Daily Archives: 2007/12/12

CurtasLinhas (5): Do recentramento da vida política

A política (arte de governar a cidade) tornou-se em tecnicismo. Por isso todos os políticos, de todos os grandes (supostos) partidos se equivalem. Não são mais verdadeiros regentes da Polis, mas executantes dos ditames do Pensamento Único que lhes é injectado nas cátedras de Economia ou pelo eurocratas de Bruxelas. Para que renasça a vera Política, há que recentrar o Homem na sua realidade local, concreta e Humana. Há que recentrar o mundo da Política na Polis, entendida aqui como um regresso à Cidade (comunidade local) tão cara no medievalismo português e tão determinante na afirmação de um Portugal que com Dom Dinis atingiu o seu apogeu.

Resposta a Paulo Borges em Nova Águia

Anúncios
Categories: CurtasLinhas, Movimento Internacional Lusófono | Deixe um comentário

Os talibãs estão a usar um número crescente de armas chinesas… Vindas de onde?

HN-5
(Míssil chinês HN-5, agora nas mãos talibãs in http://www.bassirat.net)

Nos últimos meses, em plena onde de reactividade das forças talibãs no Afeganistão têm sido capturadas um número crescente de armamento fabricado na China aos combatentes islamitas… A China prometeu investigar o assunto, mas as armas continuam a aparecer e em números crescentes. E isto ocorre num contexto em que os Talibãs se gabam de ter agora acesso a armas muito mais poderosas do que quaisquer outras que tenham tido no passado. Oficiais britânicos contactados pela BBC afirmaram tratar-se de mísseis Terra-Ar, armas anti-aéreas, minas e RPGs recentes, todos “made in China“. Entre estes conta-se o míssil anti-aéreo HN-5 que não sendo propriamente um state of the art não devia ter chegado às mãos dos islamitas e ainda pode provocar muitos estragos num aparelho que seja alvo do mesmo…

As armas têm sido capturadas sem números de série, o que indica uma intenção clara de ocultar a sua origem. Isto indicará que são armas recentes e não oriundos dos tempos em que os serviços secretos paquistaneses as faziam chegar aos talibãs através da fronteira comum? Não é credível que a China – através da sua liderança civil ou militar – esteja a armar os talibãs para reduzir a influência e a presença do Ocidente na região, uma vez que ela própria tem os seus problema internos com sessecionistas islâmicos no Xinjiang (ver AQUI), mas a aplicação da política de Deng Xiaoping “A Pobreza não é socialismo. Ser rico é ser glorioso.” parece ter o seu efeito junto de alguns militares e gestores de empresa corrupos que traficam estas armas e as fazem chegar às mãos dos islamitas radicais…

Alguns analistas britânicos e americanos, citados pela BBC, sugerem que estas armas podem ter origem num cliente habitual destas armas chinesas: o Irão. Mas aqui para nós… Em 1998 o Irão esteve quase a invadir o Afeganistão com 70 mil homens que concentrou na fronteira depois de 45 “diplomatas” (pois sim… era de certeza conselheiros militares a ajudar a Aliança do Norte!) iranianos terem desaparecido quando os talibãs tomaram a cidade de Mazar-e-Sharif (nada a ver com a aldeola Mazar-l-Sharif do texto da BBC). Na altura, os EUA avisaram o Irão para não atacar e estes assentiram mas… se o tivessem mesmo feito talvez agora não estivessemos a escrever sobre esta questão e por isso… as possibilidades do Irão estar a fornecer armas aos talibãs são tão altas como as de uma batata ganhar asas, e voar. Ou talvez menos.

4444.jpg
(Quartel onde se pensam que terão sido mortos os 45 “diplomatas” iranianos em 1998)

Fonte:
BBC

Categories: China, DefenseNewsPt, Política Internacional | 6 comentários

ExtraQuids S1-8: A que navio pertencia esta hélice?

1212121.jpg

Dificuldade: 1

Categories: ExtraQuids S1 | 5 comentários

Já há dois concorrentes privados para um regresso à Lua e ao prémio de 30 milhões de dólares da Google…


(Rover que a Moon Odyssey espera colocar na Lua no âmbito do “Google Lunar X Prize in http://newsimg.bbc.co.uk)

A empresa Astrobotic Technology estabeleceu uma parceria tecnológica com a Raytheon Company para responder ao desafio da Google e da X Prize Foundation, conhecido como “Google Lunar X Prize”. Este prémio de 30 milhões de dólares da Google para a primeira empresa privada que consiga fazer aterrar e operar um rover robótico na Lua. A Raytheon vai ajudar a Astrobotic a desenhar um lander e a conceber um sistema de comunicações para o veículo e robot, para além de auxiliar no desenvolvimento do sistema foguete de descida e aterragem no nosso satélite natural.A Raytheon trabalha com a NASA desde o programa Apollo onde colaborou na concepção e construção dos vários equipamentos, desde os fatos, ao lander e ao próprio foguetão Saturn, tem pois o conhecimento de que que a Astrobotic precisa para levar a bom termo a missão de colocar um rover na Lua e… ganhar os 30 milhões de dólares.

A Astrobotic prepara-se assim para se juntar à “Odyssey Moon” que em 6 de Dezembro foi a primeira empresa a completar o registo neste desafio lunar, pretendendo enviar um pequeno robot para a Lua e desenvolver toda a tecnologia para potenciar um “regresso” à Lua económico e criar todas as bases para uma exploração económica do nosso satélite.

O pŕemio “Google Lunar X Prize” é um directo continuador do prémio anterior da Fundação X Prize e que entregou 10 milhões de dólares à Scaled Composites em troca do envio do primeiro veículo comercial para o Espaço.

Fontes:
Space.com
X Prize

Categories: SpaceNewsPt | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade