Daily Archives: 2008/04/25

Sobre os problemas graves (“queda balística”) da Soyuz TMA-11 no seu regresso à Terra

(Lançamento da Soyuz TMA-11 in http://www.foxnews.com)

Algo parece ter corrido muito mal no regresso à Terra da cápsula Soyuz no dia 20 de Abril… Fontes da própria indústria espacial da Rússia admitiram que os seus três tripulantes só se salvaram por mero “milagre”. A Soyuz TMA-11 aterrou a 420 Km do ponto previsto, no final de uma queda livre (o termo “trajetória balística” é um eufenismo técnico) que só foi registada na história da indústria espacial russa por duas outras vezes, em 2003 e em 2007, respetivamente. O desvio da trajetória ótima implicou um sobreaquecimento da cápsula e uma consequente destruição de vários equipamentos exteriores, como a escotilha de saída, a antena de comunicações e até a válvula de equilibra a pressão no interior do veículo espacial e cuja destruição poderia ter levado à despressurização da cápsula e logo, ao asfixiamento dos seus três tripulantes. A agência russa Interfax declarou que o problema resultou de uma ejecção defeituosa do módulo de propulsão da Soyuz, o que impediu o funcionamento adequado do escudo de calor da cápsula, o que explica o calor invulgar sentido no interior da cápsula e as destruições de equipamentos exteriores.

A entrada balística implica também uma carga de 8 Gs durante cerca de um minuto… mais do que muitos de nós poderíamos suportar sem sofrer um ataque cardíaco. As notícias publicadas pelas televisões nacionais indicavam que “a tripulação tinha optado por uma trajectória balística”, quando na verdade, a NASA declarou que “nada nas ações da tripulação poderiam ter levado a isto”, desmentindo assim essa tese sugerida pelos russos. Durante a descida, a tripulação viu fumo dentro da cápsula e um painel de controlo desligou-se várias vezes. Não é claro que o fumo vinha do interior da Soyuz ou do exterior, através das condutas de ventilação.

Os danos foram tão profundos que quando a cápsula tocou o solo os astronautas ficaram uma hora fechados dentro da cápsula até que o russo Yuri Malenchenko conseguiu arrombar a escotilha soldada pelo calor da reentrada e usar o seu telefone satélite de reserva para chamar os helicópteros de resgate.

Ainda que não se saiba o que levou o computador interno da Soyuz TMA-11 a iniciar uma descida balística e isso só venha a ser conhecido quando o inquérito russo fôr publicado daqui a um mês, mas para já a NASA suspeita de uma largada deficiente do módulo de propulsão da Soyuz (que normalmente é ejectado pouco antes da reentrada) ou de um cabo externo que pode ter entrado em curtocircuito.

A Soyuz transportava de regresso à Terra, depois de uma estadia na Estação Espacial Internacional (ISS) o astronauta russo Yuri Malenchenko, a americana Peggy Whitson e a sul-coreana Yi So-yeon, que esteve prestes a encerrar com chave de chumbo a primeira visita ao Espaço de um astronauta sul-coreano.

(Reentrada da Soyuz TMA-9/13S a 28 de Setembro de 2006)

Este incidente – o terceiro nos últimos anos – indica que começam a multiplicar-se para além do tolerável os problemas de qualidade na construção das Soyuz. E isto está a preocupar seriamente a NASA que utiliza as cápsulas Soyuz para transportar os seus astronautas de e para a ISS. Apesar destes incidentes, o sistema Soyuz continua a ser extraordinariamente fiável, como aliás demonstra o desfecho último desta descida e sem elas, entre 2003 e 2005 a ISS teria que ter sido abandonada e teria tombado no Pacífico, sem os essenciais abastecimentos de combustível para se manter em órbita. E a partir de 2010, sem os Shuttle e ainda sem Orion nem Kliper, serão novamente o único suporte da Estação, por isso, deixar de usar as Soyuz está completamente fora de questão, para já…

Fontes:

http://sic.aeiou.pt/online/noticias/vida/220408_Astronautassalvaramsepormilagre.htm

http://www.space.com/missionlaunches/080422-soyuz-landing-update.html

http://www.space.com/news/080422-nasa-russia-soyuz-update.html

Anúncios
Categories: Ciência e Tecnologia, SpaceNewsPt | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Quids S11-50: Como se chamava este homem?

Dificuldade: 2

Nota: réplica (possivelmente) lentas…

Categories: Quids S11 | 9 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade