Daily Archives: 2007/12/12

CurtasLinhas (5): Do recentramento da vida política

A política (arte de governar a cidade) tornou-se em tecnicismo. Por isso todos os políticos, de todos os grandes (supostos) partidos se equivalem. Não são mais verdadeiros regentes da Polis, mas executantes dos ditames do Pensamento Único que lhes é injectado nas cátedras de Economia ou pelo eurocratas de Bruxelas. Para que renasça a vera Política, há que recentrar o Homem na sua realidade local, concreta e Humana. Há que recentrar o mundo da Política na Polis, entendida aqui como um regresso à Cidade (comunidade local) tão cara no medievalismo português e tão determinante na afirmação de um Portugal que com Dom Dinis atingiu o seu apogeu.

Resposta a Paulo Borges em Nova Águia

Categories: CurtasLinhas, Movimento Internacional Lusófono | Deixe um comentário

Os talibãs estão a usar um número crescente de armas chinesas… Vindas de onde?

HN-5
(Míssil chinês HN-5, agora nas mãos talibãs in http://www.bassirat.net)

Nos últimos meses, em plena onde de reactividade das forças talibãs no Afeganistão têm sido capturadas um número crescente de armamento fabricado na China aos combatentes islamitas… A China prometeu investigar o assunto, mas as armas continuam a aparecer e em números crescentes. E isto ocorre num contexto em que os Talibãs se gabam de ter agora acesso a armas muito mais poderosas do que quaisquer outras que tenham tido no passado. Oficiais britânicos contactados pela BBC afirmaram tratar-se de mísseis Terra-Ar, armas anti-aéreas, minas e RPGs recentes, todos “made in China“. Entre estes conta-se o míssil anti-aéreo HN-5 que não sendo propriamente um state of the art não devia ter chegado às mãos dos islamitas e ainda pode provocar muitos estragos num aparelho que seja alvo do mesmo…

As armas têm sido capturadas sem números de série, o que indica uma intenção clara de ocultar a sua origem. Isto indicará que são armas recentes e não oriundos dos tempos em que os serviços secretos paquistaneses as faziam chegar aos talibãs através da fronteira comum? Não é credível que a China – através da sua liderança civil ou militar – esteja a armar os talibãs para reduzir a influência e a presença do Ocidente na região, uma vez que ela própria tem os seus problema internos com sessecionistas islâmicos no Xinjiang (ver AQUI), mas a aplicação da política de Deng Xiaoping “A Pobreza não é socialismo. Ser rico é ser glorioso.” parece ter o seu efeito junto de alguns militares e gestores de empresa corrupos que traficam estas armas e as fazem chegar às mãos dos islamitas radicais…

Alguns analistas britânicos e americanos, citados pela BBC, sugerem que estas armas podem ter origem num cliente habitual destas armas chinesas: o Irão. Mas aqui para nós… Em 1998 o Irão esteve quase a invadir o Afeganistão com 70 mil homens que concentrou na fronteira depois de 45 “diplomatas” (pois sim… era de certeza conselheiros militares a ajudar a Aliança do Norte!) iranianos terem desaparecido quando os talibãs tomaram a cidade de Mazar-e-Sharif (nada a ver com a aldeola Mazar-l-Sharif do texto da BBC). Na altura, os EUA avisaram o Irão para não atacar e estes assentiram mas… se o tivessem mesmo feito talvez agora não estivessemos a escrever sobre esta questão e por isso… as possibilidades do Irão estar a fornecer armas aos talibãs são tão altas como as de uma batata ganhar asas, e voar. Ou talvez menos.

4444.jpg
(Quartel onde se pensam que terão sido mortos os 45 “diplomatas” iranianos em 1998)

Fonte:
BBC

Categories: China, DefenseNewsPt, Política Internacional | 6 comentários

ExtraQuids S1-8: A que navio pertencia esta hélice?

1212121.jpg

Dificuldade: 1

Categories: ExtraQuids S1 | 5 comentários

Já há dois concorrentes privados para um regresso à Lua e ao prémio de 30 milhões de dólares da Google…


(Rover que a Moon Odyssey espera colocar na Lua no âmbito do “Google Lunar X Prize in http://newsimg.bbc.co.uk)

A empresa Astrobotic Technology estabeleceu uma parceria tecnológica com a Raytheon Company para responder ao desafio da Google e da X Prize Foundation, conhecido como “Google Lunar X Prize”. Este prémio de 30 milhões de dólares da Google para a primeira empresa privada que consiga fazer aterrar e operar um rover robótico na Lua. A Raytheon vai ajudar a Astrobotic a desenhar um lander e a conceber um sistema de comunicações para o veículo e robot, para além de auxiliar no desenvolvimento do sistema foguete de descida e aterragem no nosso satélite natural.A Raytheon trabalha com a NASA desde o programa Apollo onde colaborou na concepção e construção dos vários equipamentos, desde os fatos, ao lander e ao próprio foguetão Saturn, tem pois o conhecimento de que que a Astrobotic precisa para levar a bom termo a missão de colocar um rover na Lua e… ganhar os 30 milhões de dólares.

A Astrobotic prepara-se assim para se juntar à “Odyssey Moon” que em 6 de Dezembro foi a primeira empresa a completar o registo neste desafio lunar, pretendendo enviar um pequeno robot para a Lua e desenvolver toda a tecnologia para potenciar um “regresso” à Lua económico e criar todas as bases para uma exploração económica do nosso satélite.

O pŕemio “Google Lunar X Prize” é um directo continuador do prémio anterior da Fundação X Prize e que entregou 10 milhões de dólares à Scaled Composites em troca do envio do primeiro veículo comercial para o Espaço.

Fontes:
Space.com
X Prize

Categories: SpaceNewsPt | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy