Daily Archives: 2007/12/22

Agostinho da Silva: Pedagogia e a “Educação dos meninos” e a “Economia Competitiva”

* “O problema não está nos meninos. Está no mundo competitivo que temos que pensar se tem jeito de continuar assim ou se pode ser de outro modo”.
* “Além de competição, estamos por exemplo, numa guerra perfeita, numa guerra contra a carência.
* Mas com o desenvolvimento dessa primeira gente entrámos na competição, para conseguir para toda a gente aquilo que então já não havia. Estamos todos envolvidos numa guerra: a guerra contra a carência
* E parece que não há nenhuma forma de economia que não esta, a forma de economia competitiva
* A atitude dos meninos tem que ser que desejar, semear, que essa competição acabe. Sabem que muitas das coisas que ouvem nas escolas já não são necessárias para eles. O que acontece é que muita dessa geração já nasce reformada e com a ciência plena disso.
* quer dizer que vai haver tanta máquina, fazendo tanta coisa que não vai haver emprego
* o que acontece no mundo é que toda a gente nasce de alguma forma poeta, inventor de alguma coisa que não havia antes deles não serem
* o que acontece é qeu nós por causa da questão económica não começamos a fazer poesia à solta
* o mundo agora caminha tão rapidamente e mais rapidamente a História avança
* talvez esse comportamento (ocioso) das crianças seja sinal de que esse mundo avança
* A melhor idade para aprender a ler é lá para os 13 ou 14 anos. Estou me lembrando da experiência de um grande pedagogo sueco que lá na escola dele não ensinou os meninos a ler. Só lhes ensinou as coisas que ele efectivamtne queriam aprender. Quando os alunos lhe pediam carpintaria ele ía aprender e regressava. Até que um dia um dos meninos recebeu uma carta de um tio que estava emigrado na América e lhe pergunta: “o que é que ele diz?”. E ele disse: “ele não é meu tio. Aprendam vocês a ler”, ao que estes responderam: “então ensine-nos”.
Maria Elisa: “E se não aparece uma motivação?”
* Aparece sempre uma motivação, se ela tem que haver.

Canal Quintus no

Categories: Economia, Educação, Movimento Internacional Lusófono | 6 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy