O A-400M: Um projecto sofrido que finalmente… vai fazer voar o seu primeiro aparelho em 2008

A400M

(A fuselagem do A-400M a ser construída em Sevilha in http://blog.flightstory.net)

O A-400M é, sem dúvida, um dos programas aeronáuticos europeus mais problemático de sempre. Até certo ponto tais problemas são compreensíveis e até, expectáveis. Trata-se de um aparelho completamente novo, o primeiro do seu tipo jamais contruído pela “Airbus Military” e implica longas e complexas negociações políticas e técnicas entre os diversos parceiros do consórcio europeu. Na verdade, por cada parceiro do projecto, multiplicam-se as possibilidades de atrasos, erros, falhas de comunicação e projecto, custos de transporte de peças e equipamentos e problemas de montagem.

O A-400M sofreu de todos estes problemas, e por essa razão que o projecto ainda que tenha começado em finais da década de 70 como uma alternativa europeia para o substituto dos C-130 Hercules e Transall C-160 que eram (e são) usados extensivamente por vários países europeus ainda hoje não conseguiu colocar um único A-400M no ar… Contudo, finalmente, tudo se encaminha para que o primeiro aparelho venha a voar ainda antes do final de 2008.

Quando começar a ser comercializado, a concorrência do A-400M será limitada basicamente ao último modelo do C-130, o C-140J, um avião envolto em grandes polémicas e com uma má reputação entre os seus operadoes, não tanto porque seja afinal apenas uma modernização de um avião que voa já há cinquenta anos, mas porque essa concepção já não é adequada a muitas das necessidades atuais, e atualizar o seu equipamento significa que se teve que sacrificar capacidade de carga. Uma alternativa mais viável – já presente no mercado – seria o C-17. Muito mais moderno e capaz, mas bastante dispendioso e caro de manter. O C-390 da Embraer poderia ser também uma alternativa… mas o projecto ainda precisa de sair das pranchas de desenho para poder ser um competidor ao C-17 e ao A-400M…

O projecto inicial do A-400M esperava construir aparelhos para equipar as forças aéreas da Bélgica, França, Alemanha, Itália, Espanha, Turquia, Luxemburgo, Reino Unido e Portugal, mas Portugal e a Itália retirar-se-íam posteriormente do projecto, retiradas que foram compensadas pelo interesse, manifestado em 2005, da África do Sul e da Malásia. No total, há 192 encomendas confirmadas para o aparelho, tendo a última entrega sido calendarizada para 2021. O primeiro avião de produção deverá ser entregue à força aérea francesa em Abril de 2010, seis meses mais tarde do que a data prevista, mas a “Airbus Military” já avisou que poderia haver ainda um atraso adicional…

O primeiro A-400M (número de série MSN001) está a ser montado em Sevilha e concentra-se agora nos novos motores Europrop International TP400-D6 que serão instalados e ensaiados em voo real num avião C-130K, algo que já devia ter acontecido em 2007, e que ocorre agora com um atraso de quase um ano.

Fontes:

http://www.flightglobal.com/articles/2008/04/23/223202/airbus-military-battles-to-meet-a400m-first-flight-target.html

http://www.janes.com/news/defence/air/idr/idr071003_1_n.shtml

Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: