no próprio Brasil, por causa de um video da modelo Daniella Cicarelli com o seu namorado, na praia… E antes disso, o WordPress já havia sido bloqueado pelo regime comunista chinês, reconheceu Matt Mullenweg, mas a confirmar-se, “seria a primeira vez que tal acontecia num país democrático como o Brasil”. Em Agosto de 2008, a 2ª Vara Civil de Fatih, na Turquia decidiu bloquear todo o WordPress.com depois de uma queixa dos advogados de um tal de Adnan Oktar por causa de uma série de posts em blogs WordPress turcos sobre o seu cliente alegadamente “difamatórios”. Na altura, teriam sido afectados perto de um milhão de blogues turcos.

Existem no Brasil, perto de um milhão de blogues alojados no WordPress e os blogues alojados no WordPress receberam perto de 9,5 milhões de visitas em 2007. Além dos blogues brasileiros, muitos outros são acedidos a partir daqui noutros países lusófonos, sobretudo em Portugal. Todos, serão vítimas desta decisão judicial… No Brasil, os blogues da WordPress tornam, este, o 27ª endereço mais visitado do Brasil (no mundo, estão em 49º, o que indica bem a popularidade da plataforma no Brasil). E nos próprios EUA, local de origem da WordPress, a plataforma é aquela que mais cresceu nos últimos anos, registando um crescimento de 310% em 2007, o que o tornou na segunda plataforma de blogging mais popular do mundo, ultrapassada apenas pela blogspot.com, da Google. A WordPress não foi notificada formalmente do bloqueio, e o seu cofundador Matt Mullenweg teve conhecimento dele através de um blogger brasileiro, desencadeando de seguida a resposta judicial que noticíamos no nosso artigo anterior.

Fontes:

http://blog.blogueisso.com/2008/04/09/bloqueio-do-wordpress-o-brasil-esta-se-transformando-no-pais-do-nao-se-discute/

http://techmundo.wordpress.com/2008/04/09/campanha-nao-ao-bloqueio-da-wordpress-no-brasil/

http://tecnicamentepc.wordpress.com/2008/04/10/campanha-nao-ao-bloqueio-da-wordpress-no-brasil/

http://g1.globo.com/Noticias/Tecnologia/0,,MUL413419-6174,00.html

http://marlonpalmas.wordpress.com/2008/04/09/campanha-nao-ao-bloqueio-da-wordpress-no-brasil/

http://idgnow.uol.com.br/internet/2008/04/09/wordpress-pode-ser-bloqueado-no-brasil-por-ordem-judicial/

http://naoaobloqueio.wordpress.com/

http://pedrodoria.com.br/2008/04/09/justica-pede-retirada-do-wordpresscom-do-ar/

http://pt.globalvoicesonline.org/2007/08/22/turquia-proibicao-ao-wordpresscom-ban-inspira-tempestade-de-criticismo/

Categories: Blogging, Blogs, Brasil, Informática, Justiça, Sociedade | 18 comentários

Quids S11-54: Que avião era este?

Dificuldade: 1

Categories: Quids S11 | 17 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade