Daily Archives: 2007/12/21

O Google Earth Sky: capacidades e oportunidades insuspeitas para a… Google

(http://www.izsurfing.com)

Já andava há uns tempos para escrever sobre o “Google Earth Sky, mas só agora consegui “capturar” o devido tempo… Adiante!
O Google Earth Sky é um plug-in para o conhecido “Google Earth“. De início, foi muito criticado pela comunidade académica e astronómica por não ser um bom progarama de planetário, mas era e continua a ser uma excelente ferramenta, para conhecermos o céu que está acima de nós, no nosso quintal ou sobre o nosso telhado. Não sendo especialmente preciso, introduz uma nova característica que se pode revelar muito útil não somente para os leigos e apaixonados da astronomia, como também para os profissionais e académicos, que é a da partilha de informação!

Já quando surgiu o Google Earth que se ouviram vozes criticando a forma de projectar no solo, os dados de satélite, mas pouco depois apareceu uma numerosa e activa comunidade que se dedicou a introduzir informação sobre muitos pontos de interesse, agora está a acontecer precisamente o mesmo com o Google Earth Sky, cuja riqueza de conteúdos não cessa de crescer e que já se tornou um instrumento indispensável em muitas salas de aula, por esse mundo de fora. Entre estas destaco a galáxia de Andrómeda, a M31, a NGC2244 e a NGC434. O mecanismo de transição entre os vários pontos no céu é especialmente elegante tendo algumas extensa e útil informação provenientes de várias bases de dados (SIMBAD NASA/IPAC, Hubble, etc).

Sem dúvida que o Google Earth Sky é um dos produtos mais interessantes da Google… Mas fica a questão: como espera a empresa recuperar o seu investimento? É certo que nada por enquanto está a ser cobrado pelo Google Earth Sky (o Google Earth tem várias opções pagas), mas a Google aproveita para se posicionar numa nova área e cativa o interesse da comunidade científica com o projecto, conquistando corações (e influências) junto de uma comunidade que tem um elevado nível de influência junto de governos e instituições (para além de ter um poder de compra acima da média) e… torna-se numa ferramenta incontornável nas salas de aula, estabelecendo e solidificando pontes com os futuros consumidores e cibernautas de amanhã… Ou seja, não rende dinheiro stricto sensus mas abre muitas portas cumprindo mais um excelente acto de gestão como outros a que a Google nos tem habituado…

Categories: Informática, SpaceNewsPt | 1 Comentário

Quids S10-5: Que avião é este?

dg.jpg

Dificuldade: 2

Categories: Quids S10 | 11 comentários

Proposta de contributo para manifesto do “MIL – Movimento Internacional Lusófono” (nome provisório).

No seguimento deste post, lançado pelo Renato Epifânio eis o meu contributo para algumas alíneas que poderão constar no manifesto do Movimento. Trata-se de um enunciado muito sintético, não discursivo, e que apela vivamente aos vossos comentários… Muitos destes pontos derivam directamente do enunciado do “Movimento Quintano“, um Movimento cujos objectivos e propósitos coincidem com os deste que agora aqui se vai forjando e que será integrado neste assim que estiver definido o seu nome e o seu quadro programático…

1. Unificador

Portugal deve reencontrar as suas raízes históricas formando uma entidade política e económica única com o Brasil, Cabo Verde/São Tomé e Princípe e a Galiza, em primeiro lugar, e com os demais países de expressão oficial portuguesa, de Cabo Verde a Timor. Isto começando em primeiro lugar com o Brasil, o país que cultural e económicamente mais próximo está de Portugal.

2. Municipalista

Defesa de uma Regionalização à escala municipal, onde o Município concentrará a maioria dos poderes e funções hoje entregues ao Estado central, nomeadamente todas as responsabilidades educativas, de Saúde, Justiça, policiamento, etc. Ao Estado central competiriram apenas as missões militares, de representação nacional e a coordenação geral do todo nacional.

3. Antiglobalizante
Defendo a instalação de barreiras alfandegárias, nas fronteiras dos municípios e a total abolição de todas as barreiras económicas ou fiscais entre os Estados (ou Federações de Estados) da Lusofonia. As barreiras alfandegárias para com Estados exteriores devem ser repostas, especialmente quando estes façam depender a produção dos bens importados de desregulamentos laborais ou ecológicos, ou quando não tiverem políticas eficazes nestes domínios. Deve ser dada prioridade ao desenvolvimento das Economias Locais e do seu mais fundamental instrumento: as moedas locais.

4. Sector Primário
Defendo a primazia do sector produtivo sobre o terciário, optando por um fim da tercialização da economia portuguesa que foi a estratégia económica de todos os governos desde a década de oitenta, com as funestas consequências que hoje se observam.

5. Educação
Reforma do sistema educativo, seguindo as linhas propostas por Agostinho da Silva.

Publicado também em:

Nova Águia

Categories: Brasil, Galiza, Movimento Internacional Lusófono, Política Nacional, Portugal | 2 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade