Sexo… Não está entre as palavras mais procuradas no Google chinês


(www.bbc.co.uk)

“Ao contrário do que acontece em muitos países do mundo, onde a palavra ‘sexo’ é a mais procurada no Google, na China os termos relacionados com ‘dinheiro’ e ‘tecnologia’ são os mais pesquisados. Quatro das seis palavras no topo da lista são nomes de banco e o termo ‘acção’ (cotada na bolsa).”

Expresso, 5 de Janeiro de 2008

Sim… Aparentemente, os chineses são mesmo muito diferentes em termos de mentalidade e de fidelidade em relação aos ditames dos seus governantes que os Ocidentais… Em Portugal, a Marktest indicou que as palavras “sexo”, logo seguida de “eMule” e “Gmail” foram as três palavras mais pesquisadas nan Internet. Em termos de nomes, actores dos Morangos com Açúcar e… A inefável “actriz” Soraia Chaves foi com, Diana Chaves, foram os nomes pessoais mais procurados. Ou seja, estamos dentro da média. Mas os chineses, não! A sua mentalidade, mais o facto de se encontrarem num regime severamente censurado e com pesadas formas de monitorização e bloqueio nos acessos à Internet podem explicar esta anomalia. É que francamente, não acredito que o chinês médio seja assim tão “assexuado” ou desinteressado ao ponto de a sua maioria nunca procurar nada relacionado com sexo na Internet, apesar de toda a censura. Mas de facto, a matriz cultural chinesa é muito diferente da nossa.

De uma forma ou outra, algo é certo: na China existe uma obsessão quase compulsiva para o enriquecimento e para com temas relacionados com o mundo financeiro. Um aplicação do famoso dito de Deng Xiaoping: “enriquecer é glorioso”…

Categories: China, Informática | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: